Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

O envelhecimento da pele oleosa é diferente dos demais tipos? Saiba como prevenir e amenizar a ação do tempo

O envelhecimento da pele oleosa acontece de forma diferente?
O envelhecimento da pele oleosa acontece de forma diferente?

Entrevista com Dra. Juliana Neiva, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Quem tem pele oleosa sabe quem nem sempre é tarefa fácil lidar com o brilho extra no final do dia, além de outros inconvenientes, como poros abertos e acne. No entanto, este tipo de pele pode ter suas vantagens, como minimizar a aparência do envelhecimento cutâneo. O DermaClub conversou com a dermatologista Juliana Neiva, do Rio de Janeiro, que explicou tudo sobre o processo de amadurecimento da pele oleosa, como prevenir e tratar. Confira!

O envelhecimento na pele oleosa é diferente dos demais tipos?

Segundo a médica, não existe diferença no envelhecimento da pele oleosa para a seca, mista, normal ou sensível. “O que pode camuflar um pouco do visual das linhas de expressão e rugas é a oleosidade. Quanto mais seca a pele, mais opaca ela é. Enquanto a pele oleosa fica lustrosa, que pode ser confundido com um aspecto hidratado. E, por isso, temos a sensação de que aquele rosto é menos envelhecido, já que hidratação está diretamente ligada à saúde da pele”, comentou.

Conheça as causas do envelhecimento na pele oleosa

Assim como em qualquer tipo de pele, as causas do envelhecimentos são duas: interno, que tem a ver com o passar do tempo e características genéticas, e o externo, incluindo estresse, má alimentação, poluição, privação do sono, ingestão excessiva de álcool e tabagismo. “No entanto, o sol é o maior responsável pelo envelhecimento extrínseco. Por isso, é fundamental o uso de protetor solar, independente do clima e mesmo em ambientes fechados”, recomendou.

Descubra como é possível evitar o envelhecimento na pele oleosa

De acordo com Dra. Juliana Neiva, os cuidados com a pele, preferencialmente, devem se iniciados a partir dos 20 anos, em ambos os sexos. É fundamental que a rotina seja seguida todos os dias e ela deve ser montada depois do diagnóstico do dermatologista. “No geral, ela é composta de sabonete, tônico, esfoliante periódico, hidratante com ativos anti-idade adequados e filtro solar”, disse.

Saiba como minimizar o envelhecimento na pele oleosa

Para diminuir os sinais já existentes também é preciso passar por uma avaliação médica, já que os produtos e tratamentos devem ser direcionados para o tipo de pele do paciente, com precisão. Para a dermatologista, os derivados da vitamina A, como ácido retinoico, o retinol e o retinaldeído, são alguns dos melhores ativos para estes casos. “Eles promovem renovação celular, estimulam a formação de colágeno, além de melhor a irrigação sanguínea da pele”, explicou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 17 de Novembro de 2015
Modificada em: 23 de Maio de 2019

Dra. Juliana Neiva

Palavra do Dermatologista

Dra. Juliana Neiva

CRM: 663883

Dra. Juliana Neiva é médica Pós-graduada em Dermatologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Possui título de Especialista em Dermatologia, pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Sempre atualizada, frequenta os mais importantes congressos nacionais e internacionais. Fez inúmeros cursos e workshops em Dermatologia Clínica e Estética, ministrados pelos principais especialistas estrangeiros na área. Além disso, é colunista em rádios e autora do livro Guia Prático da Beleza por dentro e por fora.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Tudo sobre esfoliação: como esfoliar a pele do rosto, corpo, couro cabeludo, melhores produtos, peeling...

Tudo sobre esfoliação: como esfoliar a pele do rosto, corpo, couro cabeludo, melhores produtos, peeling...

Esfoliação

"Esfoliei demais e minha pele está vermelha e sensível": dermatologista explica o que fazer

Esfoliação

7 formas de minimizar poros abertos: microagulhamento, Serozinc, tônico... Confira as mais eficazes

7 formas de minimizar poros abertos: microagulhamento, Serozinc, tônico... Confira as mais eficazes

Poros dilatados

Microdermoabrasão: o que é? Para que serve? Devo fazer? Como cuidar da pele depois? Dermatologista explica

Microdermoabrasão: o que é? Para que serve? Devo fazer? Como cuidar da pele depois? Dermatologista explica

Esfoliação

O que são AHAS, BHAS e PHAS? Dermatologista explica as diferenças e os benefícios entre os tipos de ácidos

O que são AHAS, BHAS e PHAS? Dermatologista explica as diferenças e os benefícios entre os tipos de ácidos

Esfoliação

Escova de limpeza facial: o que é e para que serve? Conheça os benefícios dessa ferramenta para o rosto

Escova de limpeza facial: o que é e para que serve? Conheça os benefícios dessa ferramenta para o rosto

Esfoliação

Últimas Matérias

Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar Coceira na pele após o banho: entenda porque isso acontece e como tratar Conheça Lipikar Baume AP+M, da La Roche-Posay: o novo creme de hidratação profunda e ação anti-coceira Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena Retinol B3 de La Roche-Posay: o primeiro retinol em sérum adaptado para peles sensíveis
Ver mais