Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Peeling químico de ácido glicólico: conheça os benefícios desse tratamento de pele para acne, rugas e manchas

Saiba tudo sobre o peeling químico feito com ácido glicólico / Foto: Shutterstock
Saiba tudo sobre o peeling químico feito com ácido glicólico / Foto: Shutterstock

Entrevista com Dra. Tatiane Curi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

O ácido glicólico é um alfa-hidroxiácido (AHA) altamente solúvel em água, encontrado na cana-de-açúcar e que faz parte da formulação de vários dermocosméticos além de ser usado em procedimentos estéticos, como o peeling químico. Você sabe quais são os benefícios que o ativo pode proporcionar à pele através do tratamento de peeling? O DermaClub conversou com a dermatologista Tatiana Curi, de São Paulo, que esclareceu as principais vantagens dessa técnica.

Qual é a função do ácido glicólico na pele?

De acordo com a médica, o ácido glicólico é um importante renovador celular da pele, conhecido por facilitar a penetração de algumas substâncias na pele, como os ativos presentes nos cremes de tratamentos. “Ele também não é muito agressivo à pele, podendo ser utilizado até mesmo no verão, além de auxiliar na formação de colágeno”, explicou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Benefícios do peeling com ácido glicólico para a pele

Quando em preparações para peelings, a Drª Tatiana afirma que sua concentração é maior assim como o seu pH é mais baixo. Nesse caso, o procedimento proporciona uma série de benefícios à pele, como:

- Ação antienvelhecimento;
- Aumenta a hidratação;
- Auxilia na melhora da textura da pele;
- Ameniza a aparência dos poros;
- Ajuda no clareamento da pele;
- Auxilia na formação de colágeno;
- Melhora a elasticidade da epiderme;
- Tem ação anti-inflamatória devido ao seu poder esfoliante.
- Promove luminosidade e elimina a aparência de pele envelhecida devido à sua ação renovadora.

O peeling pode ser feito em diversas partes do corpo

O peeling de ácido glicólico pode ser realizado no rosto e nas regiões adjacentes, como colo e pescoço, para melhora de textura e clareamento de manchas. Tem indicações também em áreas corporais para tratamento de estrias e até na região do dorso para melhorar a aparência de cicatrizes escuras de acne.

“Uma indicação interessante desse ativo em peeling é utilizar nas áreas laterais de braços e pernas para melhora de uma patologia chamada queratose pilar (que são aquelas bolinhas vermelhas que muita gente se incomoda)”, ressaltou.

Em quais tratamentos de doenças esse procedimento é indicado?

Segundo a dermatologista, o peeling pode ser indicado para o tratamento de manchas na pele, como o melasma, oleosidade excessiva, fotodano, queratose pilar, acne, cicatrizes, estrias e, dependendo da indicação, até para amenizar o quadro de rosácea.

Em quais casos o procedimento é contraindicado?

Apesar de o ácido glicólico ser um ativo seguro, em alguns pacientes ele pode apresentar efeitos adversos como eritema, ardência, pinicação excessiva em caso de sensibilidade. “Desse modo, é interessante que o paciente se oriente com um dermatologista quando desejar fazer esse procedimento”, atentou a profissional.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 18 de Dezembro de 2018
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Tatiane Curi

Palavra do Dermatologista

Dra. Tatiane Curi

CRM: 108107

Medica, Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Especializada em Cosmiatria pela Universidade de Santo Amaro, com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associacao medica Brasileira. Também é sócia efetiva da sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatologia. Além disso, é medica do corpo clinico do Hospital Sírio Libanes - SP.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Dermatologista

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Dermatologista

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Dermatologista

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Dermatologista

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Dermatologista

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais