Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Área dos olhos: entenda por que a região apresenta os primeiros sinais de envelhecimento da pele

A pele dos olhos é considerada sensível porque é mais fina e não possui proteção como outras áreas do rosto, por isso precisa de cuidados especiais
A pele dos olhos é considerada sensível porque é mais fina e não possui proteção como outras áreas do rosto, por isso precisa de cuidados especiais

Entrevista com Dra. Soraya Rossetti, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

A região dos olhos é uma das partes mais delicadas do corpo, já que possui espessura mais fina. Por isso, acaba apresentando os primeiros sinais de envelhecimento, como rugas e bolsas, devido à grande movimentação muscular das pálpebras e da influência dos fatores externos. Para entender os cuidados necessários para manter essa área saudável, o DermaClub conversou com a dermatologista Soraya Rosset, de São Paulo. Olha só!

Por que a região dos olhos é mais sensível e expõe mais rápido o envelhecimento

De acordo com a médica, a pele da região dos olhos é considerada sensível porque é mais fina e não possui proteção como as demais áreas do rosto. “Outra particularidade é a força dos músculos que existem na pálpebra, que são feitos para realizar movimentos automáticos de contração rápida - piscar e lacrimejar. Dessa forma, são responsáveis por um maior número de marcas de expressão, como as rugas”, disse, enfatizando que também podem surgir manchas pigmentadas, em tons de azul e marrom, ao redor dos olhos.

Descubra quais são os cuidados necessários com a região dos olhos

A Dra. Soraya afirma que, como a área é mais fina e devido ao sistema circulatório e linfático das pálpebras, a pele que a reveste exige dermocosméticos específicos. Dessa forma, são necessários ativos que melhorem a parte vascular e, com isso, reduzem os pigmentos depositados na região; além de substâncias antipigmentantes, que diminuem o aparecimento das manchas, sem causar irritações. Por isso, os produtos devem ser hipoalergênicos e dermatologicamente testados.

Veja quais são os ativos indicados para aplicar na região dos olhos

Antes de escolher qual dermocosmético vai cuidar da sua área dos olhos, é fundamental consultar um dermatologista. Abaixo, a Dra. Soraya conta quais são os melhores substâncias para a região:

- Antioxidante: ação firmadora, clareadora e combate a oxidação celular;

- Retinol: melhora a textura da região dos olhos, diminuindo as rugas e amenizando a flacidez;

- Clareador: inibe produção de melanina, diminuindo as manchas. Não é fotossensível, ou seja, não causa irritações com a exposição ao sol;

- Cafeína: diminui a formação de bolsas nas pálpebras, pois melhora a circulação da região.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 09 de Agosto de 2017
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Soraya Rossetti

Palavra do Dermatologista

Dra. Soraya Rossetti

CRM: 75995

Médica dermatologista formada pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com título de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD, onde também é membro titular. Com mais de 16 anos de experiência, é também membro titular de outras importantes entidades médicas, entre elas Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, Academia Americana de Dermatologia e “International Dermoscopy Society – IDS”.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Dermatologista

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Dermatologista

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Dermatologista

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Dermatologista

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Dermatologista

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatologista

Últimas Matérias

Efeitos da COVID-19 na pele: dermatologista explica como a doença também pode se manifestar no corpo Entenda a diferença entre os 3 séruns anti-idade de La Roche-Posay: Salicyli C10, Retinol B3 e Hyalu B5 Repair Heróis da vida real: relato de um dermatologista que trabalha na linha de frente contra a COVID-19 Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar Coceira na pele após o banho: entenda porque isso acontece e como tratar
Ver mais