Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

MINÉRAL 89 30ML DE R$119,90 POR R$99,90. APROVEITE AGORA

Saiba quais são as 3 fases do envelhecimento da pele e descubra as suas principais causas

Saiba quais são as três fases do envelhecimento da pele
Saiba quais são as três fases do envelhecimento da pele

Entrevista com Dr. Alan Ost, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Com o passar dos anos, a pele, como qualquer outro órgão do corpo humano, sofre alterações em sua estrutura. O envelhecimento é inevitável, porém, é possível manter a pele bonita e hidratada, minimizando os efeitos do tempo. O DermaClub conversou com o dermatologista Alan Ost, da cidade de São Paulo, que contou como a pele envelhece, baseado nas 3 fases de amadurecimento cutâneo, e como deve ser o cuidado em cada uma delas. Confira!

Entenda as 3 fases do envelhecimento da pele

Segundo o médico, as funções fisiológicas normais da pele podem diminuir em até 50% até a meia-idade, dependendo da genética e do estilo de vida. O envelhecimento está associado a diversos processos da pele e pode ser dividido em 3 fases:

1) Linhas de expressão e perda de luminosidade: nesta fase, a produção de colágeno - responsável pela firmeza e sustentação da pele - diminui e passa a ser insuficiente. Devido a essa nova flacidez, surgem as primeiras linhas finas e rugas de expressão. Podem aparecer, ainda, irregularidades no tom e no relevo da pele;

2) Rugas profundas e início da perda de firmeza: durante esse período, as fibras de preenchimento da pele se renovam de forma inadequada. O colágeno e a elastina se desgastam mais intensamente e, devido a maior flacidez, as rugas se tornam profundas;

3) Perda de densidade e do contorno facial: na pele madura, o metabolismo das células é reduzido e a produção de colágeno cai ainda mais. Devido a isso é possível perceber o relaxamento cutâneo, perda de densidade, alteração do contorno e ressecamento da pele.

Descubra quais são as principais causas do envelhecimento

De acordo com o especialista, o envelhecimento cutâneo se dá através da ação conjunta de fatores endógenos e exógenos. As influências variam desde a ação dos raios ultravioleta emitidos pelo sol até a ação hormonal que se altera com o passar dos anos. Confira as principais causas:

- Ação dos músculos faciais: se expressar muitas vezes exige movimentos e trejeitos, dessa forma os músculos promovem a formação das linhas de expressão;

- Declínio hormonal: acontece após a menopausa, alterando os níveis de estrogênio no organismo, assim, a elasticidade e espessura da pele diminuem;

- Renovação celular: o ciclo de renovação da pele acontece constantemente, mas com o passar dos anos também é reduzido, tornando a pele mais opaca e as linhas de expressão mais aparentes;

- Glicação: é quando moléculas de açúcar se fixam em fibras de colágeno e elastina, essa ação afeta a elasticidade da pele e promove o aparecimento de rugas;

- Oxidação: desencadeada, principalmente, devido a estresse e poluição, gerando radicais livres que se unem às células saudáveis comprometendo o seu DNA, isso faz com que a regeneração seja cada vez mais lenta;

- Inflamação cutânea: é uma inflamação gerada por agentes internos e externos imperceptível a olho nu, como resposta, o organismo libera substâncias que minimizam essas inflamações. Estas, por sua vez, provocam maior degradação das fibras de colágeno e elastina.

Saiba quais são os cuidados ideais para peles maduras

Para o dermatologista, é importante manter uma rotina de tratamentos indicados pelo seu médico, que seja adequado ao seu tipo de pele. “Além da hidratação é indicado o uso de produtos anti-idade que contenham antioxidantes, anti-inflamatórios, esfoliantes, minerais, cremes percursores de colágeno - como a vitamina C -, firmadores ou tensores”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 23 de Novembro de 2015
Modificada em: 23 de Maio de 2019

Dr. Alan Ost

Palavra do Dermatologista

Dr. Alan Ost

CRM: 152844

Dr. Alan é graduado em medicina pela Universidade Católica de Pelotas e se especializou em dermatologia pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais. É Membro Titular do Colégio Íbero Latino Americano de Dermatologia.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Queratina: o que é? Qual é a função da queratina nos cabelos? Como usar na rotina de cuidados capilar?

Queratina: o que é? Qual é a função da queratina nos cabelos? Como usar na rotina de cuidados capilar?

Dermatologista

SOS lábios: cuidados e procedimentos para deixar a sua boca ainda mais bonita

SOS lábios: cuidados e procedimentos para deixar a sua boca ainda mais bonita

Dermatologista

Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais

Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais

Dermatologista

Óleo de Melaleuca (Tea Tree Oil): para que serve? É seguro? Quais os benefícios para a pele oleosa?

Óleo de Melaleuca (Tea Tree Oil): para que serve? É seguro? Quais os benefícios para a pele oleosa?

Dermatologista

Água termal no tratamento da psoríase realmente funciona? Confira a opinião de uma dermatologista

Água termal no tratamento da psoríase realmente funciona? Confira a opinião de uma dermatologista

Dermatologista

Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia?

Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia?

Dermatologista

Últimas Matérias

Mancha branca na pele: o que pode ser? Dermatologista lista as causas da descoloração Skincare: o que é? Dermatologista conta como montar uma rotina corretamente Sabonete para dermatite atópica: dermatologista explica como escolher a melhor fórmula Botox preventivo: desvende 5 mitos e verdades sobre o procedimento Peptídeos: 5 benefícios dessas moléculas na sua rotina de cuidados com a pele Microbioma da pele: o que é? Entenda o que são cuidados prebióticos, probióticos e pós-bióticos
Ver mais