Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Posso misturar um protetor solar com outro? Usar protetor do ano passado? Esclareça 5 dúvidas sobre o produto

Confira algumas dúvidas comuns sobre protetor solar / Foto: Shutterstock
Confira algumas dúvidas comuns sobre protetor solar / Foto: Shutterstock

Entrevista com Dra. Betina Stefanello, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

O protetor solar é um dermocosmético de uso obrigatório, principalmente no verão, para prevenir queimaduras solares, manchas na pele de melasma e o melanoma (tipo mais agressivo de câncer de pele). Embora muita gente saiba da importância deste produto, ainda existem algumas dúvidas sobre o seu uso, como, por exemplo: dá para misturar um filtro com outro? Usar um protetor vencido faz mal? E passar o protetor de corpo no rosto? Para esclarecer essas questões, o DermaClub entrevistou a dermatologista Betina Stefanello, do Rio de Janeiro.

1) Eu posso misturar um protetor solar com outro produto?

A médica explica que a princípio não faria mal algum. “Geralmente os protetores não possuem ativos que são incompatíveis com outros produtos. Inclusive, em alguns casos, recomendamos que pacientes com melasma usem protetor solar e por cima base com protetor solar ou até pó com filtro”.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) Eu posso misturar meu protetor solar com bronzeador?

Pode sim! “Alguns bronzeadores são apenas complexos de ativos que estimulam a melanina, muitos deles nem possuem fator de proteção, então, obrigatoriamente, você deve aplicar um protetor solar por cima”, garantiu. Outros até possuem fator de proteção, mas, na maioria das vezes, são muito fracos. Nesses casos, é importante aplicar protetor de FPS alto por cima.

3) Tem problema usar um protetor solar vencido?

Sim. Não se devem usar produtos vencidos de modo algum. “O protetor fora da validade pode ter sua fórmula degradada, e se transformar, digamos assim, em outro produto, podendo assim, reagir com a pele. Outra opção é que o produto vencido tenha perdido sua eficácia”, alertou.

4) Eu posso passar protetor solar de corpo no rosto?

Depende. “A pele do rosto é diferente da do corpo, já que apresenta mais oleosidade, e usando um protetor com textura oleosa no rosto você corre o risco de desenvolver acne”, atentou. Sendo assim, o mais adequado seria usar um protetor específico para cada região.

5) Na praia, eu posso aplicar o filtro solar apenas uma vez?

Tudo vai depender do tempo que você fica na praia. A Drª Betina explica que o ideal é reaplicar o protetor a cada duas horas se não entrar no mar. “Quanto mais tempo ficar, mais terá que reaplicar o protetor. Se você ficar um período curto, não há problema em passar apenas uma vez”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 24 de Janeiro de 2019
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Betina Stefanello

Palavra do Dermatologista

Dra. Betina Stefanello

CRM: 52-913715

Médica graduada pela Universidade Federal De Santa Catarina, pós-graduação em dermatologia pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay Da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Título de especialista de dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD. Internship in Skin Cancer in Santa Maria Nuova Reggio Emilia e dermatology in Hôpital L’arche in Nice. Chefe do setor de Cosmiatria do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay. Sócia da Clínica de Dermatologia Les Peaux no Rio de Janeiro. Autora de diversos artigos e capítulos de livro na área de Cosmiatria.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Dermatologista

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Dermatologista

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Dermatologista

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Dermatologista

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatologista

Mancha branca na pele: o que pode ser? Dermatologista lista as causas da descoloração

Mancha branca na pele: o que pode ser? Dermatologista lista as causas da descoloração

Dermatologista

Últimas Matérias

Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar Coceira na pele após o banho: entenda porque isso acontece e como tratar Conheça Lipikar Baume AP+M, da La Roche-Posay: o novo creme de hidratação profunda e ação anti-coceira Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena Retinol B3 de La Roche-Posay: o primeiro retinol em sérum adaptado para peles sensíveis
Ver mais