A pele oleosa e acneica tem maiores chances de manchar devido ao processo inflamatório das espinhas. O quadro causa desconforto em algumas pessoas por conta do aspecto visual que proporciona ao rosto. No início, as marquinhas são avermelhadas e, depois, podem se tornar amarronzadas. Pensando nisso, o DermaClub separou para você as melhores alternativas para tratar o problema. Confira!

Descubra por que as manchas de acne acontecem

De acordo com a dermatologista Vanessa Metz, do Rio de Janeiro, existem diferentes estimuladores das marcas de acne:

- A predisposição do paciente é um dos principais fatores;

- Manipular as espinhas aumentam as chances da pele marcar;

- A radiação também influencia na pigmentação da pele; por isso, use filtro solar diariamente. Protetores com cor são ainda mais eficazes, já que refletem a luz visível.

Saiba quais são os melhores tratamentos para as marcas de acne

Segundo a médica, quando a cicatriz já está formada existem algumas opções de procedimentos que traumatizam a pele para estimular a produção de colágeno. Entre eles estão o migroagulhamento, dermoabrasão e o laser fracionado. “Também podem ser realizados peelings, laser ou luz pulsada para manchas muito pigmentadas. É importante lembrar que são necessárias algumas sessões dessas técnicas até atingir o resultado esperado pelo paciente”, explicou.

Entenda quais ativos ajudam a minimizar o efeito visual das cicatrizes

Já existem produtos com ativos despigmentantes que também auxiliam na redução e controle da oleosidade. Assim, minimiza o aspecto das marquinhas e ainda previne a pele de novas lesões. Para clarear a região afetada devem ser aplicados dermocosméticos com ácido retinoico, antioxidantes, hidroxiácidos ou clareadores, como hidroquinona, o ácido azeláico e o PhE-Resorcinol, em suas formulações. Lembre-se de conversar com um médico membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia para que os cremes mais indicados para sua pele sejam recomendados.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.