Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

MINÉRAL 89 30ML DE R$119,90 POR R$99,90. APROVEITE AGORA

6 mitos e verdades sobre hidratação: hidratar pele oleosa causa acne? Todo hidratante é igual? Entenda!

Depilação resseca a pele? Aplicar o hidratante depois do banho é melhor? Desvende os principais mitos sobre a hidratação da pele!
Depilação resseca a pele? Aplicar o hidratante depois do banho é melhor? Desvende os principais mitos sobre a hidratação da pele!

Redação por Leonor Militao

Não é segredo que a hidratação é essencial para manter a pele do rosto e corpo macia e com aspecto cuidado. Embora muita gente já tenha incorporado o hábito na sua rotina de beleza, a maioria ainda acredita em alguns mitos sobre o produto. Hidratar a pele oleosa causa espinhas? Aplicar o creme depois do banho é melhor? Para esclarecer, o DermaClub desvendou o que é verdade e o que é mentira sobre o assunto. Confira!

1. Hidratar a pele depois do banho otimiza a hidratação.

Verdade! Isso porque após o banho a pele ainda está úmida e, ao passar o creme ou loção hidratante neste momento, ajuda a manter essa umidade sobre a pele e aumentar sua hidratação. Assim, vale aplicar o seu creme ou loção hidratante logo após se enxugar com a toalha!

2. Pele oleosa não precisa de hidratação.

Mito! Um dos maiores mitos sobre a hidratação da pele é que a pele oleosa não precisa ser hidratada, ou até mesmo que não pode ser hidratada, pelo receio de que o hábito cause espinhas e cravos. Mas nada disso! Oleosidade é diferente de hidratação: enquanto o primeiro se refere ao excesso de sebo, o segundo trata da quantidade de água na pele. Além disso, diferentes tratamentos para acne e pele oleosa ressecam muito a pele, havendo ainda mais a necessidade de hidratá-la.

3. Hidratante para rosto e corpo é tudo a mesma coisa.

Mito! Pelo contrário - os produtos hidratantes para corpo e para rosto são formulados de forma bem diferente. Embora todos devam repor a hidratação perdida e restaurar as ceramidas da barreira protetora da pele, as versões corporais tendem a ser mais densas que as faciais. Isto se deve ao fato de a pele do rosto ser mais rica em glândulas sebáceas que o restante do corpo, o que a torna mais oleosa. Assim, um creme mais espesso pode pesar nessa região, sendo o melhor investimento uma loção leve e de rápida absorção. Além disso, a associação de ativos das formulações faciais e corporais são diferentes, uma vez que as necessidades de cada região são específicas. Sempre consulte seu dermatologista para saber o melhor modo de uso dos produtos.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

4. Não se pode usar produtos com ácido hialurônico durante o dia.

Mito! Outra concepção errada que muita gente tem sobre a hidratação é que não se deve usar produtos com ácido hialurônico durante o dia, para não sensibilizar a pele. Na verdade, o ácido hialurônico não tem ação fotossensibilizante nem descamativa, ao contrário de tantos outros ácidos. Ele tem a função de reter a hidratação na pele e melhorar sua textura. Por isso, é essencial apostar em produtos que contenham esse ingrediente, para garantir um aspecto hidratado e saudável.

5. Tomar banho de água quente resseca a pele.

Verdade! A água quente pode danificar a barreira de proteção da pele por remover lipídeos importantes, como as ceramidas. O ideal é tomar banho com a temperatura da água mais baixa, de morna a fria, para evitar que isso aconteça. Se você não consegue, de jeito nenhum, adotar esse hábito, é importante substituir o sabonete comum por uma loção de limpeza hidratante, e sempre hidratar depois de secar a pele com a toalha.

6. Depilação pode ressecar a pele.

Verdade! A depilação, seja ela feita com cera, lâmina ou laser, pode ressecar a pele. Esse procedimento, por ser um pouco agressivo, também tende a danificar a barreira lipídica de proteção, provocando, muitas vezes, coceira, vermelhidão, ressecamento e até descamação no local. Após depilar, é essencial hidratar o local, de preferência utilizando um hidratante capaz de restaurar a camada protetora da pele.

Publicada em: 01 de Junho de 2018
Modificada em: 06 de Junho de 2018

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

7 formas de minimizar poros abertos: microagulhamento, Serozinc, tônico... Confira as mais eficazes

7 formas de minimizar poros abertos: microagulhamento, Serozinc, tônico... Confira as mais eficazes

Poros dilatados

Protetor solar com cor de alta cobertura entope os poros? Entenda e saiba como usar o produto

Protetor solar com cor de alta cobertura entope os poros? Entenda e saiba como usar o produto

Poros dilatados

Poros superdilatados: o que são e como tratar esses pontinhos escuros no rosto? Entenda

Poros superdilatados: o que são e como tratar esses pontinhos escuros no rosto? Entenda

Poros dilatados

Tem a pele oleosa, com poros aparentes e espinhas? Confira 4 benefícios do uso contínuo de Serozinc

Tem a pele oleosa, com poros aparentes e espinhas? Confira 4 benefícios do uso contínuo de Serozinc

Poros dilatados

Pele oleosa: rotina diurna ideal para combater o brilho excessivo, poros abertos, espinhas e cravos no rosto

Pele oleosa: rotina diurna ideal para combater o brilho excessivo, poros abertos, espinhas e cravos no rosto

Poros dilatados

Cravo: pele com poros abertos tem mais tendência a formar comedões? Descubra

Cravo: pele com poros abertos tem mais tendência a formar comedões? Descubra

Poros dilatados

Últimas Matérias

Mancha branca na pele: o que pode ser? Dermatologista lista as causas da descoloração Skincare: o que é? Dermatologista conta como montar uma rotina corretamente Sabonete para dermatite atópica: dermatologista explica como escolher a melhor fórmula Botox preventivo: desvende 5 mitos e verdades sobre o procedimento Peptídeos: 5 benefícios dessas moléculas na sua rotina de cuidados com a pele Microbioma da pele: o que é? Entenda o que são cuidados prebióticos, probióticos e pós-bióticos
Ver mais