As rugas ou linhas de expressão são marcas causadas pela movimentação repetitiva dos músculos do rosto. Exposição solar, estresse e má alimentação são alguns exemplos de influenciadores desses sinais. O DermaClub conversou com a dermatologista Katleen Conceição, do Rio de Janeiro, que explicou o que são, por que acontecem e como é possível evitá-las. Confira!

Entenda o que são as rugas de expressão e como elas surgem

Segundo a médica, a pele possui duas características importantes:

1) Elasticidade: capacidade de resposta à movimentação da musculatura.

2) Plasticidade: a aptidão de se moldar novamente ao estado inicial.

“E, com o passar do tempo, perdemos quantidade e qualidade do colágeno (elasticidade), além da diminuição de ácido hialurônico (plasticidade), o que favorece a formação de rugas”, explicou a médica, afirmando que, a partir disso, é fácil entender como as linhas de expressão surgem. “Ao movimentar e contrair o rosto, há o surgimentos dessas marcas. A pele jovem, por exemplo, sempre volta ao normal, sem rugas depois de um gesto. Enquanto a madura já tem maior facilidade em produzir esses sinais”, pontuou.

Saiba quais são os principais incentivadores das rugas de expressão

De acordo com a Dra. Katleen, as rugas de expressão são marcas do tempo, danos de causa endógena - dentro do organismo - e/ou exógena - fora do organismo. “Exposição solar, estresse, má alimentação, consumo de bebida alcoólica, hábito de fumar e noites mal dormidas são grandes estímulos para o aparecimento das linhas”, contou.

Não existe uma faixa etária ou uma predisposição para o surgimento desses sinais. “Cada caso vai ser diferente. Na pele negra, por exemplo, demora mais a aparecer devido a fibra colágena, que é mais densa, além da fotoproteção natural. Já a clara está mais exposta às marcas”, frisou.

Descubra as formas de prevenção para evitar as rugas de expressão

Para a dermatologista, as linhas de expressão podem ser evitadas usando dermocosméticos que combatam o envelhecimento. “Investir em produtos à base de vitamina C, usar filtro solar a cada três horas, ingerir fotoprotetor oral e colágeno são algumas das opções. Além disso, é possível realizar peelings, lasers, ultrassom focado - todos com o intuito de evitar o enrugamento da pele”, pontuou.

Saiba quais os tratamentos para tratar e amenizar a aparência das linhas de expressão

Muitas pessoas acabam se sentindo incomodadas com o aspecto envelhecido que as rugas de expressão podem deixar no rosto. De acordo com a médica, existem algumas opções de tratamento para quem deseja eliminá-las. “Podem ser feitos procedimentos como o laser CO2 fracionado, toxina botulínica, radiofrequência e fio russo. Porém, tudo depende do caso”, explicou. Não esqueça de procurar a avaliação do seu médico dermatologista!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.