Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Descubra os sinais de estresse na pele, como ele prejudica a sua saúde e dicas para prevenir seus efeitos

Descubra quais são os efeitos do estresse na pele e saiba como evitá-los / Foto: Shutterstock
Descubra quais são os efeitos do estresse na pele e saiba como evitá-los / Foto: Shutterstock

Entrevista com Dra. Gabriella Albuquerque, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Não dá pra negar: o estresse é o mal do século! Esse problema pode causar uma série de doenças que afetam todo nosso organismo, como ansiedade, depressão, complicações cardiovasculares e até mesmo a nossa pele. Pode parecer uma grande surpresa para muitos, mas a pele é bastante afetada por estas reações fisiológicas, que podem acarretar diversos problemas, como surto de acne, sensibilidade e o ressecamento. Entrevistamos a dermatologista Gabriella Albuquerque que explicou como combater e prevenir os efeitos do estresse na pele.

Da acne ao envelhecimento: saiba como o estresse age na pele

De acordo com a Drª Gabriella, os radicais livres são os grandes vilões de todo o processo. “O estresse acelera a produção de radicais livres que irão neutralizar as proteínas, como o colágeno, e agilizar o processo de envelhecimento. Além disso, pode piorar doenças cutâneas que sabidamente estão relacionadas a estresse emocional como a acne, a psoríase, o vitiligo, dermatite seborreica, reações alérgicas e reações da pele relacionadas ao fotossensibilidade, como rosácea e lúpus” explicou a médica.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Conheça os maiores efeitos do estresse na pele:

- Espinhas;
- Perda de viço;
- Amarelamento do rosto;
- Remodelamento da gordura, aumentando a circunferência da barriga e do pescoço;
- Queda de cabelo;
- Enfraquecimento das unhas.

Como prevenir os efeitos do estresse na pele?

A Drª Gabriella indica desde uma educação alimentar até o uso de dermocosméticos: “O consumo de fibras na dieta e a restrição de carboidratos e açúcares podem reduzir os radicais livres. Além disso, o uso de antioxidantes com textura sérum aplicados diretamente na pele e contendo vitamina C, E e ácido Ferúlico também são eficazes”.

Produtos relacionados

Estresse x sensibilidade: hidratação já!

estresse ainda pode promover sensibilidade, o que não quer dizer que toda pele sensível é causada pelo sintoma. Independente do motivo, esse tipo de pele precisa de hidratação, por mais que tenha áreas oleosas. É como um muro dilapidado, faltando tijolos. Assim, as partes podem ser recompostas com substâncias hidratantes, como as que possuem na água termal.

Ela pode ser usada em diversas situações, como na remoção da maquiagem e higienização da pele, além de ser ideal para todos os tipos de pele. Para rostos sensíveis ainda é mais interessante, já que, desde de 1800, o termalismo vem mostrando suas propriedades calmantes e anti-inflamatórias.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 26 de Agosto de 2015
Modificada em: 08 de Abril de 2020

Dra. Gabriella Albuquerque

Palavra do Dermatologista

Dra. Gabriella Albuquerque

CRM: 52.71503-4

A Dra. Gabriella Albuquerque, do Rio de Janeiro, é membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Ao longo de sua carreira, a Dra. Gabriella tem capítulos de livros publicados, artigos em revistas dermatológicas e ministra aulas em diversos congressos, cursos e workshops para outros dermatologistas.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Acne neonatal: o que é? Quais são as causas? Como tratar as espinhas no bebê

Acne neonatal: o que é? Quais são as causas? Como tratar as espinhas no bebê

Tratamento de pele

Psoríase leve, moderada, grave: conheça os graus da doença de pele e como tratar as manchas vermelhas no corpo

Psoríase leve, moderada, grave: conheça os graus da doença de pele e como tratar as manchas vermelhas no corpo

Doenças de pele

Como diminuir manchas de espinhas: 5 dicas de tratamentos e produtos

Como diminuir manchas de espinhas: 5 dicas de tratamentos e produtos

Tratamento de pele

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Tratamento de pele

Quanto tempo demora para sair uma espinha interna? Como tratar a acne sem causar manchas na pele

Quanto tempo demora para sair uma espinha interna? Como tratar a acne sem causar manchas na pele

Tratamento de pele

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Tratamento de pele

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais