Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

MINÉRAL 89 30ML DE R$119,90 POR R$99,90. APROVEITE AGORA

Coceira, ressecamento e vermelhidão: saiba o que é a dermatite atópica e como tratar a doença de pele

Saiba tudo sobre dermatite atópica: quais as causas, os sintomas e os tratamentos / Foto: Caroline Hernandez, Unsplash.com
Saiba tudo sobre dermatite atópica: quais as causas, os sintomas e os tratamentos / Foto: Caroline Hernandez, Unsplash.com

Entrevista com Dra. Tatiane Curi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Você sabe o que é dermatite atópica? É uma doença genética, que causa sérios sintomas alérgicos na pele do paciente. Cerca de 50 milhões de pessoas no mundo desenvolvem esse problema - sendo mais comum em crianças, mas também pode se estender até a fase adulta, causando manchas vermelhas, ressecamento e coceira intensa.

A boa notícia é que quanto mais cedo a dermatite for descoberta e tratada, mais cedo é possível controlar os seus indícios e crises de maneira tranquila através da prevenção, como seguir uma rotina específica de skincare com produtos que equilibram o microbioma da pele. Para conviver bem com a doença, o Dermaclub conversou com a dermatologista Tatiane Curi, que indicou os melhores tratamentos para a dermatite atópica. Veja só!

Dermatite atópica: o que é e como ela se desenvolve no organismo

De acordo com a médica, a dermatite atópica é uma inflamação que pode acontecer por influências genéticas e imunológicas associadas à tendência de alergias. “Ela é frequentemente associada à asma ou rinite alérgica, porém, com manifestação clínica variável”, esclareceu.

Esse mix de predisposições gera a resposta exagerada de imunoglobulina, um anticorpo encontrado no sangue que aumenta as taxas deste composto. Além disso, também estão alterados os índices de alérgenos - substâncias naturais que podem causar reações de hipersensibilidade.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Saiba tudo sobre a dermatite atópica: sintomas, diagnóstico e tratamento

Os primeiros sintomas da dermatite podem surgir quando o paciente ainda é uma criança, logo após os três meses de idade, e durar por muitos anos. Esses sinais vão depender do nível em que a dermatite está. Aqui estão alguns deles:

- Prurido - incômodo que causa coceira;
- Ressecamento da pele;
- Manchas brancas;
- Exagero das linhas palmares;
- Pele bastante áspera.

Evite as crises da dermatite atópica equilibrando o microbioma

O principal cuidado para prevenir as crises de dermatite atópica é usar produtos que ajudam a preservar a barreira da pele e equilibrar o microbioma. Os mais indicados são os dermocosméticos com ativos prebióticos, que servem de alimento para as bactérias benéficas que vivem na pele, estimulando o seu crescimento, combatendo os microrganismos prejudiciais e auxiliando na proteção e defesa da pele, mantendo, assim, a integridade da barreira física cutânea.

Sem os devidos cuidados, o ciclo vicioso do prurido se instala, levando à deterioração da barreira de proteção da pele, aumentando a frequência e intensidade dos efeitos da dermatite. Por isso, devemos evitar o contato com substâncias que podem causar qualquer tipo de alergia ou coceira.

Confira alguns exemplos de alérgenos ambientais:

- Poeira e pólen;
- Sabonetes com aroma;
- Sabão em pó e produtos de limpeza doméstica;
- Tabaco e poluição;
- Calor, suor e ar muito seco;
- Tecidos irritantes - como lã, tecidos sintéticos, etiquetas;
- Estresse emocional;
- Mudanças de temperatura ambiente;
- Alergias alimentares.

Os melhores cuidados com a pele, produtos e ativos para controlar a dermatite

Para acalmar a pele com dermatite e equilibrar as crises da doença, o ideal é apostar em uma rotina de cuidados com produtos e mudanças de hábitos específicos. Entre eles:

- O uso de dermocosméticos com prebióticos para estimular o aumento da flora bacteriana benéfica da pele;
- Borrifar água termal na pele irritada para acalmar a sensação de prurido;
- Evitar sempre que possível o uso de perfumes;
- Manter a casa sempre limpa, para evitar o acúmulo de poeira, que pode agravar as lesões;
- Evitar banhos quentes e não demorar muito tempo no chuveiro;
- Hidratar a pele todos os dias com um produto enriquecido com ativos emolientes e anti-inflamatórios.

Se suspeitar de algum sinal da dermatite atópica, consulte seu dermatologista para um diagnóstico correto e indicação do melhor tratamento para o seu caso!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

Publicada em: 24 de Setembro de 2015
Modificada em: 05 de Março de 2020

Dra. Tatiane Curi

Palavra do Dermatologista

Dra. Tatiane Curi

CRM: 108107

Medica, Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Especializada em Cosmiatria pela Universidade de Santo Amaro, com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associacao medica Brasileira. Também é sócia efetiva da sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatologia. Além disso, é medica do corpo clinico do Hospital Sírio Libanes - SP.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Caspa no verão: é mais comum? Como tratar sem ressecar o cabelo?

Caspa no verão: é mais comum? Como tratar sem ressecar o cabelo?

Caspa

Tudo sobre esfoliação: como esfoliar a pele do rosto, corpo, couro cabeludo, melhores produtos, peeling...

Tudo sobre esfoliação: como esfoliar a pele do rosto, corpo, couro cabeludo, melhores produtos, peeling...

Esfoliação

"Esfoliei demais e minha pele está vermelha e sensível": dermatologista explica o que fazer

Esfoliação

Cronograma capilar do cabelo com caspa: produtos + passo a passo para tratar o problema

Cronograma capilar do cabelo com caspa: produtos + passo a passo para tratar o problema

Caspa

Microdermoabrasão: o que é? Para que serve? Devo fazer? Como cuidar da pele depois? Dermatologista explica

Microdermoabrasão: o que é? Para que serve? Devo fazer? Como cuidar da pele depois? Dermatologista explica

Esfoliação

O que são AHAS, BHAS e PHAS? Dermatologista explica as diferenças e os benefícios entre os tipos de ácidos

O que são AHAS, BHAS e PHAS? Dermatologista explica as diferenças e os benefícios entre os tipos de ácidos

Esfoliação

Últimas Matérias

Rotina de pele oleosa para clarear manchas de acne: passo a passo para uniformizar o tom da pele Shampoo anticaspa: posso usar todos os dias? Resseca o couro cabeludo? Entenda! Maquiagem e pele seca: 4 dicas de como evitar o aspecto craquelado Alimentos que aumentam a imunidade: sucos + ingredientes que fazem bem ao organismo e à pele Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia? Vitamina B3 (niacinamida): o que é? Conheça a substância e o que ela pode fazer pela sua pele
Ver mais