Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Pintas vermelhas na pele: o que significam? Veja em qual idade esses sinais costumam surgir

Pintas vermelhas ao longo do corpo são bem comuns em muitas pessoas, mas será que essas lesões podem significar ao risco para a pele?
Pintas vermelhas ao longo do corpo são bem comuns em muitas pessoas, mas será que essas lesões podem significar ao risco para a pele?

Entrevista com Dra. Juliana Jordão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

A pele é o maior órgão do corpo humano. Nela, podemos notar algumas características bem particulares, como as pintas - pequenos sinais, manchas ou pequenas elevações que podem apresentar diversas cores, desde castanho claro até avermelhado. Os sinais na tonalidade rubra, mais comuns em pessoas adultas, também podem surgir em gestantes e na pele madura. Mas, afinal de contas, qual é o significado dessas pintas? Precisamos nos preocupar com elas? Para esclarecer essas e outras dúvidas, o DermaClub conversou com a dermatologista Juliana Jordão, Curitiba. Confira!

Pintas vermelhas: o que são e em qual fase da vida costumam surgir?

Dermatologicamente conhecidas como nevos rubis, as pintas de coloração vermelha surgem pela proliferação e dilatação de pequenos vasos da pele. De acordo com a médica, “elas são mais comuns em pessoas de pele clara e gestantes, mas podem ocorrer em qualquer etnia ou época da vida - na fase adulta, sendo mais comumente durante a gestação ou em mulheres após os 40 anos”, afirmou.

Embora a coloração assuste um pouco, são consideradas lesões benignas que, em geral, permanecem com seu tamanho estável, mas podem mudar para tonalidade marrom ao longo do tempo. Mesmo assim, não deixe de ficar atenta a todos os sinais do seu corpo e consultar um dermatologista regularmente para a realização de exames de rotina.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

As causas das pintas vermelhas na pele podem estar no seu histórico familiar

Segundo a Dra. Juliana, “na maioria dos casos, há uma correlação genética com as pintas vermelhas, geralmente com história familiar positiva para presença de tais lesões. Porém, elas também podem surgir durante a gestação, período em que as alterações hormonais podem provocar o aumento da quantidade deste tipo de lesão”, afirmou.

É possível evitar o surgimento dessas pintas vermelhas?

Infelizmente, não é possível evitar o surgimento dessas pintas. Por outro lado, existem opções de terapia para as mesmas. “O tratamento só é indicado se há algum incômodo estético ou pelo atrito onde está localizado, já que se tratam de lesões benignas. Caso o paciente deseje tratar, recomendamos a eletrocauterização ou aplicação à laser, procedimento realizado pelo médico dermatologista”, esclareceu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 19 de Janeiro de 2018
Modificada em: 28 de Julho de 2021

Dra. Juliana Jordão

Palavra do Dermatologista

Dra. Juliana Jordão

CRM: 23783

Graduada pela Faculdade Evangélica do Paraná e especialista em dermatologia pelo Hospital Universitário Evangélico de Curitiba e em Clinical Fellowship em Laserterapia na Bélgica. É membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Atualmente ministrando aulas de Laserterapia e Cosmiatria nos Congressos Brasileiro de Dermatologia, de Cirurgia Dermatológica, Simpósio Anual de Cosmiatria e Laser, entre outros. Além de aplicar treinamento em Fotodermatologia para outros médicos dermatologistas em diversas cidades do Brasil.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Dermatologista

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Dermatologista

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Dermatologista

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Dermatologista

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Como tratar manchas escuras na pele do pescoço? Skincare com vitamina C, ácido tranexâmico e protetor solar

Dermatologista

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Como usar ácido tranexâmico para melasma? Veja a melhor forma de incluir o produto na rotina de skincare

Dermatologista

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência