Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Estrias: causas, tratamentos... Desvende 5 mitos e verdades sobre esse problema de pele

Desvende alguns mitos e verdades sobre as estrias no corpo!
Desvende alguns mitos e verdades sobre as estrias no corpo!

Redação por Livia Dambrosio

Produtos relacionados

Muitas pessoas se incomodam com o surgimento de estrias - aquelas linhas de cor vermelha ou esbranquiçada, causadas pela ruptura das fibras de colágeno na pele. Essas marcas podem aparecer em vários lugares do corpo, como glúteos, coxas, barriga e seios. Mas, afinal de contas, você sabe tudo sobre essas lesões? Para aprimorar seus conhecimentos, o DermaClub desvendou cinco mitos e verdades sobre as estrias. Confira!

1) A falta de hidratação é uma das causas das estrias.

Verdade. Quando a pele não está devidamente hidratada e acontece um estiramento abrupto da mesma - como um ganho de peso ou crescimento muito rápido -, dá-se o rompimento das fibras da derme, pois quando não está hidratada a pele perde sua elasticidade, criando um processo inflamatório na tentativa de compensar a ruptura: as estrias. Para prevenir o seu surgimento, é fundamental apostar no uso de produtos hidratantes potentes, como os enriquecidos com manteiga de karité, óleos ou ureia, além de ingerir uma quantidade adequada de água todos os dias.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) Estrias são inevitáveis durante a gravidez.

Mito. Embora o aparecimento das estrias seja comum durante esse período, não é um problema que toda gestante vem a desenvolver. De acordo com dermatologistas, as marcas aparecem nessa fase por conta de uma associação de fatores: um aumento na produção de hormônios, ganho de peso e alongamento do abdômen.

Entretanto, é possível evitar o surgimento de estrias durante a gravidez seguindo alguns cuidados, como: uma alimentação balanceada, para evitar o ganho excessivo de peso, beber bastante água, praticar atividades físicas e sempre hidratar a pele - principalmente as regiões das mamas, abdômen, coxas e glúteos.

3) Existe mais de um tipo de estria. 

Parcialmente verdade. O que existem são estágios da estria, que começa como uma inflamação, em que as marcas ficam com a coloração avermelhada. Após um tempo, elas cicatrizam e se transformam em linhas brancas - chamadas de estrias envelhecidas.

4) Homens não têm estrias. 

Mito. Assim como as mulheres, os homens também possuem o mesmo risco de desenvolver estrias. Porém, muitos acabam tendo na região dos braços, principalmente aqueles que malham com o intuito de aumentar o tamanho dos músculos. Isso porque acontece uma hipertrofia da musculatura dos bíceps, que tenciona a fibra de elasticidade da pele, provocar estrias.

5) Depois de formadas, é impossível remover as estrias. 

Parcialmente verdade. Embora o processo não possa ser revertido, atualmente existem tratamentos capazes de amenizar a aparência das estrias, tornando-as praticamente imperceptíveis. As opções são variadas, como o uso de produtos com ácido retinoico; procedimentos como peeling; e o laser fracionado que amenizam as estrias com a cicatrização do tecido após ser lesado.

Gostou de esclarecer suas dúvidas sobre estrias? Acompanhe mais matérias sobre o assunto no DermaClub.

Publicada em: 20 de Março de 2018
Modificada em: 20 de Março de 2018

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

7 formas de minimizar poros abertos: microagulhamento, Serozinc, tônico... Confira as mais eficazes

7 formas de minimizar poros abertos: microagulhamento, Serozinc, tônico... Confira as mais eficazes

Poros dilatados

Protetor solar com cor de alta cobertura entope os poros? Entenda e saiba como usar o produto

Protetor solar com cor de alta cobertura entope os poros? Entenda e saiba como usar o produto

Poros dilatados

Poros superdilatados: o que são e como tratar esses pontinhos escuros no rosto? Entenda

Poros superdilatados: o que são e como tratar esses pontinhos escuros no rosto? Entenda

Poros dilatados

Tem a pele oleosa, com poros aparentes e espinhas? Confira 4 benefícios do uso contínuo de Serozinc

Tem a pele oleosa, com poros aparentes e espinhas? Confira 4 benefícios do uso contínuo de Serozinc

Poros dilatados

Pele oleosa: rotina diurna ideal para combater o brilho excessivo, poros abertos, espinhas e cravos no rosto

Pele oleosa: rotina diurna ideal para combater o brilho excessivo, poros abertos, espinhas e cravos no rosto

Poros dilatados

Cravo: pele com poros abertos tem mais tendência a formar comedões? Descubra

Cravo: pele com poros abertos tem mais tendência a formar comedões? Descubra

Poros dilatados

Últimas Matérias

A minha pele está sensível? Coceira, descamação, irritação na pele: 5 sinais de sensibilidade + como tratar Saiba porque o cuidado com a pele durante o tratamento oncológico pode ser vital 5 dicas indispensáveis para cuidar da pele durante a jornada do tratamento contra o câncer Para que serve o Cicaplast Baume B5 de LRP? 4 motivos para manter esse produto na sua nécessaire sempre! Rotina de skincare anti-idade: 4 passos práticos para prevenir e minimizar os sinais do envelhecimento Do retinol ao ácido hialurônico: 5 ativos que realmente funcionam contra as rugas
Ver mais