Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

MINÉRAL 89 30ML DE R$119,90 POR R$99,90. APROVEITE AGORA

Preenchimento para pálpebras e sobrancelhas caídas: como funciona? Ácido hialurônico ou toxina botulínica?

Entenda como funciona o preenchimento de pálpebras e sobrancelhas com ácido hialurônico e toxina botulínica / Foto: Getty Images
Entenda como funciona o preenchimento de pálpebras e sobrancelhas com ácido hialurônico e toxina botulínica / Foto: Getty Images

Entrevista com Dra. Tatiane Curi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Se você tem notado que suas pálpebras e sobrancelhas estão meio caídas, saiba que não está sozinha! Isso é bem comum de acontecer, principalmente depois dos 25 anos, quando começamos a perder as primeiras fibras de colágeno e elastina - proteínas que dão sustentação à nossa pele. Se a flacidez da região anda te incomodando muito, o preenchimento pode ser uma saída. Para saber como o procedimento funciona, o DermaClub entrevistou a dermatologista Tatiane Curi, de São Paulo.

Como o preenchimento facial pode levantar as pálpebras e sobrancelhas caídas?

A região das pálpebras e sobrancelhas possui uma pele bem fininha e sujeita à flacidez, o que acaba causando uma decaída na área. Para resolver esse problema, o preenchimento é uma boa alternativa para dar aquela levantada no local. "Normalmente o aspecto flácido dessa região se manifesta primeiro na cauda da sobrancelha. Preenchendo a cauda ou o arco do supercílio, seu rosto retorna à sua definição original", explicou a médica.

Para diminuir a flacidez da pele dos olhos, o     Creme Substiane Olhos, de La Roche-Posay   é a opção perfeita, além do preenchimento
Para diminuir a flacidez da pele dos olhos, o Creme Substiane Olhos, de La Roche-Posay é a opção perfeita, além do preenchimento

Esse procedimento deve ser feito com ácido hialurônico ou toxina botulínica?

De acordo com a dermatologista, das duas opções, o preenchimento só pode ser feito com o ácido hialurônico, já que essa substância ajuda devolver o volume da região. Por outro lado, a toxina, mesmo não sendo um elemento preenchedor, pode ser usada para levantar essa área do rosto. “Ela serve para relaxar a musculatura que causa o abaixamento da sobrancelha. Ou seja, aplicando a toxina nos músculos ‘abaixadores’, estes vão relaxar e só vão funcionar a musculatura responsável por levantar ou arquear essa área”, ressaltou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Agora, se a flacidez está mais intensa e a toxina botulínica não tenha proporciona o efeito desejado, a solução é optar pelo preenchimento com ácido hialurônico. “No procedimento, o médico dermatologista fará com que essa região fique mais projetada, elevando-se e arqueando alguns milímetros”, detalhou a profissional.

É um procedimento permanente? Quais cuidados devemos ter para durar mais?

O preenchimento com ácido hialurônico não é permanente. O nosso organismo acaba degradando a substância injetada e ela acaba durando, em média, 12 a 18 meses, dependendo da quantidade injetada, do paciente e do tipo ativo injetado. Para que o efeito do procedimento dure mais tempo, é importante praticar os seguintes cuidados:

Usar filtro solar todos os dias;
- Ter uma alimentação saudável;
- Não fumar;
- Evitar o efeito sanfona;
- Visitar o dermatologista com frequência.

Todas essas medidas evitam a rápida perda do ácido hialurônico na pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 31 de Maio de 2019
Modificada em: 18 de Julho de 2019

Dra. Tatiane Curi

Palavra do Dermatologista

Dra. Tatiane Curi

CRM: 108107

Medica, Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Especializada em Cosmiatria pela Universidade de Santo Amaro, com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associacao medica Brasileira. Também é sócia efetiva da sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatologia. Além disso, é medica do corpo clinico do Hospital Sírio Libanes - SP.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Água termal no tratamento da psoríase realmente funciona? Confira a opinião de uma dermatologista

Água termal no tratamento da psoríase realmente funciona? Confira a opinião de uma dermatologista

Dermatologista

Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia?

Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia?

Dermatologista

Vitamina B3 (niacinamida): o que é? Conheça a substância e o que ela pode fazer pela sua pele

Vitamina B3 (niacinamida): o que é? Conheça a substância e o que ela pode fazer pela sua pele

Dermatologista

Cafeína para a pele: da proteção solar ao combate à celulite, descubra 3 benefícios surpreendentes

Cafeína para a pele: da proteção solar ao combate à celulite, descubra 3 benefícios surpreendentes

Olhos

Queimadura solar pode se tornar uma mancha? Dermatologista esclarece o assunto

Queimadura solar pode se tornar uma mancha? Dermatologista esclarece o assunto

Dermatologista

Rosácea, sensibilidade, dermatite: 5 problemas na pele que surgem com o desequilíbrio do microbioma

Rosácea, sensibilidade, dermatite: 5 problemas na pele que surgem com o desequilíbrio do microbioma

Dermatologista

Últimas Matérias

Microbioma da pele: o que é? Entenda o que são cuidados prebióticos, probióticos e pós-bióticos Esfoliante para o couro cabeludo: ajuda com a caspa? Resseca o cabelo? 4 mitos e verdades sobre o assunto Queratina: o que é? Qual é a função da queratina nos cabelos? Como usar na rotina de cuidados capilar? SOS lábios: cuidados e procedimentos para deixar a sua boca ainda mais bonita Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais Óleo de Melaleuca (Tea Tree Oil): para que serve? É seguro? Quais os benefícios para a pele oleosa?
Ver mais