Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Saiba por que algumas pessoas são alérgicas e intolerantes à lactose e se ela pode afetar a saúde da pele

Saiba tudo sobre a lactose e porque algumas pessoas são intolerantes ou têm alergia, além dos efeitos dela na pele
Saiba tudo sobre a lactose e porque algumas pessoas são intolerantes ou têm alergia, além dos efeitos dela na pele

Entrevista com Dra. Lilia Guadanhim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Cada vez mais as pessoas buscam uma vida saudável, o que influencia diretamente na escolha do que colocam - ou não - no prato. Nessa leva do que passou a não ser ingerido, encontra-se a lactose, um tipo de açúcar encontrado no leite e derivados. O DermaClub conversou com a dermatologista Lilia Guadanhim, da cidade de São Paulo, que explicou por que algumas pessoas têm intolerância à substância e quais os riscos para a pele. Confira!

Descubra o que é a lactose e por que algumas pessoas têm intolerância à substância

Segundo a médica, a lactose é o açúcar do leite, formado a partir da glicose e da galactose - responsáveis também pela produção de energia. “A intolerância à substância nada mais é que uma desordem metabólica, caracterizada pela ausência da enzima, que faz a digestão. O resultado é uma fermentação que origina sintomas gastrointestinais, como dor abdominal, cólica, diarreia e flatulência”, esclareceu, afirmando que a intolerância não é uma alergia alimentar, já que o paciente pode tolerar pequenas quantidades de leite e derivados por dia.

Intolerância à lactose não é um risco para a pele

De acordo com a especialista, o problema não possui nenhum tipo de interferência dermatológica. “Os sintomas de intolerância à lactose são restritos ao trato gastrointestinal e não são capazes de causar nenhuma manifestação na pele”, apontou, lembrando que retirá-la da alimentação por completo sem prescrição médica pode ser prejudicial para a saúde, já que o leite e seus derivados são a principal fonte - e de mais fácil absorção - de cálcio e lactobacilos.

Entenda como é feito o diagnóstico do problema

O diagnóstico é feito pelo gastroenterologista clínico, no caso dos adultos, e pelo pediatra, quando diante de uma criança. “Uma das maneiras é analisar a história clínica do paciente. Ele será observado após a ingestão de determinada quantidade de leite ou derivados, e se há surgimento de dores e desconforto abdominal. Depois, esses alimentos são retirados da dieta e o acompanhamento se atenta ao desaparecimento dos sintomas”, explicou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 26 de Janeiro de 2016
Modificada em: 28 de Julho de 2021

Dra. Lilia Guadanhim

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilia Guadanhim

CRM: 133850

Formação em Medicina, Residência Médica em Dermatologia e Especialização em Cosmiatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo. Possui título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da International Dermoscopy Society. Tem especializações em Cosmiatria - Toxina Botulínica e Preenchimento na França e Dermatoscopia - Oncologia Cutânea na Itália. É médica colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

7 formas de minimizar poros abertos: microagulhamento, Serozinc, tônico... Confira as mais eficazes

7 formas de minimizar poros abertos: microagulhamento, Serozinc, tônico... Confira as mais eficazes

Poros dilatados

Protetor solar com cor de alta cobertura entope os poros? Entenda e saiba como usar o produto

Protetor solar com cor de alta cobertura entope os poros? Entenda e saiba como usar o produto

Poros dilatados

Poros superdilatados: o que são e como tratar esses pontinhos escuros no rosto? Entenda

Poros superdilatados: o que são e como tratar esses pontinhos escuros no rosto? Entenda

Poros dilatados

Tem a pele oleosa, com poros aparentes e espinhas? Confira 4 benefícios do uso contínuo de Serozinc

Tem a pele oleosa, com poros aparentes e espinhas? Confira 4 benefícios do uso contínuo de Serozinc

Poros dilatados

Pele oleosa: rotina diurna ideal para combater o brilho excessivo, poros abertos, espinhas e cravos no rosto

Pele oleosa: rotina diurna ideal para combater o brilho excessivo, poros abertos, espinhas e cravos no rosto

Poros dilatados

Cravo: pele com poros abertos tem mais tendência a formar comedões? Descubra

Cravo: pele com poros abertos tem mais tendência a formar comedões? Descubra

Poros dilatados

Últimas Matérias

Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele Kit skincare outono/inverno com Cicaplast Baume B5 e Cicaplast Lábios para prevenir a pele ressecada Água termal para rosácea, dermatite atópica... 5 doenças de pele em que o produto é necessário
Ver mais

escolha a loja de sua preferência