Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Melhor protetor solar para pele negra: como escolher? Dermatologista dá 5 dicas para acertar no produto

Como escolher o melhor protetor solar para pele negra? Foto: Shutterstock
Como escolher o melhor protetor solar para pele negra? Foto: Shutterstock

Entrevista com Dra. Carolina Reato Marçon, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Com fibras mais densas de colágeno, grande quantidade de melanina na pele e com uma tendência ao envelhecimento mais lento - essas e outras características definem a pele negra. No entanto, muita gente ainda tem dúvidas sobre a proteção solar nesse fototipo: ela é algo extremamente necessário? A resposta é sim: quem tem a pele negra deve usar filtro solar todos os dias para proteger a região de manchas e do melanoma. Mas qual é o melhor produto neste caso? O DermaClub entrevistou a dermatologista Carolina Marçon, de São Paulo, que deu 5 dicas para acertar na escolha do dermocosmético!

1) A fim de evitar manchas na pele e o melanoma, use um protetor com FPS 30

Naturalmente, a pele negra é formada por bastante melanina, e por esse motivo, ela possui um fator de proteção solar que a torna mais resistente à exposição ao sol. Por outro lado, essa mesma característica acaba colaborando para o surgimento de manchas, como o melasma. Sendo assim, é importante que pacientes com a pele negra usem protetor solar com FPS 30, no mínimo. “Não é necessário apostar em um fator proteção tão alto, mas é essencial usar esse produto para proteger a região de queimaduras, manchas e do câncer de pele”, explicou.

2) Para evitar queimaduras e ardência na pele, fique de olho no PPD do produto

Além do FPS, a Drª Carolina ressalta que também precisamos ficar atentos ao PPD, uma outra sigla que está relacionada ao tempo que a pele demora para ficar bronzeada. “Para que a região cutânea não sofra danos com esse processo, como queimaduras e ardência, é importante apostar em um filtro solar com o PPD equivalente a ⅓ do FPS. Então, fazendo uma recomendação global, o ideal é que o filtro tenha um FPS 30 com PPD 10”, indicou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

3) O filtro solar deve ter uma textura adequada à pele do paciente

A textura do filtro solar vai depender muito das características da pele de cada paciente. De fato, quem tem a pele negra costuma apresentar maior oleosidade, mas isso não vale para todos. “Entretanto, se você tem a pele oleosa e com tendência à acne, o recomendado para evitar o excesso de brilho e a formação de cravos e espinhas é apostar em um produto oil free ou com efeito matificante”, garantiu.

4) Tem manchas na pele ou marcas de acne? Use um protetor com cor

Outro ponto importante é apostar em um protetor solar com cor, principalmente se você tiver manchas na pele, marcas de acne, foliculite no rosto ou outros transtornos pigmentares. “Além de camuflar esses incômodos, o produto ajuda a evitar a piora desses problemas, já que, além da radiação UV, ele também protege a pele contra a luz visível”, alertou.

5) Para que o protetor seja eficaz, devemos reaplicar o produto!

Apesar de todas as características que o produto deve ter, o mais importante quando falamos sobre filtro solar é da reaplicação. “Depois de um tempo de exposição solar, o protetor pode ser removido com o suor, mergulhos na água e vai perdendo sua eficácia. Então, a reaplicação deve ser feita pelo menos a cada 2 horas - em casos de alta exposição solar - e no dia a dia o ideal é passar antes de sair de casa, na hora do almoço e no fim da tarde”, recomendou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 07 de Fevereiro de 2019
Modificada em: 14 de Maio de 2019

Dra. Carolina Reato Marçon

Palavra do Dermatologista

Dra. Carolina Reato Marçon

CRM: 113.379

Especialização em Clínica Médica e Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Médica Colaboradora do Setor de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Coordenadora do Programa Pró-Albino; Fellowship em Cosmiatria - Dr. Zoe Draelos, Carolina do Norte - EUA; Fellowship em Tricologia - Universidade de Bolonha, Itália - Prof. Antonella Tosti; Fellowship em Dermatoscopia e Microscopia Confocal - Universidade de Modena / Reggio Emilia, Itália; Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Academia Americana de Dermatologia e do Colégio Ibero-Latinoamericano de Dermatologia

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Limpeza de pele

Sabonete para acne: conheça o melhor produto para o rosto + rotina de skincare para cravos e espinhas

Sabonete para acne: conheça o melhor produto para o rosto + rotina de skincare para cravos e espinhas

Limpeza de pele

Loção de limpeza: o que é? Qual a diferença para o sabonete? Quais os benefícios?

Loção de limpeza: o que é? Qual a diferença para o sabonete? Quais os benefícios?

Limpeza de pele

Regra dos 60 segundos: conheça a tendência que garante uma pele impecável lavando o rosto em 1 minuto

Regra dos 60 segundos: conheça a tendência que garante uma pele impecável lavando o rosto em 1 minuto

Limpeza de pele

Gel de limpeza Cerave: conheça esse cuidado composto por ativos hidratantes feito para a pele normal e oleosa

Gel de limpeza Cerave: conheça esse cuidado composto por ativos hidratantes feito para a pele normal e oleosa

Limpeza de pele

Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais

Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais

Limpeza de pele

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais