Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Cuidados com a pele dos 20 aos 30 anos: saiba qual a rotina anti-idade ideal para mulheres jovens

Saiba qual a melhor rotina de beleza anti-idade para mulheres jovens
Saiba qual a melhor rotina de beleza anti-idade para mulheres jovens

Entrevista com Dra. Lilia Guadanhim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Rugas, linhas de expressão, flacidez… Estes são alguns dos sinais do envelhecimento precoce da pele, que costumam aparecer entre os 20 e os 30 anos. Embora seja essencial investir em um tratamento anti-rugas nesta fase da vida, muitas mulheres ainda têm dúvidas sobre como adotar o hábito, já que, nesta idade, a pele ainda pode ser oleosa e propensa à acne. Para esclarecer a melhor rotina a adotar, a dermatologista Lilia Guadanhim, de São Paulo, contou ao DermaClub o passo a passo do ritual. Confira!

Quais são as características mais comuns na pele da mulher jovem?

A particularidade mais marcante na pele da mulher jovem é o excesso de oleosidade com surgimento de cravos e espinhas. “Classicamente, a oleosidade excessiva na adolescência tem uma distribuição na ‘zona T’, acometendo a testa, o nariz e o queixo, além de serem áreas com maior incidência de lesões da acne. Já na fase adulta a distribuição mais característica é na ‘zona U’, acometendo a região inferior do rosto”, explicou a médica.

Assim, o cuidado anti-idade escolhido não só não deve ter uma base muito oleosa como deve ajudar a regular a oleosidade natural da pele, e ainda a diminuir manchas cicatrizes de acne, ao mesmo tempo que estimula a produção de colágeno e minimiza rugas.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

3 passos essenciais na rotina anti-idade da mulher jovem

De acordo com a Dra. Lilia, existe uma tríade muito importante que deve ser aplicada na rotina de cuidados com a pele:

1- Ácidos: o uso de ácidos como: ácido retinóico - estimula a produção de colágeno e a renovação da pele -, ácido salicílico - regula a oleosidade e melhora as linhas finas e manchas mais superficiais -, ácido glicólico - excelente em estimular a renovação e o clareamento da pele -, e o ácido dióico que reduz a oleosidade e ajuda a clarear as manchas. O uso de ácidos pode ajudar a manter a pele jovem, ajudar a reduzir a oleosidade em excesso e proporcionar uma tonalidade uniforme e radiante. Outro ácido também muito utilizado na dermatologia é o ácido hialurônico, ele atua na sustentação e preenchimento da pele, além de ter um potente efeito hidratante.

2- Antioxidantes: a vitamina C, Vitamina E, resveratrol, arroz roxo e o ácido ferúlico são alguns deles. Os antioxidantes são essenciais para manter a pele protegida e saudável. Combatem os danos causados pelos agressores ambientais do dia-a-dia, impedindo o dano a pele e, ainda, podem promover outros benefícios, um exemplo é a Vitamina C que além de ser um antioxidante muito prescrito pelos dermatologistas ainda ajuda no clareamento e na luminosidade da pele, mantendo-a com visual jovem e saudável. Os antioxidantes devem ser usados preferencialmente pela manhã, antes do filtro solar.

3- Filtro solar: o produto precisa ter FPS 30, no mínimo, proteção contra UVA e UVB e, se possível cor. Ele é importantíssimo na proteção da pele e contribui para o resultado dos cuidados anti-idade, sendo capaz de prevenir o envelhecimento precoce. Deve ser usado diariamente, mesmo em dias nublados, de frio ou chuva!

Confira outros cuidados que previnem o envelhecimento precoce da pele jovem

Além dos cuidados diários com a beleza, através de tratamentos e o uso de dermocosméticos, existem outras ações que podem prevenir os primeiros sinais da idade. Por exemplo, a má alimentação, a não remoção da maquiagem e o tabagismo devem ser evitados a fim de prevenir alterações na pele. Portanto, lembre-se sempre:

- Adote uma dieta balanceada, colorida e rica em antioxidantes, que ajudam a prevenir o envelhecimento.

- O uso de maquiagem não é prejudicial, mas é necessário limpar a pele antes de dormir.

- O tabagismo aumenta a produção de radicais livres e acelera muito o surgimento de manchas e rugas.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 29 de Maio de 2018
Modificada em: 07 de Maio de 2019

Dra. Lilia Guadanhim

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilia Guadanhim

CRM: 133850

Formação em Medicina, Residência Médica em Dermatologia e Especialização em Cosmiatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo. Possui título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da International Dermoscopy Society. Tem especializações em Cosmiatria - Toxina Botulínica e Preenchimento na França e Dermatoscopia - Oncologia Cutânea na Itália. É médica colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Rotina de pele oleosa para clarear manchas de acne: passo a passo para uniformizar o tom da pele

Rotina de pele oleosa para clarear manchas de acne: passo a passo para uniformizar o tom da pele

Manchas na pele

Queimadura solar pode se tornar uma mancha? Dermatologista esclarece o assunto

Queimadura solar pode se tornar uma mancha? Dermatologista esclarece o assunto

Manchas na pele

Manchas roxas na pele: o que podem ser? Dermatologista esclarece as possíveis causas do problema

Manchas roxas na pele: o que podem ser? Dermatologista esclarece as possíveis causas do problema

Manchas na pele

3 produtos que não devem ser usados no sol: como evitar manchas e queimaduras na pele no verão

3 produtos que não devem ser usados no sol: como evitar manchas e queimaduras na pele no verão

Manchas na pele

O peeling químico queimou a minha pele: o que fazer? Como tratar a queimadura e amenizar a mancha escura

O peeling químico queimou a minha pele: o que fazer? Como tratar a queimadura e amenizar a mancha escura

Manchas na pele

Vitamina C ou óleo de rosa mosqueta: qual é o mais indicado para minimizar manchas da pele?

Vitamina C ou óleo de rosa mosqueta: qual é o mais indicado para minimizar manchas da pele?

Manchas na pele

Últimas Matérias

Mancha branca na pele: o que pode ser? Dermatologista lista as causas da descoloração Skincare: o que é? Dermatologista conta como montar uma rotina corretamente Sabonete para dermatite atópica: dermatologista explica como escolher a melhor fórmula Botox preventivo: desvende 5 mitos e verdades sobre o procedimento Peptídeos: 5 benefícios dessas moléculas na sua rotina de cuidados com a pele Microbioma da pele: o que é? Entenda o que são cuidados prebióticos, probióticos e pós-bióticos
Ver mais