Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Foliculite no couro cabeludo do homem: saiba como tratar essa doença de pele

Entenda como acontece a foliculite no couro cabeludo masculino e como evitar esse problema de pele / Foto: Maria Badasian, Unsplash.com
Entenda como acontece a foliculite no couro cabeludo masculino e como evitar esse problema de pele / Foto: Maria Badasian, Unsplash.com

Entrevista com Dra. Christiane Gonzaga, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

A foliculite é caracterizada pelo surgimento de bolinhas vermelhas e inflamadas na região povoada por folículos pilosos, podendo aparecer em várias partes do corpo, inclusive no couro cabeludo - que, neste caso, é mais comum em homens. Além de ser incômodo, o problema pode causar marcas, como cicatrizes, queloides e até manchas na pele. De acordo com a dermatologista Christiane Gonzaga, do Rio de Janeiro, essa inflamação pode ser causada por uma infecção viral, bacteriana ou fúngica, e para todos os casos, possui tratamento. O DermaClub entrevistou a médica que esclareceu como cuidar da foliculite no cabelo. Veja só!

O que é a foliculite no couro cabeludo?

De maneira geral, a foliculite é uma inflamação nos folículos pilosos. A dermatologista afirma que o problema pode ocorrer em qualquer lugar da pele que haja folículos, pode ser na barba, na virilha ou até mesmo no couro cabeludo. “Ela se apresenta como pequenas bolinhas vermelhas, semelhantes a pequenas espinhas. Podem ou não ter pus, que se desenvolve em torno de folículos pilosos. Coceira e sensibilidade na área afetada também são sintomas comuns”, explicou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Quais são as causas da foliculite no couro cabeludo?

A Dra. Christiane esclarece que os folículos do couro cabeludo são mais densos e estão mais sujeitos à transpiração excessiva do couro cabeludo e à oleosidade natural. “Sendo assim, a falta de higiene adequada, atrito causado por chapéus e bonés, além de o uso de produtos capilares não recomendados para o seu tipo de cabelo também podem facilitar o surgimento dessa inflamação”, atentou.

Por que a foliculite no couro cabeludo é mais comum em homens?

A foliculite afeta todas as pessoas - tanto homens, quanto mulheres. Mas, normalmente, é o público masculino que costuma ter a maioria dos fatores desencadeantes da foliculite, como: transpiração excessiva, oleosidade natural, uso de bonés e uso de produtos capilares inadequados.

Como podemos evitar a foliculite nesta região?

De acordo com a médica, basta manter os bons cuidados com a região: “Lavando o cabelo com certa frequência, usando o shampoo correto de acordo com as características do seu fio”, indicou. Caso haja alguma inflamação, é importante procurar o quanto antes um dermatologista para o início do tratamento. Isso vai ajudar a evitar a piora do quadro!

“O tratamento vai depender de cada caso e da intensidade da foliculite, o que normalmente recomendamos é o uso de sabonetes específicos para a área, bem como pomada com antibiótico. Alguns casos necessitam de antibiótico por via oral”, concluiu.

Produtos relacionados

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 31 de Outubro de 2018
Modificada em: 21 de Julho de 2021

Dra. Christiane Gonzaga

Palavra do Dermatologista

Dra. Christiane Gonzaga

CRM: 52646652

Dra. Christiane Gonzaga é especialista em Dermatologia, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia. É membro da Sociedade Internacional de Dermatologia, membro da Sociedade Americana de Dermatologia Cosmética e membro da Academia Americana de Dermatologia. A especialista faz constantes atualizações nos mais importantes Congressos Dermatológicos nacionais e internacionais.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica

Dermatologista

Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam

Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam

Dermatologista

O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos

O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos

Dermatologista

O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele

O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele

Dermatologista

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Dermatologista

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Dermatologista

Últimas Matérias

Queda de cabelo por estresse: descubra o que fazer para tratar e evitar esse problema! Protetor solar para o rosto: porque reaplicar o produto? Como retocar o protetor solar com cor? Rotina fácil de cuidados com a pele durante o inverno: 9 produtinhos para você apostar na estação Saiba quais cuidados são importantes na hora de fazer a hidratação da pele seca e sensível Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne Skincare para pele negra: 7 dúvidas mais comuns sobre a rotina de cuidados
Ver mais

escolha a loja de sua preferência