Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Quarentena e crianças: psicóloga explica como o estresse pode impactá-las e como lidar com temas difíceis

Entenda como a quarentena pode estar afetando as crianças e o que fazer para minimizar o estresse / Foto: Getty Images
Entenda como a quarentena pode estar afetando as crianças e o que fazer para minimizar o estresse / Foto: Getty Images

Redação por Livia Dambrosio

Se ficar em casa pode acabar sendo tedioso para um adulto, imagine para uma criança. Os pequenos estão sendo mais afetados pela quarentena e, muitas vezes, fica difícil para os pais explicarem o motivo de não poder brincar com os amigos, ir para a rua, frequentar a escola e fazer todas aquelas outras atividades rotineiras. Pensando nisso, entrevistamos a psicóloga Flavia Péres, que explicou a melhor forma de ajudar os seus filhos a lidarem com esses tempos difíceis.

De que maneira o estresse pode afetar as crianças? Conheça os primeiros sintomas de ansiedade

Segundo a especialista, o estresse infantil surge quando algo assustador acontece ou quando exige certa adaptação da criança. “Qualquer situação que desperte fortes emoções (boas ou más), mudança de rotina ou estilo de vida podem interferir significativamente para isto”, explicou. As reações observadas podem ser físicas ou psicológicas e elas acontecem porque a criança precisa canalizar sua energia em alguma coisa para lidar com esta nova situação.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Os principais sintomas observados costumam estar relacionados com:

- Alterações no sono (agitação, dificuldade para dormir);
- Alimentação (perda de apetite);
- Humor (a raiva pode aparecer mais frequentemente);

A psicóloga ainda alerta que se o fator causador do estresse se prolongar, problemas mais sérios podem aparecer como: “Medo excessivo, ansiedade, depressão, náuseas, terror noturno, tique nervoso, hiperatividade, gagueira, urinar na cama, entre outros”.

Como podemos ajudar as crianças a lidarem com a quarentena?

Flavia explica que essa situação traz grandes desafios para todos nós. Com relação às crianças, isto não pode ser minimizado. “A primeira grande dificuldade que os pais podem enfrentar consiste em como explicar o que está acontecendo e introduzir novos hábitos de higiene, como não colocar a mão no rosto, lavar as mãos com frequência e não tocar em objetos se precisarem sair à rua”, ressaltou.

Os pais precisam compreender que as informações devem ser dadas baseadas na verdade e de acordo com o desenvolvimento emocional e cognitivo da criança. Em alguns casos, um profissional pode ser útil aos pais na condução desta conversa ou mesmo no enfrentamento desta situação. “É muito importante que os pais estejam atentos às mudanças que podem acontecer com seus filhos e estarem atentos às suas próprias emoções, pensamentos e comportamentos, para que consigam o equilíbrio necessário”, orientou.

Exercícios em casa para fazer com as crianças para aliviar o estresse

Diante de uma situação tão inusitada, a profissional garante que é necessária uma dose extra de criatividade. “Apartamentos e casas ficaram pequenos para conter tanta energia acumulada e tanto estresse. Desta forma mantenham as crianças longe de celulares e televisões sempre que possível. Já para os pais, existem vários canais especializados (no YouTube por exemplo) que estão ensinando atividades lúdicas, jogos e alternativas de entretenimento (leitura, pintura) que podem ajudá-los a manter as crianças ocupadas e menos estressadas”, indicou.

Este artigo tem a participação de:
Flavia Peres, psicóloga formada em terapia cognitiva comportamental. 
CRP 24148

Publicada em: 06 de Março de 2020
Modificada em: 06 de Maio de 2020

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

#AcnePositivity: conheça o movimento que apoia a autoaceitação de espinhas

#AcnePositivity: conheça o movimento que apoia a autoaceitação de espinhas

Bem-estar

Ampola de vidro em dermocosméticos: quais os benefícios? Como funciona? Como descartar corretamente?

Ampola de vidro em dermocosméticos: quais os benefícios? Como funciona? Como descartar corretamente?

Saúde

Como cuidar da pele durante o tratamento de câncer de mama: dicas de produtos e rotina de skincare

Como cuidar da pele durante o tratamento de câncer de mama: dicas de produtos e rotina de skincare

Saúde

Dia do médico: conheça a origem dessa data e a importância desses profissionais para o sistema de saúde

Dia do médico: conheça a origem dessa data e a importância desses profissionais para o sistema de saúde

Saúde

O tratamento oncológico e as consequências na pele

O tratamento oncológico e as consequências na pele

Saúde

Como proteger a pele durante a quimioterapia

Como proteger a pele durante a quimioterapia

Saúde

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais