Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Brilho x óleo: existe diferença entre pele brilhosa e oleosa? Dermatologista tira as suas dúvidas!

Descubra se existe diferença entre pele oleosa e brilhosa e confira as dicas da dermatologista / Foto: Getty Images
Descubra se existe diferença entre pele oleosa e brilhosa e confira as dicas da dermatologista / Foto: Getty Images

Entrevista com Dra. Lilia Guadanhim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

A pele brilhosa nem sempre é oleosa, mas quando o brilho é causado pelo excesso de oleosidade precisamos tratar o problema. A fim de entender qual a diferença entre essas características, o DermaClub conversou com a dermatologista Lilia Guadanhim, de São Paulo, que concedeu dicas de como minimizar o aspecto visual e explicou quais são as opções de tratamento para casos simples ou mais graves.

Entenda quais são as diferenças entre peles oleosas e brilhosas

Embora seja comum confundir, diferenciar o brilho saudável de uma pele que está com excesso de oleosidade é bem simples. A médica explica que uma pele brilhosa, iluminada e com bom viço, transmite uma imagem mais jovem e descansada - como aquele famoso glow que fica depois de fazer a rotina de skincare. Agora, quando o seu rosto está brilhoso devido ao excesso de oleosidade, ele permanece com um aspecto gorduroso e pesado.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Embora sejam características diferentes, para manter a pele brilhosa e controlar o excesso de oleosidade é importante seguir uma rotina de cuidados bem regradinha.“Deve-se tratar a pele adequadamente e com os produtos certos, o que leva a diminuição da produção de sebo e, consequentemente, do brilho”, afirmou.

Dermatologista dá 4 dicas de como disfarçar o brilho oleoso na pele

A dermatologista explica que além dos cuidados diários existem diversas maneiras de disfarçar a oleosidade na pele, confira o top 4 da Dra. Lilia Guadanhim:

1) Use produtos com efeito matificante, que absorvam o excesso de oleosidade e proporcionem um toque seco evitando o aspecto gorduroso, deixando a pele com um leve glow;

2) Existem produtos com tecnologias que absorvem a oleosidade e até o suor excessivo, com ativação dinâmica - agem de acordo com a necessidade da pele;

3) Finalize a maquiagem com pós soltos ou compactos e use também o translúcido, pois são ótimos para disfarçar o brilho excessivo e pequenas imperfeições.

4) Use um fortalecedor diário para pele oleosa com ativos naturais que reduz a produção de sebo na pele, reduz a aparência dos poros e garante uma ação fortalecedora da função barreira da pele.

Saiba quais são os tratamentos ideais para peles com excesso de brilho e oleosidade

De acordo com a Drª Lilia, para tratar da oleosidade da pele é importante o auxílio profissional para que sejam usados produtos específicos para o problema. No entanto, a rotina de cuidados básicos inclui limpeza, hidratação, proteção solar e tratamento. Saiba mais abaixo:

Limpeza: você pode investir em um sabonete ou gel de limpeza profunda que remove o excesso de oleosidade da pele sem agredir ou afetar a barreira de proteção cutânea. Para garantir esse resultado, prefira um produto com ativos naturais, que seja hipoalergênico, livre de sabão, parabenos e álcool.

Hidratação: dermocosméticos com textura leve, não gordurosa e não comedogênica - não obstrui os poros - ajudam a manter a pele bonita e aumentam a tolerância aos produtos de tratamento;

Fotoproteção: a proteção solar é fundamental nos cuidados de qualquer tipo de pele. Neste caso, invista em um protetor solar antioleosidade, toque seco, com controle da oleosidade e FPS alto para proteger a região dos danos da radiação solar.

Tratamento: cremes que contenham ácido retinóico e seus derivados são o carro-chefe no controle da oleosidade da pele. Outros ativos como ácido azelaico, ácido salicílico e ácido glicólico também são boas apostas. Dependendo do grau de oleosidade do paciente pode-se usar medicações orais ou lançar mão de tratamentos complementares, feitos em consultório - como peelings químicos e lasers.

Agende uma consulta com o seu médico dermatologista e comece o quanto antes os cuidados com a sua pele!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

 

Publicada em: 23 de Outubro de 2015
Modificada em: 09 de Dezembro de 2019

Dra. Lilia Guadanhim

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilia Guadanhim

CRM: 133850

Formação em Medicina, Residência Médica em Dermatologia e Especialização em Cosmiatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo. Possui título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da International Dermoscopy Society. Tem especializações em Cosmiatria - Toxina Botulínica e Preenchimento na França e Dermatoscopia - Oncologia Cutânea na Itália. É médica colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Dermatologista

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Dermatologista

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Dermatologista

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Dermatologista

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Dermatologista

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais