Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Saiba por que devemos respeitar a validade dos produtos dermocosméticos

Ficar atenta à validade dos produtos é fundamental para impedir que sejam contaminados por micro-organismos
Ficar atenta à validade dos produtos é fundamental para impedir que sejam contaminados por micro-organismos

Entrevista com Dra. Juliana Jordão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Você já comprou algum dermocosmético, utilizou, esqueceu na gaveta por algum tempo e quando foi aplicá-lo novamente viu que a validade estava vencida? Essa situação é muito mais comum do que pensamos e, por conta disso, surge a dúvida se o produto ainda pode ser aproveitado. Para responder a essas e outras perguntas correspondentes ao prazo de produtos para a pele, o DermaClub entrevistou a dermatologista Juliana Jordão, de Curitiba, Paraná. Olha só!

Por que todo dermocosmético tem validade?

Segundo a médica, o prazo se refere principalmente ao período de atuação dos conservantes e estabilizantes utilizados para garantir a qualidade e impedir que o produto seja contaminado por micro-organismos. “Depois da validade, o dermocosmético pode ser contaminado com fungos e bactérias”, explicou.

Entenda quais os problemas podem ser desencadeados quando não se respeita o prazo

Além da possibilidade de contaminação, após o prazo, não é possível garantir que os ativos presentes no produto atuem de forma esperada e podem, inclusive, causar reações adversas nas regiões aplicadas. Por isso, a dermatologista alertou para alguns sinais que ajudam a identificar quando algo não vai bem com o seu dermocosmético: “Quando perceber mudança de coloração, odor ou consistência é importante entrar em contato com o serviço de atendimento ao consumidor (SAC) da empresa, já que essas alterações também podem ocorrer dentro do prazo de validade”, esclareceu.

Qual é a melhor maneira de conservar um produto de beleza?

De acordo com a Dra. Juliana, o maior truque para a conservação é fechar a embalagem corretamente. “Dermocosméticos com válvula pump ou com bicos finos são os que conservam melhor os ativos. Após o uso, também é recomendável fechá-los totalmente, evitando deixá-los expostos ao sol ou ao calor constante de um automóvel fechado, por exemplo. Na praia ou piscina é muito importante deixar o filtro solar na sombra, pois ele se desestabiliza quando exposto diretamente a altas temperaturas”, concluiu.

Agora que você já sabe dessas dicas, sempre fique atenta para a conservação e validade dos seus produtos! A sua saúde agradece!

Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 17 de Outubro de 2016
Modificada em: 23 de Maio de 2019

Dra. Juliana Jordão

Palavra do Dermatologista

Dra. Juliana Jordão

CRM: 23783

Graduada pela Faculdade Evangélica do Paraná e especialista em dermatologia pelo Hospital Universitário Evangélico de Curitiba e em Clinical Fellowship em Laserterapia na Bélgica. É membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Atualmente ministrando aulas de Laserterapia e Cosmiatria nos Congressos Brasileiro de Dermatologia, de Cirurgia Dermatológica, Simpósio Anual de Cosmiatria e Laser, entre outros. Além de aplicar treinamento em Fotodermatologia para outros médicos dermatologistas em diversas cidades do Brasil.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Psoríase leve, moderada, grave: conheça os graus da doença de pele e como tratar as manchas vermelhas no corpo

Psoríase leve, moderada, grave: conheça os graus da doença de pele e como tratar as manchas vermelhas no corpo

Manchas na pele

Argila branca: para que serve? Ajuda a tratar manchas na pele? Controla a oleosidade? 6 dúvidas sobre o ativo

Argila branca: para que serve? Ajuda a tratar manchas na pele? Controla a oleosidade? 6 dúvidas sobre o ativo

Manchas na pele

O que é bom para foliculite na virilha? Cuidados para diminuir as bolinhas vermelhas e prevenir as manchas

O que é bom para foliculite na virilha? Cuidados para diminuir as bolinhas vermelhas e prevenir as manchas

Manchas na pele

Como diminuir manchas de espinhas: 5 dicas de tratamentos e produtos

Como diminuir manchas de espinhas: 5 dicas de tratamentos e produtos

Manchas na pele

Quanto tempo demora para sair uma espinha interna? Como tratar a acne sem causar manchas na pele

Quanto tempo demora para sair uma espinha interna? Como tratar a acne sem causar manchas na pele

Manchas na pele

Mancha no buço: como tirar? O que pode ser? Dermatologista explica as causas e tratamentos para o problema

Mancha no buço: como tirar? O que pode ser? Dermatologista explica as causas e tratamentos para o problema

Manchas na pele

Últimas Matérias

Traços da tatuagem: dermatologista e tatuadora indicam todos os cuidados para manter o desenho perfeito Falhas no cabelo: o que é alopecia areata? Causas e tratamento para a doença que motiva a queda de cabelo Ácido salicílico: para que serve? Qual é a função? Como usar na rotina de skincare? Dermatologista indica Skincare no verão: 4 produtos para prevenir queimadura solar, mancha, câncer de pele e envelhecimento precoce Cabelo caindo muito: estresse, química, alimentação... 5 fatores que podem causar a queda dos fios Foliculite decalvante: o que é? Como tratar o problema que causa queda de cabelo e calvície
Ver mais