Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

5 coisas que acontecem com a pele no inverno: dermatite, ressecamento, rosácea... veja as queixas mais comuns

Prepare sua pele para o inverno com essas dicas de skincare
Prepare sua pele para o inverno com essas dicas de skincare

Entrevista com Dra. Gabriella Albuquerque, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Quando o inverno chega, a sua pele costuma ficar diferente? Geralmente, o frio deixa a pele mais seca e sensível, além de poder desencadear problemas mais sérios na região. Sim - a vermelhidão ao redor do nariz, a coceira e o ardor que aparecem durante esta estação não são à toa! O DermaClub conversou com a dermatologista Gabriella Albuquerque, do Rio de Janeiro, que listou 5 coisas que acontecem com a sua pele durante essa temporada e os cuidados que devemos ter para evitá-las. Veja só!

1) Dermatites, psoríase e outras doenças de pele

A chegada do inverno traz à tona a preocupação com diversas doenças de pele. Nesta época, a umidade do ar fica menor e as temperaturas baixas diminuem a produção de suor. Além disso, aqueles (tão gostosos!) banhos quentes e demorados também contribuem para o ressecamento da pele, que fica mais vulnerável a alergias e outros problemas inflamatórios.

Com esse ressecamento, acontece a perda do manto lipídico, que pode se refletir no surgimento das infecções fúngicas, bacterianas e virais ou alergias na pele. “Por isso, doenças como dermatite seborreica (caspa), dermatite atópica (que provoca coceira e erupções), psoríase (que causa vermelhidão e descamação) e ictiose vulgar (que provoca o ressecamento e a descamação da pele) são mais comuns no inverno”, atentou a médica.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Para evitar que essas doenças se agravem, é importante abusar do hidratante corporal, reforçar o uso da água termal e evitar qualquer hábito que remova o manto hidrolipídico - barreira de proteção cutânea -, como os banhos quentes e o uso de sabonetes muito adstringentes.

Produtos relacionados

2) Ressecamento excessivo da pele

Já que no inverno não suamos tanto quanto nas outras estações do ano, nossa pele acaba perdendo um pouco da sua hidratação natural. Por isso, acaba se tornando mais ressecada e muitas vezes ficando com aquele aspecto craquelado. Para driblar esse problema, nada melhor do que arrasar na hidratação! A Drª Gabriella indica o melhor produto que não pode faltar na sua rotina de cuidados durante o tempo frio:

“Os hidratantes devem conter componentes oclusivos como dexpantenol e óleo mineral (que diminuem a evaporação da água da pele), os componentes umectantes, como o propilenoglicol e a ureia (que puxam a água para camada córnea) e os componentes emolientes como a dimeticona e os óleos (que permitem uma sensação suave na pele)”, esclareceu.

Produtos relacionados

3) Quem tem rosácea, sente que a pele fica mais sensível

Não é só no verão que a rosácea faz seu rosto ficar mais vermelho! A dermatologista explica que essa condição também se agrava muito no inverno porque a pele fica mais seca. Se você tem essa condição, é importante prevenir as crises com o uso da água termal e com um bom hidratante facial para controlar o rubor.

4) A pele oleosa ficar mais seca

“Em compensação, a pele não costuma ficar mais oleosa nesta época do ano porque a temperatura está mais amena”, disse a profissional. Mas, mesmo assim, não devemos esquecer de lavar o rosto com um bom sabonete, gel de limpeza ou loção que limpa sem agredir a região. Também é importante praticar o ritual com água morna ou fria já que a quente deixa a pele mais debilitada.

Produtos relacionados

5) O câncer de pele e as manchas podem acontecer sem o uso do filtro solar

Durante o inverno também é muito comum as pessoas esquecerem de usar o protetor solar. O clima frio e nublado ajuda a disfarçar os efeitos da radiação, o que acaba aumentando o risco do câncer de pele e manchas de melasma. Para evitar essas complicações, não deixe de aplicar o protetor!

Produtos relacionados

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 09 de Fevereiro de 2021
Modificada em: 20 de Julho de 2021

Dra. Gabriella Albuquerque

Palavra do Dermatologista

Dra. Gabriella Albuquerque

CRM: 52.71503-4

A Dra. Gabriella Albuquerque, do Rio de Janeiro, é membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Ao longo de sua carreira, a Dra. Gabriella tem capítulos de livros publicados, artigos em revistas dermatológicas e ministra aulas em diversos congressos, cursos e workshops para outros dermatologistas.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Sabonete para pele oleosa com acne, cravo e manchas na pele: conheça o refil de Effaclar e Normaderm

Sabonete para pele oleosa com acne, cravo e manchas na pele: conheça o refil de Effaclar e Normaderm

Rosto

8 opções de sabonete ou gel de limpeza para cada tipo de pele

8 opções de sabonete ou gel de limpeza para cada tipo de pele

Rosto

Ácido hialurônico em sérum ou creme? Saiba o melhor veículo desse hidratante para a pele oleosa e pele seca

Ácido hialurônico em sérum ou creme? Saiba o melhor veículo desse hidratante para a pele oleosa e pele seca

Pele seca

Vitamina C: rosto, colo, pescoço, mãos... conheça os benefícios do ativo para todas essas regiões

Vitamina C: rosto, colo, pescoço, mãos... conheça os benefícios do ativo para todas essas regiões

Rosto

Manchas na pele de melasma tem cura? Dermatologista explica o que melhora e o que piora as marcas

Manchas na pele de melasma tem cura? Dermatologista explica o que melhora e o que piora as marcas

Rosto

A pele pode se 'acostumar' com um produto de skincare? Dermatologista esclarece a dúvida

A pele pode se 'acostumar' com um produto de skincare? Dermatologista esclarece a dúvida

Rosto

Últimas Matérias

Peeling para acne em casa: pode ser feito? Dermatologista indica como fazer o tratamento com segurança Queda de cabelo por estresse: descubra o que fazer para tratar e evitar esse problema! Protetor solar para o rosto: porque reaplicar o produto? Como retocar o protetor solar com cor? Rotina fácil de cuidados com a pele durante o inverno: 9 produtinhos para você apostar na estação Saiba quais cuidados são importantes na hora de fazer a hidratação da pele seca e sensível Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne
Ver mais

escolha a loja de sua preferência