Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Estrias vermelhas x brancas: saiba a diferença entre as marcas na pele do corpo + como cuidar de cada caso

Saiba qual é a diferença entre estrias brancas e vermelhas e como cuidar de cada caso
Saiba qual é a diferença entre estrias brancas e vermelhas e como cuidar de cada caso

Entrevista com Dra. Lilian Akemi Ota, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

A estria é um problema de ordem estética muito comum nas mulheres e em menor grau em homens devido a ação dos hormônios que depositam a gordura corporal em lugares diferentes. Entretanto, sua presença afeta em ambos os sexos a autoimagem e também a autoestima. Por isso, o DermaClub conversou com a dermatologista Lilian Ota, de São Paulo, que explicou o que são as marcas, como minimizar o aspecto visual e evitá-las. Acompanhe as dicas da especialista e deixe sua pele ainda mais bonita!

Saiba o que são estrias e qual é a diferença entre as vermelhas e as brancas

Segundo a médica, estrias são lesões lineares, enrugadas e atróficas que surgem na pele após uma distensão exagerada. “Elas ocorrem devido a quebra e alteração das fibras elásticas e de colágeno, e as principais causas são: obesidade, gravidez, estirão de crescimento em adolescentes, hipertrofia dos músculos - no caso de quem pratica musculação - e algumas doenças, como a Síndrome de Cushing, e tratamentos prolongados à base de corticosteróides”, esclareceu, diferenciando as cores das marcas que podem ser encontradas no corpo:

- Vermelhas: caracterizam o sinal inicial, indicando que há inflamação;
- Brancas: estrias envelhecidas.

Descubra como minimizar o aspecto das estrias no corpo

Para a dermatologista, a estria é caracterizada como lesão de caráter estético e sem gravidade, porém, sem cura. “Uma vez formada ela não desaparece completamente com nenhum tratamento, o que existem são formas de atenuá-las. O ácido retinoico e seus derivados são as melhores opções de tratamento tópico, mas é importante lembrar que a pele deve ser adequadamente hidratada”, explicou.

Além disso, hidratação e ativos à base de rosa mosqueta também são bastante utilizados. Quando a procura é por tratamentos em consultório, Dra. Lilian indica os peelings químicos com ácidos, dermoabrasão, laser e a subcisão.

Dermatologista explica como é possível evitar as estrias

Para evitar o aparecimento de novas lesões, a dermato aconselha que o melhor é evitar o que é popularmente chamado por efeito sanfona. “É possível preservar o corpo de novas estrias evitando engordar e emagrecer exageradamente. Para conquistar uma pele sem marcas é preciso manter uma dieta balanceada, beber bastante água e praticar atividade física sem exageros”, acrescentou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 28 de Outubro de 2015
Modificada em: 21 de Julho de 2021

Dra. Lilian Akemi Ota

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilian Akemi Ota

CRM: 66202

Médica com título de especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, formada pela USP com residência médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. É membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da American Academy of Dermatology. Atua nas áreas de dermatologia clínica de adultos e crianças, cosmiatria e cirurgia dermatológica.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Dermatologista

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Dermatologista

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Dermatologista

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Dermatologista

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Dermatologista

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Dermatologista

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência