Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Como cuidar da pele durante o tratamento de câncer de mama: dicas de produtos e rotina de skincare

Saiba como cuidar da pele durante o tratamento contra o câncer de mama / Foto: Pexels
Saiba como cuidar da pele durante o tratamento contra o câncer de mama / Foto: Pexels

Redação por Livia Dambrosio

Após fazer uma bateria de exames, veio o diagnóstico: câncer de mama. Receber essa notícia é, de fato, um choque. Nesse momento, você é tomada por um turbilhão de emoções e, logo após a descoberta, é importante começar todo o tratamento o mais rápido possível - que envolve radioterapia, quimio e a mastectomia. Assim, começa a batalha contra o câncer!

É necessário entender que ao longo dessa trajetória, todo o seu organismo acaba sendo afetado pela terapia. Por isso, é tão importante cuidar de cada detalhe do seu corpo, inclusive da pele. Além de deixar a região mais saudável e evitar problemas durante o tratamento, manter uma rotina de skincare específica ajuda a melhorar a qualidade de vida e pode contribuir para levantar a sua autoestima.

Para te ajudar nesse momento, o DermaClub conversou com o oncologista Felipe Ades que explicou como a pele é afetada pelo tratamento e como o cuidado com a pele pode ser um forte aliado na luta contra o câncer de mama. Veja só!

Por que a pele é afetada pelo tratamento do câncer de mama?

Durante o tratamento do câncer de mama, a pele pode ser afetada de diversas maneiras por conta dos remédios usados para realizar a quimioterapia. “Sabemos que esses medicamentos matam as células cancerígenas que crescem rapidamente, o que acaba tornando a pele mais frágil. Dependendo do tratamento, as unhas também podem mudar de pigmentação ou ficar com um aspecto quebradiço, como é o exemplo da quimioterapia vermelha e da branca”, esclareceu o oncologista.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Os remédios também deixam a pele fotossensibilizada. “Se a paciente ficar muito tempo exposta ao sol sem protetor solar, é possível que tenha mais chances de desenvolver uma queimadura”. Além da químio, o Dr. Felipe ressalta que a radioterapia é outro procedimento capaz de causar efeitos adversos: “Por ser um tratamento local que emite a radiação na mama que foi operada, acaba gerando vermelhidão e manchas”.

É normal ter efeitos adversos na pele durante o tratamento do câncer de mama?

O tratamento do câncer, seja ele qual for, pode apresentar efeitos adversos na pele do paciente, que vão desde o ressecamento, coceira, vermelhidão e espessamento da pele em algumas regiões. De certa forma, são sintomas comuns dos medicamentos que o organismo recebe, mas que podem ser controlados quando a paciente é acompanhada por um especialista no assunto, como explica o oncologista:

“Obviamente a pele sente os efeitos dos remédios, mas se mantiver os cuidados, como a hidratação, aplicar o protetor solar e tiver um dermatologista para acompanhar o tratamento, as chances de ter algum problema agravante é muito pequena”.

O uso de dermocosméticos pode atrapalhar o tratamento da radioterapia?

Não exatamente. Se a pele tiver vestígios de creme durante a radioterapia, isso pode ajudar a causar algum dano à região tratada, como uma queimadura. Para evitar que o seu corpo não sofra tanto com as sessões, é importante que a pele esteja limpa, sem nenhum tipo de produto ao realizar a radioterapia. Por outro lado, é fundamental que, nos dias anteriores e seguintes do procedimento, a pele esteja muito bem hidratada e fortalecida para receber esse tipo de tratamento.

Produtos relacionados

*Os dermatologistas especialistas e oncologistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 19 de Novembro de 2020
Modificada em: 19 de Novembro de 2020

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dia do médico: conheça a origem dessa data e a importância desses profissionais para o sistema de saúde

Dia do médico: conheça a origem dessa data e a importância desses profissionais para o sistema de saúde

Saúde

O tratamento oncológico e as consequências na pele

O tratamento oncológico e as consequências na pele

Saúde

Como proteger a pele durante a quimioterapia

Como proteger a pele durante a quimioterapia

Saúde

Saiba porque o cuidado com a pele durante o tratamento oncológico pode ser vital

Saiba porque o cuidado com a pele durante o tratamento oncológico pode ser vital

Saúde

5 dicas indispensáveis para cuidar da pele durante a jornada do tratamento contra o câncer

5 dicas indispensáveis para cuidar da pele durante a jornada do tratamento contra o câncer

Saúde

La Roche-Posay e Merck - Uma parceria de sucesso no cuidado com o paciente oncológico

La Roche-Posay e Merck - Uma parceria de sucesso no cuidado com o paciente oncológico

Saúde

Últimas Matérias

Ampola de vidro em dermocosméticos: quais os benefícios? Como funciona? Como descartar corretamente? Como usar ácidos na pele: 5 mandamentos fundamentais para incluir esse tratamento na rotina de skincare Creme para olhos: 9 ativos super poderosos para tratar olheiras, rugas e ressecamento na região Resenha: testamos o sérum anti-idade Salicyli C10, de La Roche-Posay Rotina de skincare para pele mista: 4 opções de produtos para espinhas, cravos, oleosidade e pele ressecada Mancha avermelhada na pele do couro cabeludo: o que é? Conheça as causas e tratamentos para esse problema
Ver mais