Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Rugas na pele: como tratar os sinais de envelhecimento que já podem ser notados?

As primeiras rugas, sinais do envelhecimento da pele, podem ser prevenidas e tratadas com alguns cuidados diários
As primeiras rugas, sinais do envelhecimento da pele, podem ser prevenidas e tratadas com alguns cuidados diários

Entrevista com Dra. Lívia Luna, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

As rugas e linhas de expressão, sinais do envelhecimento da pele, podem aparecer precocemento por conta da exposição à radiação solar e poluição sem proteção, falta de hidratação ou até mesmo devido à privação do sono. Entretanto, elas não devem ser consideradas um problema, mas, sim, como um fator que tem a ver com o estilo de vida do paciente. Para quem não pretende exibir essas marcas antes do tempo, é importante prevenir e tratar. O DermaClub conversou com a dermatologista Livia Luna, do Rio de Janeiro, que explicou como encarar as primeiras rugas. Confira!

As primeiras rugas começam a ser notadas ainda na juventude

De acordo com a médica, “as primeiras rugas de expressão podem ser notadas aos 25 anos, mas, é a partir dos 30 que esses sinais são mais observados”, esclareceu. Também é importante lembrar que essas linhas acabam sendo mais comuns em pessoas que ficam expostas mais tempo às agressões externas, como a radiação solar, poluição, tabagismo, álcool e má alimentação.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

É possível tratar os sinais de envelhecimento, como rugas e flacidez, já instalados

Se as rugas são motivo de incômodo para você, a solução é buscar um tratamento ideal com seu dermatologista. É muito importante consultar um médico, pois antes de indicar a terapia, ele levará em conta a idade, o tipo de pele e os sinais presentes. Segundo a Dra. Livia, “o uso de medicamentos com ácido retinoico acaba sendo o preferido nestes casos. O ativo ajuda a afinar a pele, melhorando sua qualidade, dando luminosidade, além de estimular a produção de colágeno e melhora das rugas”, garantiu.

Com alguns cuidados, é possível prevenir o aparecimento de mais sinais de envelhecimento

“Um bom acompanhamento, desde cedo, com o dermatologista, adotando uma limpeza adequada da pele, uso diário de filtro solar e até de início de alguns dermocosméticos específicos, ajudam, sem dúvida, a prevenir o envelhecimento cutâneo”. Outros tratamentos muito utilizados são os que contam com antioxidantes - substâncias que ajudam a neutralizar a produção de radicais livres e, consequentemente, combater o envelhecimento extrínseco. Seu uso também pode evitar novas rugas, além de uniformizar o tom da pele, melhorar a flacidez, e ajudar a prevenir um possível câncer de pele.

A vitamina C é um dos antioxidantes mais potentes na prevenção e tratamento dos sinais do envelhecimento. Antioxidantes contendo sua forma pura, o ácido L-ascórbico, são fortes aliados nos cuidados anti-idade não somente impedindo a ação nociva dos radicais livres, mas também aumentando a produção de colágeno, uniformizando a tonalidade da pele e aumentando a luminosidade.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 21 de Dezembro de 2017
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Lívia Luna

Palavra do Dermatologista

Dra. Lívia Luna

CRM: 5285056-0

Graduada pela Universidade Gama Filho (RJ). Fez residência Médica, em Clínica Médica, pelo Hospital Federal do Andaraí (RJ). É Pós -Graduada em Dermatologia pela Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Também possui título de especialista pela Associação Médica Brasileira (AMB) e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Doutora Lívia está em constante atualização em cursos, congressos nacionais e internacionais para oferecer o que há de melhor e mais moderno aos seus pacientes.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista indica como fazer limpeza de pele profunda em casa com segurança

Dermatologista

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Dermatologista

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Dermatologista

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Dermatologista

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Dermatologista

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Dermatologista

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais