Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

É possível se livrar das espinhas de uma hora para outra? Dermatologista conta os truques para combater a acne

Veja como cuidar da pele e combater as temidas espinhas
Veja como cuidar da pele e combater as temidas espinhas

Entrevista com Dra. Lilia Guadanhim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Problema recorrente durante a puberdade, as espinhas podem aparecer em qualquer momento da vida e decorrem de vários fatores, como alteração hormonal e má alimentação. Contudo, há vários tratamentos milagrosos no mercado, que prometem a resolução da acne da noite para o dia, mas será que isso é realmente possível?

Conheça as principais causas e como prevenir o aparecimento da acne

A acne é uma doença decorrente de fatores como alterações hormonais, processos inflamatórios, má alimentação, estresse, entre outros. De acordo com a Dra. Lilia Guadanhim, dermatologista de São Paulo, é possível prevenir o quadro com atitudes simples, como melhorar a qualidade das comidas que ingerimos. “Alimentos de alto índice glicêmico, como o chocolate e leite desnatado, podem ser agravantes. Por isso, quem tem predisposição ao problema, deve evitar o consumo”, afirmou.

É possível eliminar as espinhas da noite para o dia?

O tratamento da acne, segundo a dermatologista, é um processo que inclui desde a rotina de cuidados com a pele até tratamentos específicos. Na adolescência, principalmente, os pacientes esperam soluções milagrosas, mas, no geral, as espinhas não somem tão rápido. “Alguns produtos secativos podem ser aliados no tratamento regular, já que ajudam a melhorar as lesões inflamatórias e diminuem a tentação de cutucar enquanto o composto age. Além disso, peelings químicos também têm ação de controle de oleosidade e auxiliam no controle das lesões”, esclareceu.

Confira quais são os melhores tratamentos para a acne

De acordo com a médica, a melhor opção de tratamento é individualizada e deve ser decidida em parceria com o dermatologista. Entretanto, ela apontou algumas alternativas para amenizar o quadro. “Para casos iniciais, há sabonetes, esfoliantes e cremes, que se propõem a tratar as alterações na produção do sebo, que originam a acne. Medicamentos tópicos contendo compostos como adapaleno, peróxido de benzoíla e ácido azelaico também ajudam a atenuar esse problema”, declarou.

4 dicas da especialista contra as espinhas

Para ajudar quem sofre frequentemente com as espinhas, Dra. Lilia preparou uma lista de cuidados especiais que evitam a sua reincidência:

- A acne é extremamente comum na adolescência, mas isso não quer dizer que não deve ser tratada. Quanto mais precoce o tratamento, menor o risco de sequelas;
- Não esprema e nem cutuque suas espinhas! A manipulação das lesões causa inflamação e aumenta as chances de cicatrizes ou manchas;
- Cuidado com receitas caseiras ou milagrosas. Alguns produtos podem irritar e até manchar a pele;
- Use filtro solar diariamente para evitar manchas.

Agora que você já sabe dessas dicas, que tal colocá-las em prática? Não se esqueça de consultar o seu dermatologista!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 04 de Outubro de 2016
Modificada em: 26 de Julho de 2021

Dra. Lilia Guadanhim

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilia Guadanhim

CRM: 133850

Formação em Medicina, Residência Médica em Dermatologia e Especialização em Cosmiatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo. Possui título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da International Dermoscopy Society. Tem especializações em Cosmiatria - Toxina Botulínica e Preenchimento na França e Dermatoscopia - Oncologia Cutânea na Itália. É médica colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Como acabar com as espinhas? Veja algumas opções de tratamentos para sua skincare

Como acabar com as espinhas? Veja algumas opções de tratamentos para sua skincare

Tratamento de pele

Peeling: qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Peeling: qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Tratamento de pele

Da rotina de skincare à toxina botulínica: conheça os principais tratamentos para os diferentes tipos de rugas

Da rotina de skincare à toxina botulínica: conheça os principais tratamentos para os diferentes tipos de rugas

Tratamento de pele

Rugas estáticas x rugas dinâmicas: conheça as diferenças entre elas

Rugas estáticas x rugas dinâmicas: conheça as diferenças entre elas

Tratamento de pele

Protetor solar indicado pelos dermatologistas: veja tudo o que o produto precisa ter para proteger a sua pele

Protetor solar indicado pelos dermatologistas: veja tudo o que o produto precisa ter para proteger a sua pele

Dermatologista

Tratamento com ácido hialurônico: em quanto tempo dá resultados?

Tratamento com ácido hialurônico: em quanto tempo dá resultados?

Tratamento de pele

Últimas Matérias

Vitamina C para o rosto: para que serve? 4 funções do produto para a pele Niacinamida e vitamina C podem ser usadas juntas? Descubra os benefícios desses ativos Como hidratar a pele sensível? Conheça os principais cuidados com a hidratação deste tipo de pele Qual é o melhor ácido hialurônico para a pele? Shampoo para queda de cabelo: para que serve? Como usar? Qual é o mais indicado? Sentir coceira na pele pode ser resultado da falta de hidratação?
Ver mais

escolha a loja de sua preferência