Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Lavei o cabelo, mas ele continua oleoso: o que fazer? 5 dicas para acabar com a oleosidade no couro cabeludo

O seu cabelo continua oleoso depois de lavar? Saiba o que fazer para evitar esse cenário / Foto: Element5 Digital, Unsplash.com
O seu cabelo continua oleoso depois de lavar? Saiba o que fazer para evitar esse cenário / Foto: Element5 Digital, Unsplash.com

Redação por Livia Dambrosio

Produtos relacionados

Você sabe como lavar o cabelo corretamente? Embora pareça algo simples, esse hábito reflete em muito na saúde e aparência dos fios, principalmente quando falamos em couro cabeludo oleoso. Neste caso, mesmo depois da lavagem, muitas vezes os fios aparentam estar sujos e pesados. Pensando nisso DermaClub separou cinco dicas para lavar os fios e acabar com a oleosidade excessiva de uma vez por todas. Confira!

1) Use um shampoo antioleosidade

Para combater a superprodução de sebo no couro cabeludo e evitar o surgimento de caspa no cabelo, você deve optar por um shampoo antioleosidade. Logo na primeira lavagem você vai notar um frescor intenso e a sensação de cabelo limpo. Mas, ao utilizar esses produtos, é importante apostar em uma ampola hidratante com textura leve logo em seguida para evitar qualquer ressecamento na pontas e comprimento dos fios. Alterne o uso do seu shampoo diário com este específico para evitar que o couro cabeludo fique sensível e ressecado.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) Faça uma esfoliação capilar regularmente

A oleosidade no couro cabeludo também é produzida através do acúmulo de produtos e resíduos de sujeira e poluição que obstruem os poros dessa região. A esfoliação capilar ajuda a remover esses resquícios, deixando a raiz mais limpa e, consequentemente, mais saudável, sem o excesso de oleosidade. Além disso, esse cuidado também estimula o crescimento dos fios. Se o seu cabelo demora a crescer, aposte nessa etapa!

3) Evite lavar o cabelo com água quente

Você sabia que lavar o cabelo com água quente pode fazer mal aos fios e ao couro cabeludo? O maior problema da temperatura do banho é a formação da dermatite seborreica. Por isso, o mais recomendado é fazer a lavagem usando água morna e finalizar com um jato de fria para selar as cutículas e ter o cabelo muito mais brilhoso.

4) Não use condicionador ou máscara de hidratação na raiz

Quando aplicamos máscara de hidratação ou condicionador próximo à raiz, proporcionamos um certo risco para a saúde do couro cabeludo. O acúmulo dos produtos na região pode refletir no aparecimento de caspa no cabelo e, consequentemente, na dermatite seborreica. Deixe para usar os cremes apenas no comprimento dos fios até as pontas - partes que exigem mais cuidados.

5) Remova bem o creme do cabelo

Ao fazer hidratação no cabelo, muitas vezes, esquecemos de enxaguar bem os fios e o couro cabeludo para remover o produto, deixando resíduos do creme na região. Isso pode provocar o aumento da oleosidade, deixando os cabelos com aspecto sujo logo após a lavagem. Para prevenir esse efeito, enxagüe o cabelo abundantemente.

Publicada em: 18 de Outubro de 2018
Modificada em: 18 de Outubro de 2018

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Rotina de pele oleosa para clarear manchas de acne: passo a passo para uniformizar o tom da pele

Rotina de pele oleosa para clarear manchas de acne: passo a passo para uniformizar o tom da pele

Acne e espinha

Espinha interna e inflamada: como cuidar? Dermatologista indica todos os cuidados para tratar a lesão de acne

Espinha interna e inflamada: como cuidar? Dermatologista indica todos os cuidados para tratar a lesão de acne

Acne e espinha

4 coisas que podem acontecer com a sua pele depois de espremer cravos ou espinhas

4 coisas que podem acontecer com a sua pele depois de espremer cravos ou espinhas

Acne e espinha

Comecei o tratamento antiacne e estou com mais espinhas: dermatologista esclarece o que pode ser

Comecei o tratamento antiacne e estou com mais espinhas: dermatologista esclarece o que pode ser

Acne e espinha

Acne próximo ao couro cabeludo: por que surge? Como evitar? Como tratar?

Acne próximo ao couro cabeludo: por que surge? Como evitar? Como tratar?

Acne e espinha

Tratamento para acne resseca a pele? Deixa sensível? Dermatologista explica mais sobre o assunto

Tratamento para acne resseca a pele? Deixa sensível? Dermatologista explica mais sobre o assunto

Acne e espinha

Últimas Matérias

Entenda a diferença entre os 3 séruns anti-idade de La Roche-Posay: Salicyli C10, Retinol B3 e Hyalu B5 Repair Heróis da vida real: relato de um dermatologista que trabalha na linha de frente contra a COVID-19 Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar Coceira na pele após o banho: entenda porque isso acontece e como tratar Conheça Lipikar Baume AP+M, da La Roche-Posay: o novo creme de hidratação profunda e ação anti-coceira
Ver mais