Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Melanoma: 5 sinais que podem indicar o câncer da pele - entenda o método ABCDE

Confira a matéria e saiba como indentificar o melanoma na pele/ Foto: Carlos Vaz, Unsplash.com
Confira a matéria e saiba como indentificar o melanoma na pele/ Foto: Carlos Vaz, Unsplash.com

Redação por Livia Dambrosio

Produtos relacionados

Câncer da pele: vamos falar sobre o assunto? Ele é um dos tipos de câncer mais comuns que existe e, todos os anos, milhares de pessoas são diagnosticadas com a doença. Neste caso, a maior chance de cura é sempre o diagnóstico precoce, que pode ser obtido a partir do autoexame e de idas regulares ao dermatologista. Mas como essa análise deve ser feita e quais são os sinais que podem indicar a doença de pele? O DermaClub explicou o passo a passo para identificar o problema e tratar o quanto antes. Veja só!

Entenda melhor: o que é melanoma e como ele surge?

O melanoma é o tipo mais raro de câncer da pele, porém, também é considerado o mais grave de todos. Ele pode surgir do nada ou a partir de uma pinta ou sinal antigo e, assim, se transformar em um tumor. Além disso, o principal motivo para o desencadeamento desta lesão é, sem dúvidas, a radiação solar. Por outro lado, existem outros fatores estimulantes que influenciam na formação do câncer, como o histórico familiar, a poluição e, claro, o não uso do protetor solar.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Autoexame: fique de olho em 5 sinais que indicam o câncer da pele

Essa doença de pele pode ser identificada no consultório junto com o dermatologista, com consultas regulares. Mas existe um método que o paciente pode fazer em casa que ajuda a identificar a lesão de câncer: o autoexame. A técnica se chama “ABCDE do melanoma” - significa que você deve ficar atento a estes 5 sinais de uma pinta suspeita:

1) Assimetria: observar se o formato da pinta é irregular.;

2) Bordas: as bordas da pinta são irregulares e difusas;

3) Cor: a pinta possui diversas cores como vermelho, marrom, branco, entre outras na mesma região;

4) Diâmetro: quando a pinta for maior que 5mm;

5) Evolução: se a pinta muda rapidamente de tamanho, forma, espessura ou cor

Além desses, é importante ficar atento a outros sintomas mais agravantes: se você passar a sentir dores na região, formação de casquinhas, sangramento e dificuldade de cicatrização, procure um dermatologista o quanto antes!

Use filtro solar + antioxidante e previna-se do câncer da pele!

Sabemos que o melanoma está diretamente ligado à tendência genética e à radiação UV. Por isso, é fundamental adotar uma rotina de cuidados com a pele bastante preventiva com o uso frequente do filtro solar com FPS 30, no mínimo, amplo espectro nas áreas expostas e também do antioxidante, que ajuda a potencializar essa proteção da pele.

Publicada em: 31 de Julho de 2018
Modificada em: 03 de Agosto de 2018

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Psoríase leve, moderada, grave: conheça os graus da doença de pele e como tratar as manchas vermelhas no corpo

Psoríase leve, moderada, grave: conheça os graus da doença de pele e como tratar as manchas vermelhas no corpo

Manchas na pele

Argila branca: para que serve? Ajuda a tratar manchas na pele? Controla a oleosidade? 6 dúvidas sobre o ativo

Argila branca: para que serve? Ajuda a tratar manchas na pele? Controla a oleosidade? 6 dúvidas sobre o ativo

Manchas na pele

O que é bom para foliculite na virilha? Cuidados para diminuir as bolinhas vermelhas e prevenir as manchas

O que é bom para foliculite na virilha? Cuidados para diminuir as bolinhas vermelhas e prevenir as manchas

Manchas na pele

Como diminuir manchas de espinhas: 5 dicas de tratamentos e produtos

Como diminuir manchas de espinhas: 5 dicas de tratamentos e produtos

Manchas na pele

Quanto tempo demora para sair uma espinha interna? Como tratar a acne sem causar manchas na pele

Quanto tempo demora para sair uma espinha interna? Como tratar a acne sem causar manchas na pele

Manchas na pele

Mancha no buço: como tirar? O que pode ser? Dermatologista explica as causas e tratamentos para o problema

Mancha no buço: como tirar? O que pode ser? Dermatologista explica as causas e tratamentos para o problema

Manchas na pele

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais