Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Melasma: saiba o que é essa mancha na pele, os tratamentos, e se há possibilidade de cura e prevenção

Dermatologista explica o que é o melasma e como é possível evitar e tratar as manchas / Foto: Getty Images
Dermatologista explica o que é o melasma e como é possível evitar e tratar as manchas / Foto: Getty Images

Entrevista com Dra. Carolina Reato Marçon, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Manchas de melasma são aquelas marcas na pele bem difíceis de se esconder. Elas costumam ter uma cor amarronzada, formato irregular e bem simétrico. As causas desse problema costumam variar bastante, podendo ser desde um banho de sol sem o uso do protetor solar, hormônios da gravidez ou o uso de anticoncepcionais. Então, se apareceu uma mancha escura na pele com essas características, é importante se informar e procurar ajuda para tratar o melasma o quanto antes!

Para entender melhor sobre essa mancha na pele e como tratar, o DermaClub conversou com a dermatologista Carolina Marçon que esclareceu os principais pontos sobre o assunto e deu dicas para tirar melasma do rosto. Veja só!

O que é melasma e como ele surge na pele?

Por trás do melasma, existe uma série de fatores a serem avaliados que podem ter causado o surgimento da mancha - dentre eles estão os desequilíbrios hormonais e a radiação solar. A médica ressalta que é uma dermatose bastante complexa e que ainda não está completamente compreendida. Entretanto, ela conta como essas marcas acabam aparecendo:

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

“O que acontece é que o melanócito (célula responsável pela produção de pigmento) fica disfuncional, isso significa que qualquer estímulo, por menor que seja, faz com que essa célula produza mais pigmento, formando o melasma”, esclareceu. Esse problema pode surgir lugares específicos da pele, como o rosto - que é o lugar mais comum -, principalmente nas bochechas, testa e acima dos lábios, ou em vários lugares do corpo - como braços, pernas e colo.

Entenda as maiores causas do melasma

O melasma possui uma relação direta com o sol e com a luz visível - aquela que vem dos aparelhos eletrônicos, como o celular e das lâmpadas. Além disso, os desequilíbrios hormonais também podem colaborar para esse tipo de mancha, como os que acontecem durante a gravidez - neste caso, o melasma acaba surgindo ou se agravando em algumas mulheres. Outro motivo é o uso de anticoncepcional e de outros medicamentos que afetam a parte hormonal. Alguns fatores extras como o estresse e a poluição também acabam entrando na lista de causas do melasma.

As manchas aumentam de tamanho ou ficam mais escuras com o tempo?

A Drª Carolina conta que o tamanho e coloração das manchas acaba sendo muito variável: “Às vezes elas podem aparecer bem pequenas e aumentar durante a gravidez; também é comum o aumento em peles negras e em regiões que estão mais expostas ao sol”, explicou.

Existe cura para o melasma? Veja como tratar essas manchas!

O melasma ainda não tem cura, mas tem controle! Existem vários tratamentos que ajudam a clarear as manchas. “A primeira escolha sempre vai ser o uso de produtos clareadores, como o ácido tranexâmico, além disso podem ser usados procedimentos clínicos, como o laser, peeling, microagulhamento, entre outros”, listou a dermatologista.

Produtos relacionados

A dermatologista ainda reforça que não existe tratamento de melasma sem proteção solar. Sendo assim, para acelerar a melhora das manchas, aplique todos os dias um filtro de amplo espectro, que tenha FPS alto e com cor.

Quais são os cuidados para prevenir as manchas de melasma?

- Use protetor solar todos os dias e lembre da reaplicação;
- Evite a exposição excessiva ao sol e ao calor;
- Resfrie a pele sempre que necessário: a aplicação da água termal é uma ótima alternativa;
- Utilize proteções físicas, como chapéu e guarda-sol;
- Aposte em comprimidos antioxidantes, à base de polypodium leucotomos ou picnogenol, regularmente. Elas ajudam a prevenir os efeitos danosos de radicais livres sobre as células da pele.

Converse com o seu médico dermatologista para que ele possa indicar os melhores tipos de produtos para a sua pele e, ainda, o tratamento ideal para o seu caso!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 11 de Maio de 2016
Modificada em: 16 de Agosto de 2021

Dra. Carolina Reato Marçon

Palavra do Dermatologista

Dra. Carolina Reato Marçon

CRM: 113.379

Especialização em Clínica Médica e Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Médica Colaboradora do Setor de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Coordenadora do Programa Pró-Albino; Fellowship em Cosmiatria - Dr. Zoe Draelos, Carolina do Norte - EUA; Fellowship em Tricologia - Universidade de Bolonha, Itália - Prof. Antonella Tosti; Fellowship em Dermatoscopia e Microscopia Confocal - Universidade de Modena / Reggio Emilia, Itália; Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Academia Americana de Dermatologia e do Colégio Ibero-Latinoamericano de Dermatologia

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

O que é bom para foliculite na virilha? Cuidados para diminuir as bolinhas vermelhas e prevenir as manchas

O que é bom para foliculite na virilha? Cuidados para diminuir as bolinhas vermelhas e prevenir as manchas

Esfoliação

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Esfoliação

Tudo sobre esfoliação: como esfoliar a pele do rosto, corpo, couro cabeludo, melhores produtos, peeling...

Tudo sobre esfoliação: como esfoliar a pele do rosto, corpo, couro cabeludo, melhores produtos, peeling...

Esfoliação

"Esfoliei demais e minha pele está vermelha e sensível": dermatologista explica o que fazer

"Esfoliei demais e minha pele está vermelha e sensível": dermatologista explica o que fazer

Esfoliação

Microdermoabrasão: o que é? Para que serve? Devo fazer? Como cuidar da pele depois? Dermatologista explica

Microdermoabrasão: o que é? Para que serve? Devo fazer? Como cuidar da pele depois? Dermatologista explica

Esfoliação

O que são AHAS, BHAS e PHAS? Dermatologista explica as diferenças e os benefícios entre os tipos de ácidos

O que são AHAS, BHAS e PHAS? Dermatologista explica as diferenças e os benefícios entre os tipos de ácidos

Esfoliação

Últimas Matérias

Peeling para acne em casa: pode ser feito? Dermatologista indica como fazer o tratamento com segurança Queda de cabelo por estresse: descubra o que fazer para tratar e evitar esse problema! Protetor solar para o rosto: porque reaplicar o produto? Como retocar o protetor solar com cor? Rotina fácil de cuidados com a pele durante o inverno: 9 produtinhos para você apostar na estação Saiba quais cuidados são importantes na hora de fazer a hidratação da pele seca e sensível Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne
Ver mais

escolha a loja de sua preferência