Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Bronzeado perfeito: saiba como conseguir a cor do verão com proteção solar e de forma saudável

Pegar um bronzeado com a cara do verão requer tempo, paciência e muito protetor solar
Pegar um bronzeado com a cara do verão requer tempo, paciência e muito protetor solar

Entrevista com Dra. Carolina Zaparoli , membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Conseguir um bronzeado bonito é o objetivo de muita gente durante o verão, porém, exagerar nos banhos de sol também é muito comum - e pouco saudável! Enquanto uns economizam no protetor solar para garantir aquela cor dourada, outros evitam até usar o produto, o que acaba refletindo em diversos problemas de pele, como queimaduras e manchas como sardas ou de melasma. Para garantir aquela marquinha de biquíni de forma saudável, o DermaClub conversou com a dermatologista Caroline Zaparoli, de São Paulo. Veja só!

Afinal, é possível pegar um bronzeado saudável e bonito durante o verão?

Em primeiro lugar, é importante compreender que bronzear é bem diferente de queimar o corpo: o bronzeamento da pele define o seu escurecimento, ao contrário de quando essa fica muito avermelhada ou rosada, que significa que está queimada. “Queimaduras repetidas ao longo dos anos podem levar ao câncer da pele e devem ser evitadas. Sendo assim, evite a exposição solar entre as 10 e 16 horas - período em que a radiação ultravioleta B (UVB), uma das causadoras dessas lesões, está muito elevada”, indicou a dermatologista.

A radiação ultravioleta A (UVA) é a responsável pelo bronzeamento da pele, e para conseguir uma cor saudável, o ideal é apostar na exposição gradual e moderada antes das 10 e após as 16 horas. Isso não quer dizer que esse período dispensa o uso do protetor solar: além de causar o envelhecimento cutâneo, essa radiação também pode promover o aparecimento de manchas, rugas e até o de câncer da pele.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Um bronzeado intenso e saudável não pode ser conseguido em um só dia de praia ou piscina

De acordo com a médica, não dá para bronzear a pele em apenas um dia. “O bronzeado só vai começar a aparecer 48h a 72 horas após a primeira exposição solar. Este é o tempo necessário para que a melanina - pigmento que dá cor à pele - seja produzida e liberada pelas células”, esclareceu. Ou seja, é um processo gradual e não adianta exagerar no banho de sol para tentar apressá-lo.

Cuidados para proteger a pele durante a exposição solar

Antes de expor seu corpo ao sol, é importante aplicar protetor com FPS 30, no mínimo, e de amplo espectro em todo o corpo. “Lembre-se que o filtro solar leva de 20 a 30 minutos para atingir sua proteção máxima”, atentou a dermatologista. Mas não se preocupe, pois mesmo com o produto, uma parte da radiação ultravioleta está estimulando o bronzeamento.

E atenção: mesmo com a pele já bronzeada, é importante seguir o mesmo processo até o fim do verão para manter a cor de maneira saudável, sem se preocupar com as queimaduras ou com o descascar da pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 14 de Fevereiro de 2018
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Carolina Zaparoli

Palavra do Dermatologista

Dra. Carolina Zaparoli

CRM: 111.618

Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia/SBD, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e AMB, formada pela Universidade Metropolitana de Santos , realizou residência em dermatologia no Hospital Guilherme Álvaro em Santos. Atua na área de Dermatologia clínica, estética, cirúrgica e laser. Participa de todos os principais congressos para estar sempre atualizada nos melhores tratamentos para seus pacientes.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Dermatologista

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Dermatologista

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Dermatologista

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Dermatologista

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Dermatologista

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais