Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

O tipo de pele pode mudar com a idade? Entenda com um dermatologista

Descubra as características e mudanças na pele em cada fase da vida
Descubra as características e mudanças na pele em cada fase da vida

Entrevista com Dra. Carolina Reato Marçon, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

A pele é um órgão que vive em constante transformação. Com o passar dos anos, sofre com as mudanças do tempo, das agressões climáticas, da radiação solar e de fatores internos, como a alimentação e o estresse. Mas além disso, você sabia que o seu tipo de pele pode mudar de acordo com a sua idade cronológica? Para entender essas alterações e saber como lidar com cada característica em cada fase da vida, o DermaClub conversou com a dermatologista Carolina Marçon, de São Paulo. Veja só!

As crianças têm a pele mais sensível e com tendência maior à desidratação

De acordo com a médica, “na infância a pele tende a ser mais fina, com a barreira hidrolipídica e características que fazem com que a região seja mais permeável. Não é tão hidratada, possui uma tendência maior à desidratação, além de ser mais sensível, fazendo com que as substâncias penetrem com mais facilidade”, esclareceu. Nesta fase, é importante que a criança não use nenhum dermocosmético ou produto com substâncias reativas, como álcool, parabenos e fragrância para evitar qualquer reação.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Na adolescência, os jovens possuem a pele oleosa devido às mudanças hormonais

Quando o paciente vai chegando na adolescência, começa a produção hormonal e, com isso, as mudanças das características da pele. “A região fica mais oleosa, o manto hidrolipídico, as características físicas e químicas também se alteram, o que a deixa mais resistente. Além disso, começa o surgimento da acne devido à alta produção de sebo pelas glândulas sebáceas por estímulo hormonal”, explicou.

Este é o melhor momento para ir ao dermatologista e começar uma rotina de cuidados com a pele para controlar a oleosidade, prevenir o surgimento de espinhas e, se necessário, iniciar um tratamento anti-acne para remover as lesões já existentes.

Na fase adulta adiante, a pele sofre uma série de transformações

Segundo a Dra. Carolina Marçon, o orquestrador de todas as mudanças que acontecem na pele ao longo da vida são os hormônios. Eles vão mudando as características em cada fase de acordo com a sua produção, o que não fica diferente na idade adulta. Nessa etapa, a oleosidade diminui por conta da estabilidade hormonal e da influência dos hábitos, como alimentação, exposição solar e a prática de atividades físicas.

Nessa fase também temos a menopausa, em que a mulher passa pela queda do hormônio estradiol, que faz com que a características altere a hidratação da pele, afetando as fibras de elastina e colágeno, refletindo na flacidez e na formação de rugas”, atentou. Para controlar o ressecamento, aposte na hidratação e em produtos anti-idade. Eles vão ajudar a manter a pele firme, viçosa e longe do envelhecimento precoce.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 14 de Junho de 2018
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Carolina Reato Marçon

Palavra do Dermatologista

Dra. Carolina Reato Marçon

CRM: 113.379

Especialização em Clínica Médica e Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Médica Colaboradora do Setor de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Coordenadora do Programa Pró-Albino; Fellowship em Cosmiatria - Dr. Zoe Draelos, Carolina do Norte - EUA; Fellowship em Tricologia - Universidade de Bolonha, Itália - Prof. Antonella Tosti; Fellowship em Dermatoscopia e Microscopia Confocal - Universidade de Modena / Reggio Emilia, Itália; Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Academia Americana de Dermatologia e do Colégio Ibero-Latinoamericano de Dermatologia

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Qual é o melhor desodorante para os dias mais quentes? 3 dicas para escolher o melhor produto para o verão

Qual é o melhor desodorante para os dias mais quentes? 3 dicas para escolher o melhor produto para o verão

Axilas

Como acabar com a alta sudorese nas axilas? Dermatologista lista 6 dicas para dar fim ao problema

Como acabar com a alta sudorese nas axilas? Dermatologista lista 6 dicas para dar fim ao problema

Axilas

Manchas na pele da axila: como clarear + cuidados para prevenir o escurecimento da pele

Manchas na pele da axila: como clarear + cuidados para prevenir o escurecimento da pele

Axilas

Desodorantes antitranspirantes fazem mal? Deixam a pele das axilas sensível? Entenda!

Desodorantes antitranspirantes fazem mal? Deixam a pele das axilas sensível? Entenda!

Axilas

Desodorante causa câncer? Dermatologista esclarece e indica o melhor produto para o cuidado das axilas

Desodorante causa câncer? Dermatologista esclarece e indica o melhor produto para o cuidado das axilas

Axilas

Transpiração excessiva nas axilas: o que pode ser? Um desodorante pode diminuir a alta sudorese? Entenda!

Transpiração excessiva nas axilas: o que pode ser? Um desodorante pode diminuir a alta sudorese? Entenda!

Axilas

Últimas Matérias

Guia de beleza para homens: cuidados com a pele masculina, couro cabeludo e barba Novos hábitos de saúde e beleza com o fim da quarentena: dermatologista indica como serão os cuidados Pele perfeita sem maquiagem: rotina de skincare para uma pele bonita e saudável Como cuidar das sobrancelhas em casa: especialista dá dicas para manter a região impecável Como cortar o cabelo em casa: veja 3 dicas para aparar pontas, franja e até raspar a cabeça Peptídeos: o que são? Quais os benefícios? Como usar na pele? Conheça os vários tipos dessa proteína
Ver mais