Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Será que a falta de sol pode agravar doenças de pele como a dermatite atópica e a psoríase? / Foto: Getty Images
Será que a falta de sol pode agravar doenças de pele como a dermatite atópica e a psoríase? / Foto: Getty Images

Entrevista com Dra. Gabriella Albuquerque, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Se você sofre com os sintomas da dermatite atópica ou da psoríase, certamente já deve ter ouvido falar que é preciso evitar ao máximo a exposição solar. Mas será que é realmente necessário fugir completamente do sol? Conhecido como o “vilão” das doenças de pele, é comum que os seus benefícios passem despercebidos. Na verdade, expor-se ao sol diariamente e com moderação, pode ajudar a regular o sistema imunológico e dificultar a formação da dermatite atópica e da psoríase. Para saber mais sobre o assunto, o Dermaclub conversou com a Dra. Gabriella Albuquerque, que contou como a falta de sol por longos períodos pode agravar essas doenças. Veja só!

É verdade que as crises de dermatite atópica e psoríase podem melhorar com o sol?

A médica explica que, de uma maneira geral, o sol pode, sim, melhorar a psoríase e a dermatite atópica, devido ao efeito anti-inflamatório e imunomodulador da radiação solar. “As duas doenças são mediadas por nosso sistema imunológico. Por isso, ao tomarmos um banho de sol, alguns mediadores imunológicos podem ter sua ação reduzida e, consequentemente, aliviar os sintomas da dermatite atópica e psoríase”, explicou. Mas, ainda assim, essa exposição deve ser feita de maneira controlada e sempre com o uso de filtro solar.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Qual o melhor horário para pegar sol e tratar as doenças?

Nesse caso, a resposta está relacionada ao período do dia de maior produção de vitamina D. Segundo Dr. Gabriella, o sol que mais produz está vitamina é desencadeado pelo raio UVB-ultravioleta B, que está em alta às 12 horas. “Cerca de 10 a 15 minutos de banho de sol nas áreas fotos expostas, como braços e pernas, três vezes por semana já é o suficiente para a estimulação da UVB”, esclareceu a médica.

Entretanto, a profissional ressalta que é importante tomar alguns cuidados com a pele durante e após a exposição solar: “Reserve um filtro solar específico para o rosto durante o banho de sol. Depois disso, é preciso hidratar bem a pele, fazer uma alimentação balanceada e beber bastante líquido”, finalizou.

Produtos relacionados

Além da exposição solar, existem outros cuidados fundamentais para se ter com a psoríase e dermatite atópica

Engana-se quem acredita que apenas alguns minutos de banho de sol podem ser suficientes para evitar as crises de dermatite atópica e psoríase. Existem uma série de cuidados diários que também devem ser seguidos rigorosamente para amenizar os sintomas das doenças. Veja alguns deles:

1. Beba bastante água! Manter-se hidratado é o primeiro passo para diminuir as crises das doenças;

2. Evite qualquer tipo de trauma na pele, seja ele físico, químico, infecciosos ou inflamatórios, já que ele pode desencadear lesões e manchas vermelhas;

3. Opte sempre que possível por banhos frios e rápidos;

4. Invista em uma dieta balanceada e rica em vitamina D, ômega-3 e antioxidantes para reduzir os sintomas das doenças;

5. Leve uma vida mais tranquila. O estresse é outro fator capaz de agravar os quadros de psoríase e dermatite atópica.

Publicada em: 27 de Fevereiro de 2020
Modificada em: 24 de Abril de 2020

Dra. Gabriella Albuquerque

Palavra do Dermatologista

Dra. Gabriella Albuquerque

CRM: 52.71503-4

A Dra. Gabriella Albuquerque, do Rio de Janeiro, é membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Ao longo de sua carreira, a Dra. Gabriella tem capítulos de livros publicados, artigos em revistas dermatológicas e ministra aulas em diversos congressos, cursos e workshops para outros dermatologistas.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista

Psoríase leve, moderada, grave: conheça os graus da doença de pele e como tratar as manchas vermelhas no corpo

Psoríase leve, moderada, grave: conheça os graus da doença de pele e como tratar as manchas vermelhas no corpo

Doenças de pele

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Dermatologista

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Dermatologista

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Dermatologista

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Dermatologista

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais