Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Como acabar com a celulite: tratamentos, causas e como evitar o efeito "casca de laranja" na pele

Saiba tudo sobre a celulite e como acabar com esse problema na pele
Saiba tudo sobre a celulite e como acabar com esse problema na pele

Redação por Livia Dambrosio

A celulite, considerada um tabu para muitas mulheres e uma característica completamente normal para outras, é o nome popular que damos à lipodistrofia ginóide. Caracterizada pelo surgimento de vários furinhos na pele, ela afeta cerca de 95% das mulheres após a puberdade e existem muitos fatores que colaboram para o seu surgimento. Mas, afinal, existe cura para a celulite? É possível evitar o surgimento dessas marcas no corpo? Para esclarecer essas e outras dúvidas sobre o assunto, o DermaClub conversou com alguns dermatologistas que desmistificaram mitos e verdades e qual o melhor tratamento para celulite. Veja só!

1. O que é celulite?

Chamada de celulite, a lipodistrofia ginóide é o nome que se dá a inflamação no tecido celular. De acordo com a dermatologista Marilu Tiuba, de Salvador, “o problema acontece através de algumas alterações do tecido adiposo e na microcirculação linfática, o que acaba causando uma fibroesclerose no tecido conectivo”. Existem também outros motivos que causam o agravamento dos furinhos, como alterações hormonais de estrogênios, genética e maus hábitos.

1.1. Celulite é uma doença?

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a celulite não é considerada uma doença, mas sim uma preocupação estética para muitas mulheres. Os primeiros furinhos costumam aparecer nos quadris, coxas e nádegas - partes em que a gordura está sob forte influência do estrogênio. As marcas também podem ser vistas nas mamas, braços e parte inferior do abdômen em todos os biotipos.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

1.2. Conheça os graus da celulite

A celulite possui diferentes níveis que são classificados do 0 ao III. Conheça todos eles:

- Grau 0: se a pessoa estiver em pé, não há alterações na superfície cutânea;
- Grau I: as depressões e elevações aparecem pelo pinçamento ou contração muscular;
- Grau II: aspecto de casca de laranja já na posição de pé, sem auxílio de qualquer manobra;
- Grau III: presença de alterações do grau II, mas agora já apresentando nódulos e elevações na região afetada. Esse grau pode causar desconfortos e dores em algumas regiões.

2. Tipos de celulite

Embora seja mais conhecida como um problema estético, a celulite também pode ser classificada como um problema de saúde, como é o caso da celulite infecciosa. Veja como ela pode ocorrer:

2.1. Celulite infecciosa ou celulite bacteriana

A celulite infecciosa, também conhecida como celulite bacteriana, é causada pelo ataque de bactérias dos gêneros estreptococos e estafilococos. A Dra. Lilia Guadanhim, de São Paulo, afirma que, “esses micro-organismos penetram na pele a partir de uma porta de entrada, que pode ser uma ferida, úlcera, bolha ou até uma micose nos pés, causando dor, irritação, ardência local e até a infecção do organismo”, esclareceu.

2.2. Celulite facial

O mesmo acontece com a celulite facial - uma infecção causada por bactérias que atingem as camadas mais profundas da pele (derme e hipoderme) de qualquer região do corpo, apesar do nome, sendo mais frequente nas pernas, braços e face. A Dra. Flávia Ravelli, de São Paulo, explica que “o local afetado pode ficar inchado, vermelho e quente, pode haver, ainda, febre e mal-estar. Geralmente, a doença surge após traumas ou feridas locais”, disse.

3. Sintomas da celulite

Por existirem vários graus de celulite, o problema pode ser classificado através de vários sintomas, dependendo do seu quadro.

Nos casos mais simples, podemos perceber os seguintes sinais:

- Depressões ao pinçar a pele com os dedos ou quando os músculos se contraem.
- Aspecto acolchoado.
- Nodulações sempre visíveis.

Já nos graus avançados, é possível notar:

- Dor.
- Sensibilidade.
- Região mais fria.
- Pele com aspecto irregular.

4. Causas da Celulite

4.1. Hereditariedade: se alguém da sua família tiver celulite, como a sua mãe ou sua tia, você tem grandes chances de desenvolver o problema também.

4.2. Problemas circulatórios: quando o sangue não flui bem, a drenagem das toxinas fica prejudicada e isso deixa o líquido que fica entre as células mais viscoso, causando, assim, a celulite.

4.3. Alterações hormonais: níveis de estrogênio (hormônio feminino) muito altos provocam disfunções no metabolismo que podem criar ou agravar a celulite.

4.4. Pílula anticoncepcional: o comprimido também pode desencadear o problema, pois adiciona mais uma dose extra de hormônios no seu organismo.

4.5. Má alimentação: a ingestão em excesso de açúcares e carboidratos pode causar inflamação no tecido celular e causar a celulite.

4.6. Falta de exercícios físicos: o sedentarismo também contribui para o excesso de toxinas no organismo que causam o aparecimento dos furinhos no corpo.

5. Como prevenir a celulite?


5.1. Adotar uma alimentação saudável

Aposte em alimentos termogênicos e diuréticos que aumentam a queima de calorias e eliminam as toxinas do organismo, como a aveia, banana, alho, salsa e avelã, que são ricos em silício e ajudam na produção do colágeno

5.2. Evitar o consumo de açúcar

Alimentos com alto nível de açúcar aumentam a retenção de líquido no organismo, e ainda geram enrijecimento do colágeno, aumentando o inchaço e a celulite.

5.3. Praticar exercícios físicos

A perda de peso e redução de calorias são fundamentais para prevenir e melhorar as lesões.

5.4. Não usar roupas muito apertadas

Elas afetam na circulação sanguínea e podem piorar o aspecto da celulite, pois costumam causar inchaço.

5.5. Parar de fumar

O cigarro afeta a qualidade do sangue que chega até a pele, afetando a elasticidade e facilitando assim o surgimento da celulite.

6. Como tratar a celulite?


Segundo a médica, uma pessoa que tem celulite e quer melhorar a aparência dos furinhos precisa mudar completamente o estilo de vida. “Em primeiro lugar, é importante fazer uma atividade física, ter boas noites de sono, adotar uma alimentação saudável, beber bastante água, evitar açúcar, café, bebida alcoólica e apostar mais em legumes, frutas e verduras”. Já a parte hormonal deve ser verificada por um médico especialista. Além disso, vale investir em alguns tratamentos, listados abaixo.

6.1. Como eliminar celulite?

Intradermoterapia: é a aplicação de medicamentos, também conhecidos como enzimas, via injeção na pele. Para tratar a celulite, são usados ativos que melhoram a circulação da pele e anti-inflamatórios.

Ultrassom: chamado de lipocavitação, esse procedimento age quebrando as células de gordura e melhorando a oxigenação da pele acometida.

Drenagem linfática: a massagem coopera para que seu sistema linfático trabalhe melhor, filtrando o excesso de líquido e de toxinas que ficam nos tecidos. Assim, é possível diminuir o inchaço e melhorar a circulação, reduzindo celulite, gordura localizada e flacidez.

Radiofrequência: é um tratamento a laser mais indicados pelos dermatologistas que melhora a flacidez da pele e a circulação de sangue no local.

6.2. Carboxiterapia é seguro?

A carboxiterapia é uma técnica que consiste na entrada de gás carbônico na pele por meio de agulhas, provocando uma vasodilatação e melhorando a circulação sanguínea. Embora o procedimento seja muito procurado para tratar casos de estrias e celulite severos, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) não considera seguro. Isso porque não possui nenhuma comprovação de segurança ou eficácia e é considerada apenas como um procedimento experimental.

7. Mitos e verdades sobre celulite

7.1 Somente mulheres podem desenvolver celulite.

Mito! Embora seja mais comum em mulheres, a celulite também pode ser observada em homens. Quando há alteração na produção de hormônios no corpo do homem e alimentação rica em gorduras é possível notar a presença de celulite.

7.2 Refrigerante aumenta a celulite.

Verdade! O refrigerante é uma bebida com muito açúcar e quando consumimos esse ingrediente em excesso, ele pode promover no organismo um processo de glicação. Assim, a pele se torna mais flácida, levando à celulite.

7.3 Usar calças apertadas favorece o aparecimento de celulite.


Verdade! De acordo com o Journal of Neurology, o uso de calças jeans apertadas, além de causar problemas graves nos músculos e nervos nas pernas, pode propiciar estrias e celulite. Isso impede a eliminação do excesso de toxinas no corpo.

7.4 Apenas pessoas acima do peso têm celulite.

Mito! O excesso de peso não é o único motivo do surgimento da celulite. Pessoas com o peso adequado podem desenvolver o quadro por conta de má alimentação, hereditariedade, sedentarismo, tabagismo ou desproporção entre células de gordura e massa muscular.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 05 de Junho de 2018
Modificada em: 07 de Junho de 2022

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Poluição, radiação solar... veja quais fatores podem prejudicar o microbioma da pele e sua saúde!

Poluição, radiação solar... veja quais fatores podem prejudicar o microbioma da pele e sua saúde!

Corpo

Protetor solar corpo e rosto: existem produtos que protegem essas duas partes do corpo?

Protetor solar corpo e rosto: existem produtos que protegem essas duas partes do corpo?

Corpo

Porque continuar usando protetor solar para o rosto e no corpo durante o outono?

Porque continuar usando protetor solar para o rosto e no corpo durante o outono?

Corpo

Pele descascando: saiba como a hidratação pode evitar esse problema

Pele descascando: saiba como a hidratação pode evitar esse problema

Corpo

Quais áreas do corpo também precisam de protetor solar mas são esquecidas pela maioria das pessoas?

Quais áreas do corpo também precisam de protetor solar mas são esquecidas pela maioria das pessoas?

Corpo

Ácido hialurônico para a pele do corpo: qual é a importância desse ativo nos cremes hidratantes?

Ácido hialurônico para a pele do corpo: qual é a importância desse ativo nos cremes hidratantes?

Corpo

Últimas Matérias

Qual a melhor vitamina C para pele? Tudo o que o produto precisa ter para transformar sua rotina de skincare Ácido hialurônico: benefícios da substância para todos os tipos de pele Niacinamida pode usar de dia? O melhor momento para incluir esse produto na rotina de skincare Pele oleosa: como cuidar? Quais erros na rotina de skincare podem piorar a oleosidade da pele? Qual é o melhor creme para rugas? Tudo o que o produto precisa ter para combater o envelhecimento da pele Sensibilidade no couro cabeludo: o que pode causar? Veja como tratar esse problema
Ver mais

escolha a loja de sua preferência