Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Peeling: quando é indicado? Quais são os tipos? 7 dúvidas sobre procedimento estético

Quer fazer peeling? Esclareça as principais dúvidas sobre esse procedimento
Quer fazer peeling? Esclareça as principais dúvidas sobre esse procedimento

Redação por Karoline Miranda

Você sabe o que é peeling? Esse procedimento estético tem o objetivo de remover as células mortas da pele, através da aplicação de algumas substâncias ácidas, como o ácido glicólico. Entretanto, muita gente nunca fez e têm curiosidade de entender o que é e quais as diferenças entre os tipos de peeling. Para te ajudar, o DermaClub explicou quais as funções de cada um desses tratamentos, como fazer e em quais casos ele é indicado. Vem tirar suas dúvidas com a gente!

1. O que é peeling?

O peeling nada mais é do que a remoção de algumas camadas superficiais da pele. Pode haver a remoção parcial ou total das células mortas, promovendo uma descamação que é eficaz para a prevenção de diversos problemas faciais e dermatológicos, como manchas, cicatrizes, cravos e espinhas.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. Quais são os tipos de peeling?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o peeling se divide em dois grandes tipos: o peeling físico e o peeling químico. Daí, existem diversas subdivisões de tipos de peeling que podem ser mais adequados para cada tipo de pele, como o de diamante de cristal, ultrassônico e o enzimático.

3. O que é o peeling físico?

Esse tipo de peeling utiliza agentes mecânicos para fazer a renovação da pele, como a esfoliação. Ela pode ser feita com diversos produtos abrasivos através de micropartículas de cristal - o conhecido peeling de cristal - ou de diamante - o peeling de diamante. Esses agentes promovem a abrasão e renovando as camadas da pele.

4. O que é o peeling químico?

Ao contrário do peeling físico, o peeling químico utiliza substâncias ácidas para promover a descamação desejada. Os maiores exemplos de peelings químicos são os feitos com ácido salicílico, ácido retinóico e ácido glicólico.

5. Para quais tipos de pele é indicado o peeling físico?

O peeling físico é indicado em casos de flacidez, pele opaca e com manchas. Se você sofre com algum desses problemas, consulte um dermatologista para recomendar o melhor tipo de peeling físico para o seu caso - como o de cristal, de diamante ou até mesmo uma esfoliação caseira.

6. Quando é indicado fazer um peeling?

Se você está insatisfeita com a sua pele, esse é o momento perfeito para fazer um peeling. O procedimento é indicado para todos os tipos de pele, até mesmo para quem sofre com a sensibilidade ou com o ressecamento. A frequência das sessões pode variar de acordo com os diferentes tipos de peeling. Para um procedimento seguro, tudo deve ser supervisionado pelo dermatologista.

7. Há contraindicações?

Há poucas contraindicações, mas mesmo assim, é importante ressaltar para a saúde da pele de cada paciente. Se você tiver hipersensibilidade a algum dos ácidos ou materiais que são aplicados no procedimento, a atenção deve ser ainda maior. Grávidas também não podem fazer peeling químico, já que os efeitos ainda são desconhecidos em gestantes; neste caso, o recomendado é que optem por um peeling mais superficial.

*Ficou com dúvidas? Procure o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e agende uma consulta!

Publicada em: 13 de Agosto de 2021
Modificada em: 13 de Agosto de 2021

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Tratamento de pele

Alergia na pele pós-peeling químico: é comum acontecer? Saiba como prevenir o quadro de sensibilidade

Alergia na pele pós-peeling químico: é comum acontecer? Saiba como prevenir o quadro de sensibilidade

Tratamento de pele

Vitamina C para o rosto e niacinamida: podem ser usadas juntas? Ajudam no tratamento de manchas na pele?

Vitamina C para o rosto e niacinamida: podem ser usadas juntas? Ajudam no tratamento de manchas na pele?

Tratamento de pele

Micropigmentação para tratamento de manchas, sardas, vitiligo... Dermatologista explica os benefícios

Micropigmentação para tratamento de manchas, sardas, vitiligo... Dermatologista explica os benefícios

Tratamento de pele

Tratamento de rugas: dermatologista indica produtos e procedimentos para reduzir a flacidez da pele

Tratamento de rugas: dermatologista indica produtos e procedimentos para reduzir a flacidez da pele

Tratamento de pele

Vitamina C: rosto, colo, pescoço, mãos... conheça os benefícios do ativo para todas essas regiões

Vitamina C: rosto, colo, pescoço, mãos... conheça os benefícios do ativo para todas essas regiões

Tratamento de pele

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência