Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam

Saiba o que é dermatite de contato e o melhor tratamento para a doença
Saiba o que é dermatite de contato e o melhor tratamento para a doença

Entrevista com Dra. Tatiane Curi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Muito se ouve falar sobre dermatite atópica e todos os sintomas dessa doença de pele. Mas você sabia que existem vários outros tipos de dermatite? Como a dermatite de contato, por exemplo. Ela surge de uma forma diferente, quando uma substância entra em conexão com a pele e acaba desenvolvendo uma reação alérgica, seguida por vermelhidão e bolinhas na pele que coçam. Mas como podemos lidar com esse problema? Qual é a melhor forma de tratamento da dermatite de contato? O DermaClub conversou com a dermatologista Tatiane Curi, que esclareceu todas as dúvidas sobre o assunto.

O que é dermatite de contato? Entenda todas as causas do problema

A dermatite de contato, também conhecida como eczema de contato, é uma doença cutânea caracterizada por uma inflamação na pele que, como o próprio nome já diz, é provocada pela exposição a alguma substância que seja capaz de causar uma irritação ou algum tipo de alergia na superfície da pele. De acordo com a médica, existem dois tipos de dermatite de contato:

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Dermatite de contato por causa irritativa: acontece quando o agente causador da alergia é uma substância irritativa, como sabonete, ácidos ou, ativos químicos.

Dermatite de contato por causa alérgica: aparece após a pele entrar em contato repetidas vezes com a substância que causa a alergia - isso vai depender muito da característica individual de cada paciente, conforme explica a Dra. Tatiane: “Como aquele esmalte que a pessoa usa faz tempo, mas que pode causar uma dermatite alérgica, o mesmo pode acontecer com perfumes e desodorantes”. Este tipo de reação pode ocorrer fora da região de contato, ou seja, em outros lugares do corpo.

Quais são os sintomas da dermatite de contato?

De acordo com a dermatologista, os sintomas da dermatite de contato podem variar bastante. “De lesões vermelhas na pele que causam ardor, queimação, coceira de leve a intensa ou até qualquer tipo de desconforto local. Algumas vezes podem aparecer bolhas e até causar um leve inchaço na superfície da pele. Dependendo da intensidade e do tempo de dermatite de contato, o paciente pode desenvolver formação de crostas e aspereza na região”, esclareceu.

Quem tem mais chances de desenvolver esse tipo de dermatite?

- Pessoas que trabalham com substâncias como metais, agentes químicos, borrachas, auxiliares de limpeza, cabeleireiros, pedreiros, entre outros;

- Pessoas com sistema imunológico comprometido têm mais chance de apresentarem dermatites de contato alérgicas;

- Quem usa muitos cosméticos e com muitos ativos;

- Pacientes que apresentam alteração de barreira de proteção da pele, como dermatite atópica, rosácea e até acne. A pele ressecada pode irritar mais facilmente;

- Quem tem síndrome da pele sensível. Uma doença nova e recente que apresenta sensibilidade extra e acentuada em relação à população normal.

É possível prevenir a dermatite de contato?

O ideal na prevenção seria, antes de mais nada, identificar o agente irritante ou a possível substância que causa a alergia. Dessa forma, conseguimos evitar o seu uso e, consequentemente, a reação alérgica. No entanto, a médica explica que existem algumas maneiras de minimizar a chance da dermatite acontecer como: “Dar preferência a produtos hipoalergênicos e tentar lavar as mãos após mexer com substâncias irritativas. Já em ambientes profissionais, é importante usar equipamentos de proteção como luvas, óculos e botas adequadas. Outra solução é manter a pele sempre hidratada. A hidratação auxilia muito a integridade da barreira de proteção da pele, minimizando as alergias”.

Qual é a melhor forma de tratar a dermatite de contato?

Os tratamentos são variáveis e vão depender da intensidade e extensão da dermatite de contato. De acordo com a Dra Tatiane, a primeira medida é excluir o agente irritante e, assim, seguir com a terapia adequada. “Se as lesões forem localizadas, medicamentos tópicos em cremes/ loções de corticoides ou até imunomoduladores podem resolver o problema. Entretanto, uma medida fundamental é lavar a pele com um gel de limpeza que não agrida mais a pele nesse momento, o produto não pode ter ação esfoliantes e o paciente está proibido de usar buchas”, recomendou a médica. Outro conselho é evitar a exposição solar no período de crise, isso porque a radiação ultravioleta pode piorar uma alergia prévia.

Produtos que podem ajudar a acalmar a pele dos sintomas de dermatite

Você pode até achar que a dermatite de contato é um problema sem solução, mas a dermatologista garante que existem vários ativos e produtos que pode ajudar a amenizar as bolinhas na pele. Um exemplo são os cremes multirreparadores calmantes que ajudam a reparar a função de barreira da pele. As substâncias que você pode investir na rotina de cuidados são, por exemplo: manteiga de karité, pantenol, madecassoside, ceramidas e glicerina são bons exemplos.

Produtos relacionados

Outra opção excelente são os produtos com ativos pósbióticos, principalmente aqueles testados em peles sensíveis, que são hipoalergênicos, sem fragrância e sem álcool na formulação.

Produtos relacionados

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 30 de Agosto de 2021
Modificada em: 30 de Agosto de 2021

Dra. Tatiane Curi

Palavra do Dermatologista

Dra. Tatiane Curi

CRM: 108107

Medica, Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Especializada em Cosmiatria pela Universidade de Santo Amaro, com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associacao medica Brasileira. Também é sócia efetiva da sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatologia. Além disso, é medica do corpo clinico do Hospital Sírio Libanes - SP.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Shampoo para caspa: como usar e escolher o melhor produto para tratar a coceira na cabeça?

Shampoo para caspa: como usar e escolher o melhor produto para tratar a coceira na cabeça?

Caspa

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Caspa

Esfoliante para o couro cabeludo: ajuda com a caspa? Resseca o cabelo? 4 mitos e verdades sobre o assunto

Esfoliante para o couro cabeludo: ajuda com a caspa? Resseca o cabelo? 4 mitos e verdades sobre o assunto

Caspa

Shampoo anticaspa: posso usar todos os dias? Resseca o couro cabeludo? Entenda!

Shampoo anticaspa: posso usar todos os dias? Resseca o couro cabeludo? Entenda!

Caspa

Caspa no verão: é mais comum? Como tratar sem ressecar o cabelo?

Caspa no verão: é mais comum? Como tratar sem ressecar o cabelo?

Caspa

Tudo sobre esfoliação: como esfoliar a pele do rosto, corpo, couro cabeludo, melhores produtos, peeling...

Tudo sobre esfoliação: como esfoliar a pele do rosto, corpo, couro cabeludo, melhores produtos, peeling...

Caspa

Últimas Matérias

Peeling para acne em casa: pode ser feito? Dermatologista indica como fazer o tratamento com segurança Queda de cabelo por estresse: descubra o que fazer para tratar e evitar esse problema! Protetor solar para o rosto: porque reaplicar o produto? Como retocar o protetor solar com cor? Rotina fácil de cuidados com a pele durante o inverno: 9 produtinhos para você apostar na estação Saiba quais cuidados são importantes na hora de fazer a hidratação da pele seca e sensível Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne
Ver mais

escolha a loja de sua preferência