Cuidar do nosso dinheiro é, de muitas maneiras, parecido com o cuidado que precisamos ter com a nossa saúde. É preciso tanto de controle (com o que comemos e com o que gastamos) quanto de disciplina (para fazer exercício e acompanhar as despesas). E, da mesma forma que tendemos a evitar subir na balança, muita gente foge da fatura do cartão.

No entanto, não saber o seu peso não muda a sua situação. Na realidade, pode até piorá-la: sem o choque de saber quantos quilos você precisa perder, muitas vezes falta motivação para entrar naquela dieta e voltar para a academia.

Com a sua vida financeira ocorre exatamente o mesmo. Quem nunca deixou a fatura do cartão “esquecida” em algum canto da casa, para olhar outro dia? O problema é que se você não abrir e encarar a situação de frente, você não terá como resolver a sua vida financeira.

Gastos exagerados, compras por impulso, cartão no rotativo são como aqueles quilos a mais que a gente custa a perder. Só que você só poderá solucionar o problema quando conseguir encará-lo de frente.

Te faço então um convite: que tal aproveitar este período de fim de ano, quando estamos cheias de boas intenções, para dar a virada na sua vida financeira? É hora de subir na balança e abrir a fatura, listar todas as suas dívidas e ver como estão os seus gastos.

Para organizar suas despesas, basta encaixá-las na fórmula 50/30/20:

- 50% do seu salário (líquido!) deve pagar seus gastos essenciais (moradia, alimentação, transporte, etc);
- 30% deve pagar os supérfluos (compras, lazer, presentes, saídas para jantar, etc);
- 20% ficam para você quitar dívidas e começar a guardar dinheiro.

Recomendo que pegue o seu extrato dos últimos 3 meses e divida os gastos nestas 3 categorias. Assim, você consegue ver imediatamente onde estão os exageros e o que você precisa cortar.

Se você está endividada, deve listar todas as dívidas que tem e organizá-las por ordem do custo: quanto maior os juros que você pagar, maior é a prioridade para o pagamento. Geralmente, são cartão de crédito e cheque especial. Monte um plano para quitar todas e passar a destinar o valor de cada parcela mensal depois para a construção do seu patrimônio!

Com estes passos, você estará pronta para ter um ano novo muito mais próspero. Boas festas!