Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

MINÉRAL 89 30ML DE R$119,90 POR R$99,90. APROVEITE AGORA

Prebióticos e probióticos são a mesma coisa? Saiba como cuidar da pele sensível com ativos prebióticos

Entenda a diferença entre um cuidado prebiótico para a pele e probióticos / Foto: Shutterstock
Entenda a diferença entre um cuidado prebiótico para a pele e probióticos / Foto: Shutterstock

Entrevista com Dra. Lilia Guadanhim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Irritação, coceira, manchas vermelhas e uma sensação de repuxamento no rosto insuportável: esses são alguns sinais de que indicam que a sua pele anda bastante sensível! Essa condição, que afeta todo tipo de pele, principalmente durante inverno, pode ser tratada e evitada com alguns cuidados na sua rotina de beleza, como uma boa hidratação e a inclusão de um cuidado prebiótico. Você tem ideia do que são prebióticos? São o mesmo que probióticos (aquelas bactérias famosas presentes nos iogurtes)? Como eles agem na pele sensível? Para esclarecer essa e outras dúvidas sobre o tema, o DermaClub falou com a dermatologista Betina Stefanello, do Rio de Janeiro. Veja só!

Prebióticos e probióticos: são a mesma coisa? Entenda!

Segundo a médica, os probióticos são microrganismos vivos que, quando são ingeridos ou usados de forma adequada, proporcionam vários benefícios à nossa saúde de uma maneira geral. “A maior influência benéfica dos probióticos é com relação à microbiota intestinal e no aumento da resistência contra outros microrganismos que causam qualquer tipo de doença”, contou. Concluindo, eles ajudam no aumento da imunidade do paciente.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Já os prebióticos são componentes alimentares não digeríveis que afetam o paciente, por estimularem de forma seletiva a proliferação de bactérias saudáveis. Além disso, o prebiótico pode inibir a multiplicação de patógenos - organismos causadores de doenças - , garantindo benefícios extras à sua saúde.

De uma forma bem simples e básica: os probióticos são as bactérias boas e os prebióticos são os alimentos para as bactérias!

Entenda a função dos prebióticos e probióticos na pele

Essas bactérias também proporcionam uma série de benefícios à pele, como: “Manter a flora bacteriana saudável, evitando que microrganismos causadores de infecção ou patogênicos (fungos ou micobactérias) se multipliquem na região”, explicou a dermatologista.

Porque os prebióticos são indicados para a pele sensível?

Já que essas bactérias do bem ajudam manter a pele saudável e protegida de doenças, os prebióticos são cuidados importantes para a pele, principalmente para aquela que está sensível. “Isso porque essa condição pode deixar a pele muito lesionada devido ao ressecamento e à grande perda da sua integridade”, atentou. Por isso, os dermatologistas indicam tanto um produto prebiótico para a rotina de beleza para a pele seca e sensível.

A função de um produto prebiótico + como incluí-lo na rotina de cuidados

A Drª Betina conta que a função dos produtos prebióticos é "alimentar" a flora bacteriana boa da pele e manter intacta a sua barreira de proteção, deixando-a bem hidratada e evitando o surgimento de doenças de pele, como a psoríase e vários tipos de dermatite.
Para facilitar o seu dia a dia, montamos uma rotina de cuidados com a pele sensível usando um produto prebiótico:

1º passo) Lave o rosto usando um sabonete, capaz de promover uma limpeza eficaz, porém segura com ação hidratante e que não deixe a sua pele ressecada. Faça a higiene usando água fria ou morna para não agredir a região.

2º passo) Esse é o melhor momento para hidratar a sua pele! Aposte num hidratante com ação prebiótica para manter a região sensível nutrida e bem fortalecida, como o Toleriane Sensitive, de La Roche-Posay.

3º passo) Use um filtro solar com FPS alto para manter a pele bem protegida. Lembre-se que a radiação também causa a sensibilidade e o ressecamento da região.

4º passo) Finalize com a água termal, que além de ser um ótimo calmante, também alivia os sinais de irritação da pele sensibilizada.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 23 de Outubro de 2018
Modificada em: 11 de Julho de 2019

Dra. Lilia Guadanhim

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilia Guadanhim

CRM: 133850

Formação em Medicina, Residência Médica em Dermatologia e Especialização em Cosmiatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo. Possui título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da International Dermoscopy Society. Tem especializações em Cosmiatria - Toxina Botulínica e Preenchimento na França e Dermatoscopia - Oncologia Cutânea na Itália. É médica colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Cuidado e prevenção: a importância da limpeza e hidratação adequadas para preservar a barreira da pele

Cuidado e prevenção: a importância da limpeza e hidratação adequadas para preservar a barreira da pele

Hidratação

O que são peptídeos? Conheça os poderosos ativos que atuam na perda de colágeno

O que são peptídeos? Conheça os poderosos ativos que atuam na perda de colágeno

Hidratação

Ceramidas: o que são? Quais os benefícios para a pele? Tudo o que você precisa saber sobre

Ceramidas: o que são? Quais os benefícios para a pele? Tudo o que você precisa saber sobre

Hidratação

Neurosensine: o que é? Para que serve? As vantagens da substância para a pele sensível

Neurosensine: o que é? Para que serve? As vantagens da substância para a pele sensível

Pele sensível

Rosácea, sensibilidade, dermatite: 5 problemas na pele que surgem com o desequilíbrio do microbioma

Rosácea, sensibilidade, dermatite: 5 problemas na pele que surgem com o desequilíbrio do microbioma

Pele sensível

Qual é o melhor hidratante para usar no verão? Veja as opções de produtos para o corpo e rosto

Qual é o melhor hidratante para usar no verão? Veja as opções de produtos para o corpo e rosto

Hidratação

Últimas Matérias

SOS lábios: cuidados e procedimentos para deixar a sua boca ainda mais bonita Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais Óleo de Melaleuca (Tea Tree Oil): para que serve? É seguro? Quais os benefícios para a pele oleosa? 4 produtos com textura leve para a pele oleosa: do gel de limpeza ao sérum Rotina de pele oleosa para clarear manchas de acne: passo a passo para uniformizar o tom da pele Água termal no tratamento da psoríase realmente funciona? Confira a opinião de uma dermatologista
Ver mais