Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

5 dicas para manter a sua pele longe dos efeitos do estresse oxidativo

O estresse oxidativo acontece devido a formação de radicais livres, mas pode ser prevenido com alguns hábitos simples, como parar de fumar e usar filtro solar
O estresse oxidativo acontece devido a formação de radicais livres, mas pode ser prevenido com alguns hábitos simples, como parar de fumar e usar filtro solar

Entrevista com Dra. Lilia Guadanhim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Poluição, radiação solar, tabagismo e má alimentação: você sabe o que esses fatores têm em comum? Todos colaboram para a formação excessiva de radicais livres - moléculas instáveis capazes de danificar a pele e suas estruturas. A partir desse processo, nasce outro problema: o estresse oxidativo - resultado da interação dessas moléculas reativas com as células da pele -, que promove sinais de envelhecimento precoce, como rugas, manchas e flacidez. No entanto, é possível minimizar todos esses impactos. O DermaClub convidou a dermatologista Lilia Guadanhim, de São Paulo, que deu 5 dicas para manter a pele saudável e firme por mais tempo.

O que é o estresse oxidativo e como ele é causado?

De acordo com a médica, “o estresse oxidativo acontece pela formação de radicais livres ou espécies reativas de oxigênio que ativam as células, levando ao envelhecimento da pele”. Uma vez que essas vias são ativadas, acontece o aumento da produção de metaloproteinases - enzimas que destroem as fibras do colágeno e diminuem a formação de uma nova proteína. Com isso, o surgimento dos sinais do envelhecimento precoce, como as rugas e a flacidez, se tornam inevitáveis.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Mas, sabia que existem maneiras de evitar o estresse oxidativo?

1) Mantenha uma alimentação saudável

Segundo a dermatologista, “uma dieta saudável e colorida é rica em antioxidantes - substâncias capazes de reduzir o estresse oxidativo”. Portanto, a dica é: tenha uma alimentação equilibrada e mantenha a pele forte.

2) Pratique atividades físicas

Sabemos que a prática de atividades físicas é benéfica para a saúde como um todo, melhorando o sistema cardiovascular, a disposição corporal, além de evitar o aumento dos radicais livres na pele. “No entanto, a prática de modalidades extenuantes, como maratonas e crossfit, aumentam a produção de radicais livres”. A dica é evitar os excessos!

3) Pare de fumar

O tabagismo é um hábito que atinge de maneira negativa nossa saúde: aumenta os riscos de doenças pulmonares e cardiovasculares, e acelera o processo de envelhecimento cutâneo. “O cigarro é uma fonte expressiva de radicais livres e poluentes – apenas uma ‘tragada’ corresponde a inalação de 3800 substâncias nocivas”, atentou a Dra. Lilia. Que tal pensar sobre o assunto e largar de vez este vício? Sua pele e organismo agradecem!

4) Use o filtro solar

Os gatilhos mais comuns para a produção de radicais livres são, sem dúvida, a radiação ultravioleta (UVA e UVB) e a poluição. Proteger a pele do sol e dos poluentes de maneira adequada e rotineira consegue prevenir o envelhecimento precoce. Portanto, use regularmente o filtro solar de FPS 30, no mínimo, e, em casos de alta exposição, lembre-se de utilizar barreiras físicas, como chapéus, óculos e roupas. Além disso, invista em antioxidantes, a fim de proteger também contra a poluição.

5) Os antioxidantes são seus melhores amigos

Antioxidantes, como o próprio nome já diz, são substâncias que conseguem reduzir o estresse oxidativo. “O consumo oral de antioxidantes associado ao uso tópico desses ativos - como as vitaminas C e E, por exemplo -, consegue reduzir o estresse oxidativo e evitar o envelhecimento”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 22 de Novembro de 2017
Modificada em: 20 de Julho de 2021

Dra. Lilia Guadanhim

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilia Guadanhim

CRM: 133850

Formação em Medicina, Residência Médica em Dermatologia e Especialização em Cosmiatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo. Possui título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da International Dermoscopy Society. Tem especializações em Cosmiatria - Toxina Botulínica e Preenchimento na França e Dermatoscopia - Oncologia Cutânea na Itália. É médica colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Ação antioxidante, antimanchas: conheça 4 benefícios da vitamina C para a pele negra

Ação antioxidante, antimanchas: conheça 4 benefícios da vitamina C para a pele negra

Vitaminas

Como o retinol (vitamina A) pode ajudar a combater os sinais do envelhecimento da pele madura?

Como o retinol (vitamina A) pode ajudar a combater os sinais do envelhecimento da pele madura?

Vitaminas

Niacinamida: qual a importância desse ativo no tratamento para espinhas?

Niacinamida: qual a importância desse ativo no tratamento para espinhas?

Vitaminas

Quais são os benefícios do retinol, vitamina A, para pele?

Quais são os benefícios do retinol, vitamina A, para pele?

Vitaminas

Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia?

Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia?

Vitaminas

Vitamina B3 (niacinamida): o que é? Conheça a substância e o que ela pode fazer pela sua pele

Vitamina B3 (niacinamida): o que é? Conheça a substância e o que ela pode fazer pela sua pele

Vitaminas

Últimas Matérias

Além das rugas no rosto: mitos e verdades do que acontece na pele da mulher durante a menopausa Mancha vermelha na pele do rosto: Conheça a solução para cada causa dessas marcas Alergia na pele que coça e fica vermelho e inchado: conheça as causas da urticária e como tratar Seborreia ou dermatite seborreica: o que é? Por que fica mais intensa no inverno? 5 dúvidas sobre a doença Ordem do skincare: passo a passo de quando aplicar cada produto na pele Menopausa precoce também pode afetar a pele? Conheça as causas e como lidar com esse problema
Ver mais

escolha a loja de sua preferência