Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica

Se você pensa em incluir esse ativo na sua rotina de skincare, precisa ler essa matéria!
Se você pensa em incluir esse ativo na sua rotina de skincare, precisa ler essa matéria!

Redação por Livia Dambrosio

O ácido salicílico é um dos ativos mais conhecidos entre as beauty addicts. E não é para menos, certo? Responsável por auxiliar no controle da acne e da oleosidade, ele também é capaz de oferecer uma ação anti-inflamatória ideal para promover a renovação celular e combater o surgimento de cravos e espinhas. Mas será que essa substância serve apenas para isso? Como inserir o ácido salicílico na sua rotina de skincare?

Para esclarecer essas e outras dúvidas sobre o ácido salicílico: para que serve, quais os benefícios do ativo, o DermaClub conversou com a dermatologista Gabriela Albuquerque, do Rio de Janeiro. Veja só!

Ácido salicílico: para que serve?

Quando se trata de skincare, o ácido salicílico é uma das substâncias mais utilizadas para manter os cuidados com a pele em dia. Mas você sabe para que serve o ativo? De acordo com a dermatologista, ele é um beta-hidroxiácido poderoso com propriedades esfoliantes e seborreguladoras e ação anti-inflamatória: 

“Diferente dos outros hidroxiácidos, o ácido salicílico não é solúvel em água e, por isso, tem o poder de melhorar a qualidade da pele quando aplicado topicamente”, afirma a Drª Gabriela. Justamente por isso, o ácido salicílico é o grande responsável por promover a renovação cutânea e, consequentemente, combater o excesso de oleosidade e o surgimento de cravos, espinhas e sinais de envelhecimento precoce.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Os benefícios do ácido salicílico

- Ameniza os sinais de envelhecimento da pele, como rugas e linhas de expressão;
- Combate o surgimento de cravos e espinhas;
- Desobstrui os poros do rosto;
- Controla o nível de oleosidade da pele;
- Promove a renovação cutânea;
- Uniformiza a pele, diminuindo o aspecto de manchas.

Produtos relacionados

O ácido salicílico pode deixar a pele sensível?

Depende! Segundo a dermatologista, o uso do ácido salicílico é um fator capaz de influenciar no surgimento da sensibilidade na pele. “A substância pode ser utilizada no dia a dia através de um sabonete com ácido salicílico para controlar a oleosidade, mas não deve ser aplicado em certas áreas do corpo ou usado de maneira prolongada”, afirma. Por esse motivo, é importante consultar um profissional de confiança antes de incluí-lo na sua rotina de skincare. Dessa forma, é possível garantir o uso adequado do ácido salicílico sem trazer incômodos e prejuízos à saúde da sua pele.

Como incluir o ácido salicílico na rotina de skincare

O tratamento com o ácido salicílico deve ser acompanhado por um dermatologista para entender quais são as necessidades da sua pele, já que o ativo tende a apresentar funções diferentes de acordo com a sua concentração. “Em concentrações baixas (até 3%) ele pode ser utilizado diariamente para melhorar o envelhecimento. Já em concentrações maiores, ele pode afinar bastante a pele e tratar a oleosidade”, revela Drª Gabriela.

Geralmente, a forma mais simples e prática de incluir o ácido salicílico na sua rotina de skincare é através do sérum, que pode ser usado de manhã antes do protetor solar e depois de lavar o rosto. O uso de sabonete com ácido salicílico também é uma boa opção para potencializar os cuidados com a pele e controlar a oleosidade.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 28 de Abril de 2021
Modificada em: 30 de Dezembro de 2021

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dermatite seborreica no rosto: quais são as causas e melhor rotina de skincare para tratamento?

Dermatite seborreica no rosto: quais são as causas e melhor rotina de skincare para tratamento?

Rotinas

Pele descascando após peeling químico: o que fazer? Rotina de skincare indicada depois do procedimento

Pele descascando após peeling químico: o que fazer? Rotina de skincare indicada depois do procedimento

Rotinas

Ácido hialurônico para a pele oleosa: o sérum é a melhor escolha? Deve ser usado com outro ácido?

Ácido hialurônico para a pele oleosa: o sérum é a melhor escolha? Deve ser usado com outro ácido?

Ácidos

Ácido hialurônico + Niacinamida: conheça os benefícios dessa combinação para a rotina de skincare

Ácido hialurônico + Niacinamida: conheça os benefícios dessa combinação para a rotina de skincare

Rotinas

Por que incluir a vitamina C para o rosto na rotina de skincare diurna?

Por que incluir a vitamina C para o rosto na rotina de skincare diurna?

Rotinas

Ácido para o rosto: por que incluir na rotina de skincare? Qual é o mais indicado para o seu tipo de pele?

Ácido para o rosto: por que incluir na rotina de skincare? Qual é o mais indicado para o seu tipo de pele?

Ácidos

Últimas Matérias

Pele hidratada: veja como o verão pode deixar sua pele ressecada e saiba como corrigir o problema Acne hormonal: como tratar a oleosidade, cravos e espinhas no rosto por ovários policísticos (SOP) Tratamento com ácido hialurônico: em quanto tempo dá resultados? Hiperpigmentação pós-inflamatória: o que é? Acne e foliculite causam esse quadro? Peeling químico, depilação a laser: como cuidar da pele sensível após esses procedimentos no verão? Envelhecimento precoce antes dos 30: como tratar e prevenir manchas, flacidez e rugas na pele
Ver mais

escolha a loja de sua preferência