Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Pasta d'água como protetor solar: é possível? Dermatologista esclarece a questão

Entenda se a pasta d'água serve como protetor solar / Foto: Brooke Cagle / Unsplash.com
Entenda se a pasta d'água serve como protetor solar / Foto: Brooke Cagle / Unsplash.com

Entrevista com Dra. Lilia Guadanhim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Sabemos que o filtro solar é um dermocosmético fundamental na rotina de cuidados com a pele. O produto deve ser usado todos os dias, reaplicado a cada três horas e reforçado, especialmente, no verão e em lugares de alta exposição, como a praia. Por outro lado, muitas pessoas ainda têm dúvidas se este dermocosmético é a única forma de proteção contra a radiação solar ou se existem outros métodos preventivos mais acessíveis, como, por exemplo, a pasta d’água - será que a substância também possui a mesma ação de um protetor? O DermaClub entrevistou a dermatologista Lilia Guadanhim, de São Paulo, que esclareceu a questão. Veja só!

O que é a pasta d’água?

De acordo com a médica, “a pasta d'água é uma preparação farmacêutica de uso externo composta por óxido de zinco, talco, glicerina, metilparabeno, carbonato de cálcio e água de cal”. Ela é muito conhecida por ajudar no tratamento de leves irritações na pele, assaduras, escoriações e até queimaduras solares. Mas será que essa substância é capaz de proteger a pele da radiação solar e prevenir o risco de problemas, como o câncer da pele, manchas escuras de melasma e insolação?

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Podemos substituir o filtro solar pela pasta d’água?

A Dra. Lilia explica que essa substituição não é recomendada: “Por conter óxido de zinco, a pasta d’água em teoria poderia funcionar como um protetor solar físico. No entanto, a cosmética é muito grossa e para ter efeito de proteção solar, o paciente teria que ficar com o rosto completamente branco e coberto por uma camada espessa de produto, o que inviabiliza completamente o uso”, garantiu.

Entenda os riscos de usar a pasta d’água no lugar do filtro solar

O risco principal é de queimadura solar! “Pacientes que aplicam pasta d’água como filtro solar acabam aplicando uma camada muito fina ou espalhando excessivamente o produto para evitar aquela camada branca na pele e a proteção solar fica muito pequena ou inexistente”, atentou. Além disso, pode haver o desenvolvimento de alergias, irritações pelos outros componentes da fórmula, sem falar do surgimento de lesões de espinhas pela cosmética do produto.

Portanto, não substitua o filtro solar por nenhum outro produto que dizem ter a mesma ação. Antes de incluir ou trocar qualquer dermocosmético da sua rotina de cuidados com a pele, fale com seu dermatologista!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 05 de Setembro de 2018
Modificada em: 23 de Maio de 2019

Dra. Lilia Guadanhim

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilia Guadanhim

CRM: 133850

Formação em Medicina, Residência Médica em Dermatologia e Especialização em Cosmiatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo. Possui título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da International Dermoscopy Society. Tem especializações em Cosmiatria - Toxina Botulínica e Preenchimento na França e Dermatoscopia - Oncologia Cutânea na Itália. É médica colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais

Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais

Limpeza de pele

Resenha: testei o gel de limpeza CeraVe para a pele normal a oleosa

Resenha: testei o gel de limpeza CeraVe para a pele normal a oleosa

Limpeza de pele

Pré-carnaval e skincare: saiba como preparar sua pele para curtir a folia

Pré-carnaval e skincare: saiba como preparar sua pele para curtir a folia

Limpeza de pele

Prebióticos, probióticos e pós-bióticos: entenda as diferenças desses componentes em dermocosméticos

Prebióticos, probióticos e pós-bióticos: entenda as diferenças desses componentes em dermocosméticos

Limpeza de pele

Como lavar o rosto sem ressecar a pele oleosa e acneica: saiba como reforçar a barreira de proteção cutânea

Como lavar o rosto sem ressecar a pele oleosa e acneica: saiba como reforçar a barreira de proteção cutânea

Limpeza de pele

Como usar a FOREO corretamente? Dermatologista dá o passo a passo de como usar essa escova de limpeza facial

Como usar a FOREO corretamente? Dermatologista dá o passo a passo de como usar essa escova de limpeza facial

Limpeza de pele

Últimas Matérias

Guia de beleza para homens: cuidados com a pele masculina, couro cabeludo e barba Novos hábitos de saúde e beleza com o fim da quarentena: dermatologista indica como serão os cuidados Pele perfeita sem maquiagem: rotina de skincare para uma pele bonita e saudável Como cuidar das sobrancelhas em casa: especialista dá dicas para manter a região impecável Como cortar o cabelo em casa: veja 3 dicas para aparar pontas, franja e até raspar a cabeça Peptídeos: o que são? Quais os benefícios? Como usar na pele? Conheça os vários tipos dessa proteína
Ver mais