Trabalho, família, amigos, trânsito, responsabilidades domésticas, redes sociais... Com o dia a dia corrido é comum que se fique agitado e ansioso. Estudos comprovam que respirar fundo realmente ajuda a manter o equilíbrio, já que a inspiração e a expiração estão diretamente conectadas ao sistema nervoso. Conheça as principais técnicas de respiração para melhorar a ansiedade abaixo:

Respirar corretamente é fundamental para se manter em equilíbrio

Ter consciência da forma como você inspira e expira pode ser considerado uma terapia. Exercícios respiratórios não substituem uma medicação, mas são tão importantes quanto! Aprenda as técnicas e pratique onde estiver:

- Faça direito: as respirações variam de acordo com cada pessoa e com o momento. Quando você está cansado respira diferente de quando está dormindo, por exemplo. A respiração ideal deve ser feita lentamente, e de forma leve, com pausas ao inspirar e expirar. E, normalmente, deve ser usado a musculatura do diafragma, movimentando o abdômen em vez do tórax;

- Começo para iniciantes: é indicado investir no alongamento da caixa torácica e do abdômen e respirar lentamente. Faça o exercício de 3 a 7 minutos, respirando apenas pelo nariz e deixando que a saída do ar dure mais tempo que a sua entrada;

- Respiração deitada: está pronta para dormir e bateu aquela ansiedade impedindo o sono de chegar? Não se preocupe! Deite na cama e, com a luz apagada, coloque as mãos sobre o abdômen. Faça contagens até quatro enquanto respira para criar um ritmo. Dessa forma, inspire contando e expire no mesmo tempo, apenas pelas narinas. Aproveite para contrair o abdômen quando soltar o ar, trabalhando, assim, a musculatura da respiração.

Agora que você aprendeu essas técnicas de respiração, pode colocar ordem no seu corpo e mandar a ansiedade embora!