Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Minha vitamina C escureceu, ainda funciona? Como saber se oxidou? Entenda

Entenda se a sua vitamina C oxidou de acordo com a cor / Foto: Instagram @  SkinCeuticals
Entenda se a sua vitamina C oxidou de acordo com a cor / Foto: Instagram @SkinCeuticals

Entrevista com Dra. Gabriella Albuquerque, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Se você já usa a vitamina C na sua rotina de skincare, com certeza já percebeu sua pele mais luminosa e uniforme, certo? No entanto, muitas vezes o produto com vitamina C pode escurecer, deixando dúvidas quanto à sua eficácia. Mas como isso acontece? Como saber se a vitamina C oxidou? E quando ela oxida, podemos usá-la mesmo assim? Para esclarecer essas e outras dúvidas sobre o ativo, o DermaClub entrevistou a dermatologista Flávia Addor. Confira!

Quando a vitamina C oxida, ela ainda funciona?

De acordo com a médica, a vitamina C proporciona uma série de benefícios à pele: “Ela protege a região dos efeitos danosos da radiação solar e poluição, que geram radicais livres, além de auxiliar na síntese de colágeno e ter ação coadjuvante no clareamento de manchas na pele”. Para que essa substância, em sua forma pura, mantenha toda essa eficácia, é preciso que a formulação tenha pH ácido e apresentar concentrações do ativo efetivas para desempenhar suas funções.

No momento em que a vitamina C oxida, significa que entrou em contato com elementos oxidativos - como o ar, luz, água e temperaturas elevadas. Ao sofrer esse processo, a eficácia de alguns produtos pode acabar caindo. Mas atenção! Se você apostar em uma vitamina C de qualidade sua eficiência vai durar até a última gota!

Como podemos saber se ela oxidou? Fique atento às características

De acordo com a dermatologista, um dermocosmético com vitamina C, quando oxida, pode ficar com uma coloração mais escura, próximo ao marrom. A textura também muda, se tornando mais oleosa ou líquida, e o produto adquire um odor forte.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Mas atenção: a Vitamina C pura pode sofrer ligeira alteração de cor durante o seu uso, não quer dizer que ela perdeu sua eficácia ou que irá fazer mal à pele, é simplesmente uma característica normal desse ativo. Neste caso, a substância vai ficando amarelada e até chegar um alaranjado mais escuro. Por isso, fique atento às características da fórmula e a sua data de validade antes de julgar o produto!

Entenda o progresso de cor do seu sérum com vitamina C ao longo dos meses
Entenda o progresso de cor do seu sérum com vitamina C ao longo dos meses

Quais cuidados devemos ter com a vitamina C para não oxidar?

A vitamina C pura é um ativo muito vulnerável, isto é, quando é exposta ao ar e a luz, as suas propriedades podem se alterar, o que poderá reduzir sua eficácia. Por isso, é importante que a embalagem do seu dermocosmético possua vidro escuro, para proteger o conteúdo da luz. Outros cuidados são:

- Não deixar o produto em um lugar que fique em contato com o sol;
- Evitar colocá-lo em um local abafado e que esquente muito;
- Fechar muito bem o produto após o uso;
- Não colocar a mão em contato direto com o produto;
- Ficar de olho na data de validade.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 16 de Agosto de 2018
Modificada em: 27 de Março de 2020

Dra. Gabriella Albuquerque

Palavra do Dermatologista

Dra. Gabriella Albuquerque

CRM: 52.71503-4

A Dra. Gabriella Albuquerque, do Rio de Janeiro, é membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Ao longo de sua carreira, a Dra. Gabriella tem capítulos de livros publicados, artigos em revistas dermatológicas e ministra aulas em diversos congressos, cursos e workshops para outros dermatologistas.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Dermatologista

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Dermatologista

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Dermatologista

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Dermatologista

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatologista

Mancha branca na pele: o que pode ser? Dermatologista lista as causas da descoloração

Mancha branca na pele: o que pode ser? Dermatologista lista as causas da descoloração

Dermatologista

Últimas Matérias

Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar Coceira na pele após o banho: entenda porque isso acontece e como tratar Conheça Lipikar Baume AP+M, da La Roche-Posay: o novo creme de hidratação profunda e ação anti-coceira Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena Retinol B3 de La Roche-Posay: o primeiro retinol em sérum adaptado para peles sensíveis
Ver mais