Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

O ácido tranexâmico é ótimo para o tratamento de melasma. Veja como funciona!
O ácido tranexâmico é ótimo para o tratamento de melasma. Veja como funciona!

Entrevista com Dra. Tatiane Curi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Com certeza você já ouviu falar sobre melasma, certo? Caracterizado como um distúrbio de pigmentação da pele, o quadro resulta em manchas amarronzadas e escuras no rosto e em algumas partes do corpo, como braços, pescoço e colo, que, embora não tenham uma causa definida, podem ser causadas pela exposição solar, estresse e alterações hormonais durante a gravidez ou uso prolongado de pílula anticoncepcional. A boa notícia é que, embora não exista cura para o melasma, é possível amenizar essas marcas com ativos específicos, como o uso do ácido tranexâmico. Para entender como incluí-lo na sua rotina de skincare, o DermaClub conversou com a dermatologista Tatiane Curi que revelou tudo sobre o assunto. Dá só uma olhada!

Ácido tranexâmico: o que é?

Embora seja popularmente conhecido como uma medicação utilizada em centros cirúrgicos, diversas pesquisas apontam que o ácido tranexâmico pode ser um grande aliado no tratamento de melasma. De acordo com a Drª Tatiane, o motivo por trás dessa eficácia é bem simples. “O ácido tranexâmico é um antifibrinolítico, ou seja, mantém o processo de coagulação ativo, inibindo o sangramento. Além disso, ele também é utilizado no tratamento de hipercromias devido à sua ação inibidora da síntese de melanina”, explica. Ao vetar esse processo, auxilia no tratamento de manchas na pele, especialmente as de melasma.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Como funciona o ácido tranexâmico para melasma?

Depois de descobrir os benefícios do ácido tranexâmico para melasma, você deve estar se perguntando como esse ativo é capaz de ajudar no tratamento de manchas na pele, certo? Acontece que, diferente dos outros corretores de tonalidade usados na rotina de skincare, como a vitamina C, o ácido tranexâmico atua inibindo a conversão do plasminogênio em plasmina, que é a substância liberada sempre que a nossa pele sofre uma agressão, como a exposição solar e a inflamação da acne. “Essa plasmina estimula fatores inflamatórios que vão consequentemente aumentar a produção de melanina na pele. O ácido tranexâmico, por sua vez, ao inibir a plasmina, bloqueia também a produção de melanina e, assim, impede a formação do melasma”, revela a dermatologista. Por isso, se você deseja amenizar ou impedir o surgimento dessas marcas escuras, pode investir no ativo sem medo.

Como usar o ácido tranexâmico para tratamento de melasma?

Tendo em vista que o melasma pode ser causado por diferentes fatores, o primeiro passo para incluir o ácido tranexâmico na sua rotina de skincare é avaliar a causa e a aparência das manchas. Dessa forma, o dermatologista conseguirá prescrever o uso de maneira mais adequada. “O uso do ácido tranexâmico em uma skincare, tanto de dia quanto à noite, deve ser feito de acordo com a orientação do médico responsável”, afirma a Drª Tatiane.

Produtos relacionados

Além disso, também é possível utilizar o ácido tranexâmico para melasma de maneira oral ou injetável. “O ativo pode ser usado em consultório médico sob forma de medicamento injetável ou por drug delivery - aplicado na mancha ou através de pertuitos que facilitam a permeação da medicação na pele”, finaliza.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 11 de Agosto de 2021
Modificada em: 11 de Agosto de 2021

Dra. Tatiane Curi

Palavra do Dermatologista

Dra. Tatiane Curi

CRM: 108107

Medica, Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Especializada em Cosmiatria pela Universidade de Santo Amaro, com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associacao medica Brasileira. Também é sócia efetiva da sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatologia. Além disso, é medica do corpo clinico do Hospital Sírio Libanes - SP.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Manchas nas costas podem ser melasma? Dermatologista indica o melhor tratamento para as marcas

Manchas nas costas podem ser melasma? Dermatologista indica o melhor tratamento para as marcas

Manchas na pele

Manchas vermelhas no corpo que coçam e se espalham: o que pode ser? Alergia, psoríase ou dermatite atópica?

Manchas vermelhas no corpo que coçam e se espalham: o que pode ser? Alergia, psoríase ou dermatite atópica?

Manchas na pele

Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne

Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne

Manchas na pele

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Manchas na pele

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Manchas na pele

Qual é o melhor retinol? Como escolher o produto ideal para a pele com manchas, rugas e linhas de expressão

Qual é o melhor retinol? Como escolher o produto ideal para a pele com manchas, rugas e linhas de expressão

Manchas na pele

Últimas Matérias

Hidratante para pele com espinhas? Saiba porque a pele ressecada pode aumentar a oleosidade e a acne É possível fechar os poros abertos? Que cuidados com a pele oleosa devem ser adotados? Manchas, envelhecimento, câncer de pele: por que você não deve descuidar da proteção solar mesmo no inverno! Linhas de expressão na testa: veja como é possível amenizar esses sinais da pele! Resenha H.A. Filler: veja como o sérum anti-idade de Vichy ajuda a evitar rugas e linhas de expressão Rotina de skincare com Effaclar: saiba como incluir o sabonete para pele oleosa no ritual diurno e noturno
Ver mais

escolha a loja de sua preferência