Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Saiba o que são danos acumulados na pele e como acontece o processo de envelhecimento biológico cutâneo

Descubra o que são os danos acumulados e o processo de envelhecimento precoce
Descubra o que são os danos acumulados e o processo de envelhecimento precoce

Entrevista com Dra. Luciana Kalache, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

O envelhecimento é um processo natural e a pele acaba sendo um dos primeiros órgãos a demonstrar isso. Para a dermatologista Luciana Kalache, de Curitiba, Paraná, isso ocorre por diferentes estimuladores diários, como a poluição, exposição solar, estresse e maus hábitos - que podem ser evitados. Descubra a diferença entre os danos acumulados, envelhecimento biológico e qual a melhor maneira de evitar as rugas e marcas de expressão precoces.

Entenda o que são danos acumulados

De acordo com a médica, os danos acumulados são o resultado de várias lesões ao DNA celular, que se somam e levam ao envelhecimento acelerado, surgimento de manchas e até mesmo o câncer de pele. “A exposição à radiação ultravioleta, por exemplo, não manifesta os efeitos de imediato, eles vão se armazenando. Por isso, é tão importante que a fotoproteção se inicie logo nos seis primeiros meses de vida”, explicou, enfatizando que, mesmo que na vida adulta e na terceira idade não haja exposição, os excessos da juventude abrem espaço para os efeitos.

Descubra como é o processo de envelhecimento biológico

Segundo a Dra. Luciana, o processo de envelhecimento biológico sofre influência de diferentes fatores: genéticos, hormonais e metabólicos. “Os processos metabólicos, que vão gerar reações químicas nas células e estimular a produção de radicais livres - que aceleram a degradação do colágeno -, estão associados à exposição, à radiação ultravioleta, ao tabaco, poluição, álcool, entre outros”, contou.

Dermatologista dá dicas para evitar o envelhecimento precoce

Para a médica, a prevenção é a melhor alternativa. “É essencial evitar os fatores de risco, principalmente com relação à exposição à radiação UV. Além disso, evitar o fumo e o consumo de álcool em excesso também ajudam”, esclareceu. Confira algumas dicas para cuidar do corpo e evitar o envelhecimento precoce:

- Adote como hábito o uso do protetor solar. O FPS deve ser igual ou maior a 30 e o produto precisa ser espalhado por toda superfície que não estiver coberta por roupas, mesmo em dias chuvosos ou nublados. Não se esqueça de reaplicá-lo pelo menos três vezes ao decorrer do dia;

- Existem ainda diversas opções de dermocosméticos que podem ajudar no processo de prevenção e também no tratamento dos sinais. São eles cremes com vitamina C, vitamina E, resveratrol, ácido hialurônico, hidroxiácidos e retinoides em sua formulação.

- Já em consultório, é possível realizar procedimentos como peelings, luz pulsada, lasers, preenchimento e toxina botulínica, que devem ser realizados por dermatologistas.

Saiba por que o período noturno é o mais indicado para recuperar a pele

A especialista explicou que é durante a noite que, por questões hormonais, a pele se recupera das agressões sofridas durante o dia. “Esse é um momento muito importante, por isso não se deve nunca dormir com maquiagem. É nesse período que oriento o uso de cremes mais potentes com ação anti-idade”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 11 de Maio de 2016
Modificada em: 23 de Maio de 2019

Dra. Luciana Kalache

Palavra do Dermatologista

Dra. Luciana Kalache

CRM: PR025411

Médica formada pela Universidade Federal do Paraná, realizou residência de Clínica Médica no Hospital de Clínicas da UFPR e especialização em Dermatologia pelo Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba. É membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, participa de vários congressos anualmente, além de ministrar aulas em eventos de importância nacional e estadual. Atua na área de dermatologia clínica e cirúrgica, atendendo crianças e adultos no tratamento dermatológico médico e estético.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

4 melhores produtos para a redução de acne e cravos + controle da oleosidade + ação anti-idade

4 melhores produtos para a redução de acne e cravos + controle da oleosidade + ação anti-idade

Envelhecimento

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

DIU de cobre pode causar espinhas? Dermatologista esclarece a dúvida e indica cuidados para tratar a acne

Dermatologista

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Como diminuir a oleosidade do cabelo: produtos e cuidados para tratar a caspa, coceira e dermatite seborreica

Dermatologista

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Escova de limpeza facial (FOREO): como usar? Como limpar? Dermatologista dá dicas de como higienizar e cuidar

Dermatologista

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão

Dermatologista

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas?

Dermatologista

Últimas Matérias

Sabonete para acne: conheça o melhor produto para o rosto + rotina de skincare para cravos e espinhas Ácido hialurônico em creme, sérum, preenchimento e cápsula: qual é o mais recomendado? Entenda as diferenças Argila branca: para que serve? Ajuda a tratar manchas na pele? Controla a oleosidade? 6 dúvidas sobre o ativo Hidratante para a pele oleosa: 5 produtos que não deixam seu rosto pesado Qual é o melhor hidratante para a pele oleosa? Conheça características e ativos para acertar na hora da compra O que é bom para foliculite na virilha? Cuidados para diminuir as bolinhas vermelhas e prevenir as manchas
Ver mais