Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

O açúcar pode danificar a sua pele: veja 3 dicas que ajudam a evitar os efeitos da glicação

A glicação pode ser combatida com pequenas mudanças no dia a dia
A glicação pode ser combatida com pequenas mudanças no dia a dia

Entrevista com Dra. Juliana Neiva, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

O consumo excessivo de açúcar é conhecido, principalmente, por abrir portas para doenças graves, como a diabetes. No entanto, diminuir o consumo no seu dia a dia também ajuda a evitar outros efeitos negativos, como o processo chamado de glicação, capaz de acelerar o envelhecimento precoce da pele. Entenda como acontece e o que fazer para prevenir os danos ocasionados pelo açúcar!

Como ocorrem os efeitos da glicação na pele

A glicação é ocasionada por uma reação em que carboidratos, como a glicose, se ligam permanentemente a proteínas, como o próprio colágeno. Dessa forma, as proteínas sofrem modificações, e, consequentemente, têm sua função comprometida. “É uma ação tão danosa quanto a dos radicais livres, promovendo a formação de rugas e acarretando em perda de elasticidade e de tonicidade”, afirmou a dermatologista Juliana Neiva, do Rio de Janeiro.

3 dicas para evitar os danos do açúcar na pele

De acordo com dermatologistas, é necessário ter alguns cuidados no nosso dia a dia que cooperem para diminuir os efeitos que a glicação pode causar. Saiba quais são:

1) Usar dermocosméticos com ação antiglicante: produtos com substâncias antiglicantes e que sejam associados as ativos antioxidantes inibem as ações do açúcar que prejudicam o colágeno, protegendo essas fibras e trazendo a firmeza, elasticidade e sustentação para a pele;

2) Evitar alimentos de alto índice glicêmico: massas, doces e refrigerantes cooperam para a reação da glicação, pois possuem em sua composição uma grande quantidade de carboidratos que podem ser associados a proteínas;

3) Substitua os carboidratos simples: alimentos como pão francês, arroz branco e doces podem ser trocados por carboidratos integrais e o açúcar refinado pode ser substituído pelo mascavo ou mel. Esses produtos são mais naturais e têm substâncias antioxidantes e vitaminas que são interessantes para a beleza e saúde da pele.

Acrescente nessas dicas: beber dois litros de água por dia e evitar alimentos industrializados. Consulte um dermatologista e salve essa listinha para te ajudar a diminuir os danos da glicação e a viver de forma mais saudável!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 08 de Dezembro de 2016
Modificada em: 23 de Maio de 2019

Dra. Juliana Neiva

Palavra do Dermatologista

Dra. Juliana Neiva

CRM: 663883

Dra. Juliana Neiva é médica Pós-graduada em Dermatologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Possui título de Especialista em Dermatologia, pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Sempre atualizada, frequenta os mais importantes congressos nacionais e internacionais. Fez inúmeros cursos e workshops em Dermatologia Clínica e Estética, ministrados pelos principais especialistas estrangeiros na área. Além disso, é colunista em rádios e autora do livro Guia Prático da Beleza por dentro e por fora.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia?

Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia?

Vitaminas

Vitamina B3 (niacinamida): o que é? Conheça a substância e o que ela pode fazer pela sua pele

Vitamina B3 (niacinamida): o que é? Conheça a substância e o que ela pode fazer pela sua pele

Vitaminas

Vitamina C ou óleo de rosa mosqueta: qual é o mais indicado para minimizar manchas da pele?

Vitamina C ou óleo de rosa mosqueta: qual é o mais indicado para minimizar manchas da pele?

Vitaminas

Anthelios Hydraox FPS 60: conheça a inovação em proteção solar anti-idade fluida de La Roche-Posay

Anthelios Hydraox FPS 60: conheça a inovação em proteção solar anti-idade fluida de La Roche-Posay

Vitaminas

Qual a melhor vitamina C para pele sensível e oleosa? Conheça Salicyli C10, de La Roche-Posay

Qual a melhor vitamina C para pele sensível e oleosa? Conheça Salicyli C10, de La Roche-Posay

Vitaminas

Vitamina C: qual a porcentagem mais indicada e o que isso significa?

Vitamina C: qual a porcentagem mais indicada e o que isso significa?

Vitaminas

Últimas Matérias

Novos hábitos de saúde e beleza com o fim da quarentena: dermatologista indica como serão os cuidados Pele perfeita sem maquiagem: rotina de skincare para uma pele bonita e saudável Como cuidar das sobrancelhas em casa: especialista dá dicas para manter a região impecável Como cortar o cabelo em casa: veja 3 dicas para aparar pontas, franja e até raspar a cabeça Peptídeos: o que são? Quais os benefícios? Como usar na pele? Conheça os vários tipos dessa proteína Conheça Liftactiv Peptide-AHA: o novo sérum corretor de rugas e oleosidade de Vichy
Ver mais