Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Pano branco tem cura? Dermatologista explica os tratamentos dessa micose na pele

Será que a micose chamada de pano branco tem cura? Descubra!
Será que a micose chamada de pano branco tem cura? Descubra!

Entrevista com Dra. Lívia Luna, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Pano branco é o nome popular de uma micose superficial que acontece na pele do corpo, chamada de pitiríase versicolor. De acordo com a dermatologista Lívia Luna, do Rio de Janeiro, “ela é causada por fungos do gênero malassezia, leveduras que habitam no folículo piloso de forma latente sem causar doença”. Mas como essa doença de pele acontece? Como devemos nos proteger? O DermaClub esclarece essas dúvidas e, com ajuda da profissional, indica os melhores tratamentos. Confira!

Entenda como o pano branco surge na pele

Embora o pano branco seja uma doença causada por fungos que temos na pele, a médica explica que as manchas surgem somente em pacientes que apresentam fatores - externos e internos - favoráveis para o seu desenvolvimento. “As causas externas que facilitam a infecção são o calor e a umidade. Existem também fatores do hospedeiro que a favorecem, como a desnutrição, a sudorese excessiva, além do uso de anticoncepcionais, corticoides e imunossupressores”, disse. As lesões são caracterizadas por manchas brancas redondas e descamativas, que surgem em regiões mais oleosas do corpo, como rosto, costas e ombros.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Confira as principais formas de prevenir a micose

A boa notícia é que podemos evitar a doença com algumas medidas diárias, como: “O uso de roupas leves, arejadas e, preferencialmente, de tecidos não sintéticos, ajuda bastante na prevenção”, explicou a dermatologista.

Mas afinal, pano branco tem cura? Quais os principais tratamentos para acabar com esse problema?

De acordo com a médica, o tratamento é feito com dermocosméticos antifúngicos de uso tópico e, dependendo da extensão, associados a medicações orais. “Sempre oriento meus pacientes a pegarem um pouco de sol, para, aos poucos, repigmentar as áreas acometidas pela micose”, concluiu. É importante lembrar que essa exposição deve ser feita antes das 10 e depois das 16 horas - horários de menor incidência de radiação UV - e com a aplicação essencial do filtro solar.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 10 de Abril de 2018
Modificada em: 26 de Julho de 2021

Dra. Lívia Luna

Palavra do Dermatologista

Dra. Lívia Luna

CRM: 5285056-0

Graduada pela Universidade Gama Filho (RJ). Fez residência Médica, em Clínica Médica, pelo Hospital Federal do Andaraí (RJ). É Pós -Graduada em Dermatologia pela Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Também possui título de especialista pela Associação Médica Brasileira (AMB) e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Doutora Lívia está em constante atualização em cursos, congressos nacionais e internacionais para oferecer o que há de melhor e mais moderno aos seus pacientes.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Dermatologista

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Dermatologista

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Dermatologista

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Manchas na pele

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Manchas na pele

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Manchas na pele

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência