Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Desodorantes antitranspirantes fazem mal? Deixam a pele das axilas sensível? Entenda!

Descubra se esse produto pode fazer algum mal à sua pele
Descubra se esse produto pode fazer algum mal à sua pele

Entrevista com Dra. Carolina Reato Marçon, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Na rotina de cuidados com a pele, o desodorante é um item de higiene essencial. Além de combaterem o mau odor, muitos têm ação antitranspirante, controlando a produção de suor. No entanto, existe a ideia de que este tipo de produto faz mal à saúde: enquanto uns defendem que eles podem causar câncer, outros acreditam que ele pode provocar sensibilidade nas axilas. Para entender um pouco mais sobre o assunto, o DermaClub entrevistou a dermatologista Carolina Marçon, de São Paulo. Entenda!

Desodorantes antitranspirantes tradicionais atuam na inibição da transpiração

Segundo a dermatologista, a transpiração é composta por dois fatores: o suor e o mau-cheiro. “Na sudorese, que é a transpiração, temos a hiperidrose, ou seja, o excesso de suor, e a participação das bactérias, que fazem uma metabolização desse suor causando o mau odor, chamado de bromidrose”, explicou a médica. Os desodorantes comuns podem atuar nessas duas frentes ou em apenas uma delas - no caso dos antitranspirantes, o que acontece é uma inibição da glândula sudorípara. “Os antitranspirantes são substâncias presentes nos desodorantes que têm essa capacidade de diminuir, ou seja, inibir a produção de suor, minimizando a sudorese”, afirmou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Alumínio é a principal substância antitranspirante presente nos desodorantes, e pode ter potencial irritativo

Para que aconteça essa inibição do suor, é necessário que existam componentes que ajam com esse intuito. Segundo a dermatologista, o principal deles é o alumínio. “O cloreto de alumínio tem esse potencial e está presente na maioria dos desodorantes antitranspirantes”, afirmou. O que acontece é que, dependendo da concentração, esse ingrediente pode causar sensibilidade na pele e até problemas como a dermatite. “Algumas pessoas não conseguem tolerar essas concentrações, criando uma irritação na pele ou uma dermatite de contato”, concluiu a médica.

A melhor alternativa são os desodorantes com ingredientes que absorvem a umidade

Para escolher o melhor desodorante, a dica é optar por fórmulas que contenham ativos que absorvam a transpiração. “Substâncias como o óxido de magnésio são uma excelente opção, uma vez que têm a capacidade de absorver a umidade da pele sem inibir a produção da glândula sudorípara. A dica, então, é procurar utilizar substâncias que sejam efetivas em concentrações adequadas, testadas dermatologicamente e tenham menor potencial irritativo”, finalizou a Dra. Carolina.

Dermatologista:

Drª. Carolina Reato Marçon // CRM: 113.379

Dra. Carolina Marçon é fez sua especialização em Clínica Médica pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e em Dermatologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Possui título de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e Associação Médica Brasileira (AMB). Especialização em Dermatoscopia e Oncologia Cutânea no Hospital AC Camargo. Membro Titular da American Academy of Dermatology (AAD). Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Coordenadora do Programa Pró-Albino - Santa Casa de Misericórdia de São Paulo/SBD.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 20 de Dezembro de 2018
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Carolina Reato Marçon

Palavra do Dermatologista

Dra. Carolina Reato Marçon

CRM: 113.379

Especialização em Clínica Médica e Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Médica Colaboradora do Setor de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Coordenadora do Programa Pró-Albino; Fellowship em Cosmiatria - Dr. Zoe Draelos, Carolina do Norte - EUA; Fellowship em Tricologia - Universidade de Bolonha, Itália - Prof. Antonella Tosti; Fellowship em Dermatoscopia e Microscopia Confocal - Universidade de Modena / Reggio Emilia, Itália; Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Academia Americana de Dermatologia e do Colégio Ibero-Latinoamericano de Dermatologia

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Dermatologista

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Dermatologista

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Dermatologista

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Dermatologista

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Dermatologista

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais