Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Saiba como tratar as manchas de acne e descubra quais ativos ajudam a minimizar a aparência das lesões

Descubra quais as melhores maneiras de tratar as manchas de acne e disfarçar o efeito visual das marquinhas
Descubra quais as melhores maneiras de tratar as manchas de acne e disfarçar o efeito visual das marquinhas

Entrevista com Dra. Vanessa Metz, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

A pele oleosa e acneica tem maiores chances de manchar devido ao processo inflamatório das espinhas. O quadro causa desconforto em algumas pessoas por conta do aspecto visual que proporciona ao rosto. No início, as marquinhas são avermelhadas e, depois, podem se tornar amarronzadas. Pensando nisso, o DermaClub separou para você as melhores alternativas para tratar o problema. Confira!

Descubra por que as manchas de acne acontecem

De acordo com a dermatologista Vanessa Metz, do Rio de Janeiro, existem diferentes estimuladores das marcas de acne:

- A predisposição do paciente é um dos principais fatores;

- Manipular as espinhas aumentam as chances da pele marcar;

- A radiação também influencia na pigmentação da pele; por isso, use filtro solar diariamente. Protetores com cor são ainda mais eficazes, já que refletem a luz visível.

Saiba quais são os melhores tratamentos para as marcas de acne

Segundo a médica, quando a cicatriz já está formada existem algumas opções de procedimentos que traumatizam a pele para estimular a produção de colágeno. Entre eles estão o migroagulhamento, dermoabrasão e o laser fracionado. “Também podem ser realizados peelings, laser ou luz pulsada para manchas muito pigmentadas. É importante lembrar que são necessárias algumas sessões dessas técnicas até atingir o resultado esperado pelo paciente”, explicou.

Entenda quais ativos ajudam a minimizar o efeito visual das cicatrizes

Já existem produtos com ativos despigmentantes que também auxiliam na redução e controle da oleosidade. Assim, minimiza o aspecto das marquinhas e ainda previne a pele de novas lesões. Para clarear a região afetada devem ser aplicados dermocosméticos com ácido retinoico, antioxidantes, hidroxiácidos ou clareadores, como hidroquinona, o ácido azeláico e o PhE-Resorcinol, em suas formulações. Lembre-se de conversar com um médico membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia para que os cremes mais indicados para sua pele sejam recomendados.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 06 de Julho de 2016
Modificada em: 23 de Maio de 2019

Dra. Vanessa Metz

Palavra do Dermatologista

Dra. Vanessa Metz

CRM: 52794953

Dra. Vanessa Metz é especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, formada em medicina pela Faculdade Souza Marques e pós-graduada em dermatologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Foi vice-presidente da Associação dos Dermatologistas da UERJ (ADUERJ) no ano de 2009 e professora substituta do serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Pedro Ernesto no ano de 2010. É sócia efetiva da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da Academia Americana de Dermatologia (AAD). Está em constante atualização participando de cursos e congressos no Brasil e exterior para trazer aos seus pacientes o que há de mais moderno.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Dermatologista

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Dermatologista

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Dermatologista

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Dermatologista

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Dermatologista

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatologista

Últimas Matérias

Efeitos da COVID-19 na pele: dermatologista explica como a doença também pode se manifestar no corpo Entenda a diferença entre os 3 séruns anti-idade de La Roche-Posay: Salicyli C10, Retinol B3 e Hyalu B5 Repair Heróis da vida real: relato de um dermatologista que trabalha na linha de frente contra a COVID-19 Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar Coceira na pele após o banho: entenda porque isso acontece e como tratar
Ver mais