Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Como usar a FOREO corretamente? Dermatologista dá o passo a passo de como usar essa escova de limpeza facial

Saiba como usar corretamente a sua escovinha de limpeza facial FOREO / Foto: Instagram, @foreo / @sarahallegra
Saiba como usar corretamente a sua escovinha de limpeza facial FOREO / Foto: Instagram, @foreo / @sarahallegra

Entrevista com Dra. Betina Stefanello, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Se você se interessa por skincare, com certeza já ouviu falar na FOREO! Muito mais que uma tendência, essas escovas de limpeza facial estão dando o que falar por aí. Além de tornar a rotina muito mais interessante, essa ferramenta é capaz de trazer uma série de benefícios para à pele graças aos seus movimentos e pulsações. Mas qual é a forma correta de usar uma escova como a FOREO? O DermaClub esclareceu a dúvida com a dermatologista Betina Stefanello, que contou o passo a passo para incluir o acessório na sua rotina de skincare. Veja só!

Conheça os benefícios da FOREO e outras escovas faciais

A Drª Betina explica que a escova proporciona uma porção de vantagens à sua limpeza da pele. “Ela serve para limpar o rosto de forma suave e profunda, esfoliando a região, desobstruindo os poros e removendo todas as células mortas, resíduos de poluição e maquiagem, além de melhorar a circulação da área”, explicou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Passo a passo: como usar a FOREO corretamente

1º passo) Molhe o rosto com água corrente na temperatura fria ou morna;

2º passo) Você pode utilizar o sabonete facial diretamente na escova ou aplicar no rosto, como preferir;

3º passo) Aplique a escova sobre a pele, fazendo movimentos circulares para não agredir o rosto, sempre na direção de baixo para cima, principalmente nas áreas mais oleosas e com predisposição a cravos, normalmente na conhecida “zona T”, evitando as regiões mais sensíveis, como bochechas.

“Esse processo deve ser rápido, pois a ideia é misturar rapidez e eficácia na hora da limpeza, então pode durar em média 1 minuto”, ressaltou.

5º passo) Depois de usar a FOREO, enxague o rosto com água fria ou morna.

6º passo) Limpe bem a escova com um sabonete neutro para não acumular bactérias.

Podemos usar a escova todos os dias?

De acordo com a médica, assim como um bom esfoliante, a limpeza profunda precisa ser feita com um certo limite. “Existe uma quantidade saudável de oleosidade na pele que ajuda a controlar a hidratação e manter a região protegida. Fazer esse ritual em excesso e com muita força pode causar um desequilíbrio e microtraumas nessa barreira”, esclareceu. Sendo assim, o uso dessas escovas deve ser limitado de duas a três vezes na semana, no máximo, para evitar maiores problemas.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 11 de Outubro de 2019
Modificada em: 04 de Dezembro de 2019

Dra. Betina Stefanello

Palavra do Dermatologista

Dra. Betina Stefanello

CRM: 52-913715

Médica graduada pela Universidade Federal De Santa Catarina, pós-graduação em dermatologia pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay Da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Título de especialista de dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD. Internship in Skin Cancer in Santa Maria Nuova Reggio Emilia e dermatology in Hôpital L’arche in Nice. Chefe do setor de Cosmiatria do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay. Sócia da Clínica de Dermatologia Les Peaux no Rio de Janeiro. Autora de diversos artigos e capítulos de livro na área de Cosmiatria.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Alergia, micose ou dermatite atópica: saiba como diferenciar cada uma dessas doenças de pele

Alergia, micose ou dermatite atópica: saiba como diferenciar cada uma dessas doenças de pele

Dermatologista

Ácido para tirar manchas do rosto: saiba como funcionam os AHAs para conquistar uma pele uniforme

Ácido para tirar manchas do rosto: saiba como funcionam os AHAs para conquistar uma pele uniforme

Dermatologista

"Mascne": máscara de proteção pode causar espinhas? Dermatologista explica como tratar e prevenir essas lesões

"Mascne": máscara de proteção pode causar espinhas? Dermatologista explica como tratar e prevenir essas lesões

Dermatologista

A minha pele está sensível? Coceira, descamação, irritação na pele: 5 sinais de sensibilidade + como tratar

A minha pele está sensível? Coceira, descamação, irritação na pele: 5 sinais de sensibilidade + como tratar

Dermatologista

Jato de plasma: benefícios + como cuidar da pele após o procedimento que trata acne, manchas e rugas

Jato de plasma: benefícios + como cuidar da pele após o procedimento que trata acne, manchas e rugas

Dermatologista

Como tirar manchas do rosto: dermatologista indica 10 ativos que realmente funcionam

Como tirar manchas do rosto: dermatologista indica 10 ativos que realmente funcionam

Dermatologista

Últimas Matérias

Cicatriz hipertrófica de acne no rosto: dermatologista lista 6 tratamentos para as marcas de espinhas Eczema, dermatite atópica, psoríase: entenda as diferenças entre cada doença de pele Como reduzir rugas e diminuir a flacidez do rosto sem botox: 7 dicas de produtos e procedimentos 5 dúvidas sobre pele com rosácea: pode fazer peeling? Limpeza de pele? Saiba mais sobre as manchas vermelhas Dia do médico: conheça a origem dessa data e a importância desses profissionais para o sistema de saúde Preenchimento de olheiras profundas com ácido hialurônico: 6 dúvidas sobre o procedimento
Ver mais