Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Sérum, gel, gel-creme, creme: conheça as características das texturas dos produtos de beleza

Sabia que para cada tipo de pele existem alternativas e texturas mais adequadas? Confira
Sabia que para cada tipo de pele existem alternativas e texturas mais adequadas? Confira

Entrevista com Dra. Nicole Perim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

É comum surgirem dúvidas em relação às tantas opções de texturas dos produtos de beleza disponíveis no mercado. Mas, saiba que para cada tipo de pele existem alternativas mais adequadas, que vão tratá-la de forma eficiente e se adaptar melhor à natureza da pele. Pensando nisso, o DermaClub conversou com a dermatologista Nicole Perim, de Belo Horizonte, para entender mais sobre as texturas existentes e para que tipo de pele cada uma serve. Olha só!

Saiba qual é a importância da textura do produto que você usa na pele

De acordo com a médica, a escolha da textura adequada é fundamental para que haja conforto na hora de aplicar os produtos, aumentando, assim, a eficácia e adesão ao tratamento. “Quando os dermocosméticos são fabricados, os ativos de tratamento são incorporados ao que chamamos de veículo”, afirmou. Conheça as características de 4 texturas mais recomendada por dermatologistas:

1) Sérum: o acabamento ultraleve é o ponto alto. Além disso, ele é absorvido rapidamente, deixando a pele com uma aparência suave. Outra curiosidade é que os séruns são produtos que reúnem alta concentração de ativos variados, dependendo do seu objetivo;

2) Gel: livres de óleo, os géis são fáceis de aplicar e formam um filme seco e transparente sobre a pele. De acordo com a Dra. Nicole, a textura é ideal para as peles oleosas, com tendência à acne e com brilho. Por isso, deve ser evitada em peles sensíveis e com tendência ao ressecamento;

3) Gel-creme: trata-se de uma mistura entre creme e gel. Geralmente, tem bons resultados em peles oleosas e mistas - zona T com excesso de brilho e extremidades ressecadas;

4) Creme: textura concentrada, com maior quantidade de ativos que nutrem profundamente a pele. Geralmente, são indicados para pessoas que apresentam pele seca e/ou madura. Não é indicada para quem tem tendência ao brilho excessivo na pele.

Antes de escolher os produtos para sua rotina de cuidados, procure um dermatologista, para que ele avalie as necessidades da sua pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 20 de Abril de 2017
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Nicole Perim

Palavra do Dermatologista

Dra. Nicole Perim

CRM: 56405

Graduada em Medicina pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, é membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e de Cirurgia Dermatológica. Possui especialização em Cirurgia Dermatológica e em Cirurgia Micrográfica de Mohs. É preceptora de Cirurgia Dermatológica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais e palestrante nos principais congressos de dermatologia da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Dermatologista

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Dermatologista

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Dermatologista

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Dermatologista

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Dermatologista

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatologista

Últimas Matérias

Efeitos da COVID-19 na pele: dermatologista explica como a doença também pode se manifestar no corpo Entenda a diferença entre os 3 séruns anti-idade de La Roche-Posay: Salicyli C10, Retinol B3 e Hyalu B5 Repair Heróis da vida real: relato de um dermatologista que trabalha na linha de frente contra a COVID-19 Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar Coceira na pele após o banho: entenda porque isso acontece e como tratar
Ver mais