Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Como usar ácidos na pele: 5 mandamentos fundamentais para incluir esse tratamento na rotina de skincare

Entenda como usar vários ácidos na pele e quais as particularidades de cada um / Foto: Getty Images
Entenda como usar vários ácidos na pele e quais as particularidades de cada um / Foto: Getty Images

Entrevista com Dra. Lilia Guadanhim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Muito além dos procedimentos estéticos, como o próprio peeling, os ácidos também podem ser usados na rotina caseira de skincare. Dependendo do seu tipo, essas substâncias são perfeitas para ajudar no tratamento de manchas de pele, como o melasma, cicatrizes de acne e até mesmo para amenizar linhas de expressão e rugas. Mas quais são as regras para incluir esse cuidado no seu dia a dia? O DermaClub entrevistou a dermatologista Lilia Guadanhim, que revelou as 5 principais. Veja só!

1- Escolha o produto certo para tratar suas necessidades

Os ácidos promovem muitos benefícios à pele - desde melhorar a textura até tratar as rugas mais profundas. Se você quer descobrir o melhor ácido para o seu caso, é importante conhecer os principais tipos. A Drª Lilia apresentou alguns:

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Tretinoína (ácido retinóico na sua forma pura): excelente anti-idade, ótimo para textura, estimula a produção de colágeno, melhorar linhas finas e manchas superficiais.

Retinol: derivado do ácido retinóico, traz os benefícios da tretinoína com um potencial de irritação muito menor.

Ácido glicólico: promove renovação celular, melhora de textura, manchas superficiais e linhas finas, também é interessante para pele com tendência à acne, principalmente comedões (cravos).

Ácido azelaico: ótima opção para tratamento de acne, em especial em mulheres adultas, também promove o clareamento da pele.

Ácido hialurônico: ativo não irritante, que tem papel importante na hidratação da pele, na melhora de linhas finas e da densidade e firmeza da pele.

A dermatologista alerta: “Os tratamentos com ácidos são ótimos, mas não devem ser feitos sem a orientação de um médico dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Só um especialista é capaz de definir qual ácido é melhor para a sua pele”.

2- Alterne os dias de uso até a sua pele se acostumar

Essa é uma ótima alternativa para melhorar a tolerância da pele aos ácidos. Apesar de serem excelentes para o tratamento da pele, muitas vezes os ácidos podem causar irritação, descamação, vermelhidão e sensibilidade. Por isso, a dermatologista indica: “ No início, o uso deve ser feito em dias alternados (ou até com frequência menor em alguns casos)”. Se tiver irritação, suspenda o uso temporariamente da substância e entre em contato com seu dermatologista!

3- Se sua pele for sensível, use ácidos com muito cuidado!

Há quem diga que a pele sensível não pode fazer uso de ácidos, mas não é bem assim. A especialista conta que a substância também é indicada para quem tem a região reativa, mas, nesses casos, o cuidado deve ser redobrado!

“Em momentos em que a pele está sensibilizada, é melhor iniciar com estratégias para reparar a barreira cutânea para depois partir para o uso de ácidos. Os ácidos podem, sim, ser usados sob orientação médica, e vale a pena escolher produtos com potencial de irritação menor e com textura mais hidratante”, indicou.

4- Use um hidratante após aplicar o ácido

Os hidratantes reparam a barreira da pele e melhoram muito a tolerância dos próximos passos da rotina de skincare, como o uso de ácidos. Sendo assim, após aplicar o tratamento e esse ser totalmente absorvido, passe um hidratante específico para a sua pele - deste modo, o rosto não vai sofrer tanto com a sensibilidade e irritações.

5- Não use ácidos de dia sem protetor solar

Os ácidos podem deixar a pele mais sensível e a exposição ao sol sem a proteção adequada pode levar ao surgimento de manchas. Deste modo, a Drª Lilia explica: “O uso de ácidos é permitido no verão, desde que sua pele não esteja sensível e que ela fique bem protegida do sol”.

Produtos relacionados

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 16 de Novembro de 2020
Modificada em: 16 de Novembro de 2020

Dra. Lilia Guadanhim

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilia Guadanhim

CRM: 133850

Formação em Medicina, Residência Médica em Dermatologia e Especialização em Cosmiatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo. Possui título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da International Dermoscopy Society. Tem especializações em Cosmiatria - Toxina Botulínica e Preenchimento na França e Dermatoscopia - Oncologia Cutânea na Itália. É médica colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Dermatologista

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Dermatologista

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Dermatologista

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Ácidos

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Dermatologista

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais